Avaliação clínica, ultra-estrutural e química de dentes que receberam selantes : estudo in vivo

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorBezerra, Ana Cristina Barreto-
Autor(es): dc.contributorAzevedo, Tatiana Degani Paes Leme-
Autor(es): dc.creatorSilva, Keyse Loyanne Batista da-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:40:11Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:40:11Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-03-21-
Data de envio: dc.date.issued2014-03-21-
Data de envio: dc.date.issued2014-03-21-
Data de envio: dc.date.issued2013-12-16-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/15359-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/613452-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013.-
Descrição: dc.descriptionO progresso científico na compreensão do processo carioso e o desenvolvimento dos materiais adesivos, possibilitou aos cirurgiões dentistas fazer mais que simplesmente remover tecido cariado. Este fato fez com que a principal preocupação dentro da odontologia nos últimos tempos tenha sido a pesquisa de meios e materiais que possam reduzir a ocorrência dessa enfermidade. Dentre as medidas mais utilizadas na prevenção da cárie em superfície oclusal está o selamento de fóssulas e fissuras. Neste contexto o objetivo deste estudo foi comparar a retenção clínica de selantes a base de ionômero de vidro e resina composta em fóssulas e fissuras de molares decíduos; avaliar a retenção dos dois materiais seladores por meio de microscopia eletrônica de varredura (MEV); bem como verificar os níveis de Cálcio (Ca), Fósforo (P) e Flúor (F) presentes no esmalte após a aplicação dos materiais. A presente pesquisa caracterizou um Ensaio Clinico Randomizado Split Mouth (boca dividida).Foram selecionadas 10 crianças com faixa etária entre 9 e 11 anos de idade, com indicação para aplicação de selantes em segundos molares inferiores decíduos. Os 20 dentes foram divididos em 2 grupos aleatórios, onde cada paciente recebeu o selante resinoso em um dente e o selante ionomérico no outro dente. Os espécimes foram submetidos a análise clínica e classificados quanto a presença do selante em: selante total, selante parcial e ausente, a mesma classificação foi utilizada para a análise por MEV. A medição dos elementos Ca, P e F foi realizada por meio da Espectometria de Energia Dispersiva (EDS). Os dados obtidos foram submetidos à análise estatística ao nível de significância de 5%. Os resultados relativos a avaliação clínica demonstraram que 100% dos selantes resinosos foram classificados como selante total, enquanto 40% dos selamentos com cimento de ionômero de vidro receberam a mesma classificação e 60% foram classificados como selante parcial. Contudo, a análise por MEV demonstrou que ambos os materiais apresentaram retenção semelhante à estrutura dentária (p=0,653). Com relação a troca iônica, verificou-se que os níveis dos íons Cálcio e Fósforo foram superiores no grupo Ionomérico com diferença significante entre os grupos (p=0,0136) e (p=0,0124) respectivamente. O estudo apresentou limitações para a aferição do íon Flúor. Os resultados demonstraram que o selante à base de cimento de ionômero de vidro mesmo após a perda parcial observada clinicamente, apresentou retenção semelhante ao material resinoso na análise por microscopia. Conclui-se que não houve diferenças estatísticas para avaliação da retenção entre os materiais estudados, mesmo após valores numericamente superiores de perda parcial observados clinicamente para o grupo ionomérico, sendo que os níveis dos íons Cálcio e Fósforo foram significativamente superiores neste grupo. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT-
Descrição: dc.descriptionScientific progress in understanding the carious process and the development of adhesive materials, enabled the dentists to do more than simply remove decayed tissue. This meant that the main concern in dentistry recently has been the research of means and materials that can reduce the occurrence of this disease. Among the most frequently used measures in prevention of caries in occlusal surface is the sealing of pits and fissures. Thus, the objective of this study was to compare the clinical retention of sealants based on glass ionomer and resin composite in pits and fissures of deciduous molars; to evaluate the retention of the two sealing materials by scanning electron microscopy (SEM), as well as checking levels Calcium (Ca), Phosphorus (P) and Fluoride (F) present in the enamel following application of the materials. This study featured a randomized clinical trial Split Mouth. Ten children with age between 9 and 11 years old , listed for application of sealants in deciduous lower second molars . The 20 teeth were divided into two random groups, where each patient received the resin sealant on one tooth and another tooth in glass ionomer sealant .The teeth were subjected to clinical examination and ranked as the presence of sealant: Sealant full, partial and missing sealant, the same classification was used for analysis by SEM. The measurement of calcium, phosphorus and fluoride elements was performed by through the EDS tool. Data were statistically analyzed at 5% significance level. The results of the clinical evaluation showed that 100% of resin sealants were classified as full sealant, while 40% of sealings with glass ionomer cement received the same rating and 60% were classified as partial sealant. However, analysis by scanning electron microscopy showed that both materials showed similar retention to tooth structure (p=0.653). Regarding to ion exchange, it was found that the levels of calcium and phosphorus ions were higher in the ionomer group with a significant difference between groups (p=0.0136) and (p=0.0124) respectively. The study presented limitations for the fluoride ion measurement. Results showed that the sealant based on glass ionomer cement even after the partial loss observed clinically, presented similar performance to resinous material by microscopy analysis of retention. It was concluded that there were no statistical differences for retention evaluation of the materials studied , even after numerically higher values of partial loss observed clinically for the ionomer group , and the levels of calcium and phosphorus ions were significantly higher in this group.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectCáries dentárias-
Palavras-chave: dc.subjectMateriais dentários-
Título: dc.titleAvaliação clínica, ultra-estrutural e química de dentes que receberam selantes : estudo in vivo-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.