Perfil morfofuncional de pacientes com retinopatia diabética sem baixa acuidade visual severa em hospital público de referência em diabetes no Brasil

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorSantos, Procópio Miguel dos-
Autor(es): dc.creatorSousa Neto, Alípio de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:40:37Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:40:37Z-
Data de envio: dc.date.issued2011-05-24-
Data de envio: dc.date.issued2011-05-24-
Data de envio: dc.date.issued2011-05-24-
Data de envio: dc.date.issued2008-12-05-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/7982-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/613620-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2008.-
Descrição: dc.descriptionObjetivo: Demonstrar o perfil morfofuncional da avaliação de pacientes com retinopatia diabética sem baixa acuidade visual severa em hospital publico de referência em endocrinologia, determinando nesta amostra, a relação entre o tempo de diabete, idade e acuidade visual com a espessura retiniana medidas pela Tomografia de coerência óptica (OCT) e Retinografia (RET). Materiais e Métodos: Foi realizado estudo prospectivo, linear, em corte transversal de 61 pacientes consecutivos com retinopatia diabética registrados no Hospital Regional de Taguatinga (HRT), e encaminhados dos serviços de oftalmologia e endocrinologia. Pacientes foram submetidos a avaliação oftalmológica completa incluindo história clínica, aferição da acuidade visual com correção e com buraco estenopeico. Os pacientes que apresentaram retinopatia diabética, com meios transparentes, sem cirurgia, nem fotocoagulação prévia com acuidade visual com correção melhor do que 20/100 pela escala de snelen, foram incluídos no estudo. Após a eliminação dos pacientes que não obedeceram aos critérios de inclusão/exclusão, 109 olhos de 55 pacientes foram então submetidos a OCT e RET para avaliação da presença ou ausência de edema macular pela RET e da avaliação quantitativa (medidas da espessura retiniana das 9 regiões do ETDRS), e da avaliação qualitativa (presença ou ausência de edema retiniano pela fenda central, número 1). Resultados/Conclusões: O tempo médio de diabetes foi de 12 anos, variando de 23 a 86 anos. 51% eram do gênero feminino, e 49% do masculino. A OCT demonstrou discreta diminuição da espessura retiniana com o decorrer da idade. Não houve correlação estatisticamente significativa entre a espessura retiniana e o tempo de diabete. Os pacientes da oftalmologia tiveram maiores valores de espessura retiniana do que do grupo da endocrinologia. A avaliação da acuidade visual melhorou em 47% (51/109) dos pacientes com buraco estenopeico. O grupo da endocrinologia apresentou 45%(23/50) de melhora com Buraco Estenopeico (BE), enquanto o da Oftalmologia apresentou 47%(28/59). Somente 22% (24/109) dos olhos apresentavam acuidade visual corrigida de 20/20 com correção e sem Edema Macular Diabético (EMD). Em 83% (91/109) dos casos havia concordância e em 17% (18/109 olhos) havia discordância em relação à presença/ausência de EMD no perfil da avaliação morfológica realizada pela tomografia de coerência óptica e a retinografia, nos olhos do grupo amostral. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionObjective: To demonstrate the morpho-functional profile of the evaluation of patients with diabetic retinopathy without low severe visual acuity in a public hospital of reference in endocrinology, determining in this sample, the relation between the time of diabetes, age and visual acuity with the retinal thickness measured by the optical Coherence tomography (OCT) and fundus picture (FP). Materials and Methods: Prospective, linear study was carried through, in transversal cut of 61 consecutive patients with diabetic retinopathy registered in the HRT, and refered from the services of ophthalmology and endocrinology. Patients had been submitted to a complete ophthalmic evaluation including clinical history, visual acuity with correction and pin hole. The patients who had presented diabetic retinopathy, with transparent media, without previous surgery, nor previous Laser photocoagulation and with visual acuity better than 20/100 at snelen scale, had been included in the study. After the elimination of the patients who had not obeyed the inclusion/exclusion criteria 109 eyes of 55 patients then had been submitted the OCT and FP for evaluation of the presence or absence of edema by the FP and of the quantitative evaluation (measured of the retinal thickness of the 9 regions of the ETDRS), and of the qualitative evaluation (presence or absence of retinal edema for the central slit, number 1). Results/Conclusions: The average time of diabetes was of 12 years, varying of 23 to 86 years old. 51% were female, and 49% male. The OCT demonstrated discrete reduction of the retinal thickness with elapsing of the age. It did not have statistical significant correlation between the retinal thickness and the time of diabetes. The patients of the ophthalmology had greaters values of retinal thickness of what of the group of the endocrinology. The evaluation of the visual acuity improved with pin hole in 47% (51/109). The endocrinology group were 45% (23/50) of the eyes and the ophthalmology group were 55% (28/59). Only 22% (24/109) of the eyes presented corrected visual acuity of 20/20 with correction and without Diabetic Macular Edema (DME). In 83% (91/109) of the cases it had agreement and in 17% (18/109 eyes) it had discord in relation the presence/absence of DME in the profile of the morphologic evaluation carried through by the optic coherence tomography and the fundus picture, in the eyes of the amostral group.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectRetinopatia diabética-
Palavras-chave: dc.subjectDiabetes-
Título: dc.titlePerfil morfofuncional de pacientes com retinopatia diabética sem baixa acuidade visual severa em hospital público de referência em diabetes no Brasil-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.