A etnicidade Guarani entre seus intelectuais : uma comparação entre Bolívia e Brasil

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorSilva, Cristhian Teófilo da-
Autor(es): dc.creatorAndrade, Wildes Souza-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:38:51Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:38:51Z-
Data de envio: dc.date.issued2020-06-04-
Data de envio: dc.date.issued2020-06-04-
Data de envio: dc.date.issued2020-06-04-
Data de envio: dc.date.issued2019-10-10-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/37966-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/612905-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas, Programa de Pós-Graduação em Estudos Comparados sobre as Américas, 2019.-
Descrição: dc.descriptionO objetivo desta tese é compreender, por um lado, a etnicidade Guarani, a partir do vasto acervo existente sobre eles na antropologia e, por outro, em interlocução com esses agentes, reconhecendo-os como intelectuais. Assim, por meio de pesquisa etnográfica e da comparação como elucidação recíproca, procurei estabelecer os sentidos particulares e compartilhados dos processos e produtos do pensamento de interlocutores Guarani no papel de intelectuais de sua cultura. Para isso, defini dois coletivos de agentes étnicos: um entre os Guarani no Sudeste da Bolívia e o outro entre os Guarani no Norte do Brasil. Especificamente, analisei as produções culturais dos próprios indígenas que convergem em dois eventos permanentes em cada um dos lados: a comemoração do massacre de Kuruyuki (da Nación Guaraní) e o encontro cultural que acontece anualmente na escola indígena Karaí Guaxu (dos Guarani-Mbya). Com isso, verifiquei semelhanças entre essas produções elaboradas em situações, espaços e tempos distintos. Os resultados desta pesquisa mostram que os Guarani, em constante processo de transformação, readequam sua organização cultural para um maior diálogo com o mundo moderno. Assim, mesmo configurando variações locais dentro de uma tradição indígena, compartilham ideologias étnicas, como as noções de Yvy Maraey, ñandereko e “bem viver”. Além disso, constatei que a interpretação Guarani acerca do mundo é constituída por modalidades de dupla consciência, fundamentada em uma perspectiva ancestral dos opostos que se complementam, bem como nos estudos consagrados de seus etnólogos. Desse ponto de vista, comunicam seu lugar na história universal, destacam suas narrativas e subjetividades na construção da modernidade e mostram que se transformaram profundamente em contato com valores e instrumentos impostos, desenvolvendo, assim, uma nova cultura Guarani nos tempos da transmodernidade. Por sua vez, essas questões vêm fortalecendo a cultura e língua Guarani, o que tem contribuído para uma maior autonomia desse povo.-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF).-
Descrição: dc.descriptionThis thesis has two major purposes: to understand the Guarani ethnicity (i) from a huge and already existing collection about them int the anthropology and (ii) from an interchange with these agents, acknowledging them as intellectuals. Therefore, through an ethnographic research and a comparison as a reciprocal elucidation, I tried to set individual and shared meanings of the process and product of the thoughts of the Guarani interlocutors in the role of intellectual of their culture. To this end, I stablished two collectives of ethnic agents: one among the Guarani from Southeast of Bolivia an another among the Guarani from North of Brazil. Specifically, I analyzed their own indigenous culture production that converged in two permanent events on each side: the celebration of the massacre of Kuruyuki (Nación Guaraní) and the annual cultural meeting that happens in the indigenous school of Karaí Guaxu (Guarani-Mbya). Hence, I noticed similarity in these productions made in different situations, locations and time. The finding of this research shows that the Guarani, in constant process of transformation, rearrange their cultural organization aiming a greater dialogue with the modern world. So, even though they have local variants within indigenous