Prevalência de sintomas musculoesqueléticos e associações com sensibilização central e qualidade do sono em militares do corpo de bombeiros do Distrito Federal

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorMartins, Wagner Rodrigues-
Autor(es): dc.creatorOliveira, Daltro Izaias Pelozato de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:35:07Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:35:07Z-
Data de envio: dc.date.issued2021-08-19-
Data de envio: dc.date.issued2021-08-19-
Data de envio: dc.date.issued2021-08-19-
Data de envio: dc.date.issued2020-06-29-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/41819-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/611369-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado) — Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação, 2020.-
Descrição: dc.descriptionIntrodução: Sintomas musculoesqueléticos são queixas frequentes na prática clínica. Bombeiros militares estão expostos há demandas emocionais e físicas intensas. Onde a exposição a estes fatores interfere na qualidade do sono, queixas musculoesqueléticas e no processo de sensibilização central. Objetivo: Verificar a prevalência de Sintomas Musculoesqueléticos, Distúrbios do Sono e Sensibilização Central e suas associações em militares do corpo de bombeiros do Distrito Federal. Métodos: A amostra consistiu em 402 militares, com e sem queixa de sintomas musculoesqueléticos. O preenchimento dos instrumentos foi realizado online, sendo os instrumentos Questionário de Triagem Örebro, Inventário de Sensibilização Central, Índice de Qualidade do Sono de Pittsburgh. Para avaliar as medidas de associação foram utilizados o Coeficiente de Correlação de Pearson e o de Determinação (r²). Resultados: 330 militares com queixa de dor, onde (53,48%) Coluna Lombar, (34,83%) Ombro, (33,83%) Membro Inferior. (81,59%) são considerados Mau-dormidor. (29,85%) apresentam Sensibilização Central. As medidas de associação de Sensibilização Central com Sintomas Musculoesqueléticos foi de r:0,62 e r²:0,384, Qualidade do Sono e Sintomas Musculoesquelético r:0,542; r²:0,293 e Sensibilização Central e Qualidade do Sono r:0,655 r²: 0,429. Conclusão: Verificamos que na amostra avaliada encontramos um predomínio de militares classificados com Baixo Risco de cronificação de sintomas musculoesqueléticos. Prevalência de maus dormidores acima do esperado para população. Presença de militares com sensibilização central. Medidas de associação entre qualidade do sono sensibilização central e sintomas musculoesqueléticos moderadas e significativas.-
Descrição: dc.descriptionIntroduction: Musculoskeletal symptoms are common in clinical practice. Military firefighters are exposed to intense emotional and physical demands. Where an exposure of these factors interferes with sleep quality, musculoskeletal complaints and the central sensitization process. Objective: To verify the prevalence of Musculoskeletal Symptoms, Sleep Disorders and Central Sensitization and its statistics in military personnel from the fire department of the Federal District. Methods: A sample consisting of 402 soldiers, with and without symptoms of musculoskeletal symptoms. The instruments were filled out online, with the Örebro Screening Questionnaire, Central Awareness Inventory, and Pittsburgh Sleep Quality Index instruments. Pearson's correlation and determination coefficient (r²) were used to assess how measures of association were used. Results: 330 military personnel with musculoskeletal symptom, where (53.48%) Lumbar Spine, (34.83%) Shoulder, (33.83%) Lower Limb. (81.59%) are considered to be a poor sleep. (29.85%) have Central Sensitization. As measures of association of Central Sensitization with Musculoskeletal Symptoms it was r: 0.62 and r²: 0.384, Sleep Quality and Musculoskeletal Symptoms r: 0.542; r²: 0.293 and Central Awareness and Sleep Quality r: 0.655 r²: 0.429. Conclusion: It was verified that the evaluated sample found a predominance of military personnel classified as having a low risk of musculoskeletal symptoms. Prevalence of poor sleep above expectations for the population. Presence of military personnel with central sensitization. Measures of association between sleep quality and moderate and significant musculoskeletal symptoms.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectBombeiros-
Palavras-chave: dc.subjectSensibilização central-
Palavras-chave: dc.subjectSono - qualidade-
Palavras-chave: dc.subjectSistema musculoesquelético - doenças-
Título: dc.titlePrevalência de sintomas musculoesqueléticos e associações com sensibilização central e qualidade do sono em militares do corpo de bombeiros do Distrito Federal-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.