tradition, they share ethnic ideology like principle of Yvy Maraey, ñandereko and “bem viver”. Furthermore, I realized that the Guarani interpretation about the world is constituted by modalities of double consciousness, founded in an ancestral perspective of the opposites that are complementary, as well as in the consecrated studies of its ethnologists. In this point of view, they report their position in the universal history, highlight their narrative and subjectivities in the building of modernity and reveal that they were deeply transformed in the contact of values and imposed instruments, thou giving rise to a new Guarani culture in a trans modernity time. On the one hand, these issues have strengthened the Guarani language and culture, which have been contributing for a bigger autonomy of these people.-
Descrição: dc.descriptionEl objetivo de esta tesis es comprender, por un lado, la etnicidad Guaraní, a partir del vasto acervo que existe sobre ellos en la antropología y, por otro, en diálogo con estos agentes, reconocerlos como intelectuales. Así, a través de la investigación etnográfica y de la comparación como elucidación recíproca, intenté establecer los significados particulares y compartidos de los procesos y de los productos del pensamiento de los interlocutores Guaraníes en el papel de los intelectuales de su cultura. Para eso, definí dos colectivos de agentes étnicos: uno entre los Guaraníes en el Sureste de Bolivia y el otro entre los Guaraníes en el Norte de Brasil. Específicamente, analicé las producciones culturales de los propios indígenas que convergen en dos eventos permanentes en cada lado: la conmemoración de la masacre de Kuruyuki (de la Nación Guaraní) y el encuentro cultural que tiene lugar anualmente en la escuela indígena Karaí Guaxu (de los Guarani-Mbya). Con esto, verifiqué similitudes entre estas producciones elaboradas en diferentes situaciones, espacios y tiempos. Los resultados de esta investigación muestran que los Guaraníes, en constante proceso de transformación, reajustan su organización cultural para un mayor diálogo con el mundo moderno. Así, mismo configurando variaciones locales dentro de una tradición indígena, comparten ideologías étnicas, como las nociones de Yvy Maraey, ñandereko y “buen vivir”. Además, me di cuenta que la interpretación Guaraní del mundo está constituida por modalidades de doble conciencia, basadas en una perspectiva ancestral de los opuestos que se complementan entre sí, así como en los estudios consagrados de sus etnólogos. Desde este punto de vista, comunican su lugar en la historia universal, destacan sus narrativas y subjetividades en la construcción de la modernidad, y se muestran transformado profundamente en contacto con valores e instrumentos impuestos, desarrollando así una nueva cultura guaraní en tiempos de transmodernidad. A su vez, estos temas han fortalecido la cultura y el idioma Guaraníes, lo que ha contribuido a una mayor autonomía de este pueblo.-
Descrição: dc.descriptionNHE’E MBYKY: Ape anhemoarandu teko Guarani, anhepyru amanhá hetá kuatiá ojehaí Antropologia’pe, anhemonguetasse hendie kuera. [...] mbojoja inhe’e, ojehassa a’kue, mba’e xapa ojekua’a katia’pe, Brasil/Bolivia. Ko mbojojá mboyvu nhande reko Guarani, nemanhã teko, hera ideológica há ojeheka ohassa a’kue, opytá teko ymaguare’pe nhenhoty mbareteve colonial’pe. Ohassa a’kue, ipu’aka colonial, marandu kuera, hetá tape oguatá, ajuhú joguaite hetá katy’á nhe’e teko, oimeharo’pe, ha ara kua’á.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectÍndios Guarani-
Palavras-chave: dc.subjectEtnicidade-
Palavras-chave: dc.subjectIntelectuais indígenas-
Palavras-chave: dc.subjectTransmodernidade-
Título: dc.titleA etnicidade Guarani entre seus intelectuais : uma comparação entre Bolívia e Brasil-
Título: dc.titleThe Guarani ethnicity among their intellectuals : a comparation between Bolivia and Brazil-
Título: dc.titleLa etnicidad Guaraní entre sus intelectuales : una comparación entre Bolivia y Brasil-
Título: dc.titleTeko Guarani ha arandu porã kuera : mbojojá Bolívia-Brasil-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.