A (in)capacidade estatal de defesa dos direitos humanos : o incidente de deslocamento de competência nº 3 e a violência policial no estado de Goiás

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorCosta, Alexandre Bernardino-
Autor(es): dc.creatorRibeiro, Bruna Junqueira-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:34:50Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:34:50Z-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-21-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-21-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-21-
Data de envio: dc.date.issued2015-11-30-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://repositorio.unb.br/handle/10482/20950-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.26512/2015.11.D.20950-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/611257-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos e Cidadania, 2015.-
Descrição: dc.descriptionEntre os anos de 2000 e 2013 foram registrados os desaparecimentos de 43 pessoas no Estado de Goiás após abordagem policial. Esses e outros casos de homicídio e tortura praticados por agentes da segurança pública no exercício de sua atividade foram denunciados em 31 de outubro de 2014 na Comissão Interamericana de Direitos Humanos da OEA, em Washington/EUA. Em 10 de dezembro do mesmo ano, o Superior Tribunal de Justiça – STJ, julgou o Incidente de Deslocamento de Competência nº 3 – IDC 3, o pedido de transferência da competência da Justiça estadual para a Justiça federal, para investigar, processar e julgar 8 casos emblemáticos de crimes de grave violação aos Direitos Humanos no Estado de Goiás, relacionados aos crimes denunciados em Washington. Esta dissertação é um estudo de caso que pretende registrar o processo de denúncia e federalização das graves violações aos direitos humanos em Goiás decorrente da ação violenta das forças policias e descrever de que maneira esta ferramenta jurídica constitucional que é o Incidente de Deslocamento de Competência tem sido um instrumento importante de enfrentamento da violência e de proteção aos direitos humanos no Estado.-
Descrição: dc.descriptionBetween 2000 and 2013 it was registered the disappearance of 43 people in the State of Goiás after policies approach. These and other cases of murder and torture committed by public security agents while working were reported in October 31st, 2014 in the Inter American Commission on Humans Rights of OAS, in Washington/USA. In December 10th, 2014, the Federal Court of Justice judged the Incident Competence Shift, the displacement of local authorities to the federal level of the competence to investigate, process and judge eight emblematic cases of crimes of serious violation on Human Rights in Goiás, related to the crimes reported in Washington. This dissertation is a case study which intends to register the process of complaint and federalization of the serious violations on the Human Rights in Goiás due to the violent action of the polices forces. It intends, as well, to describe how this juridical constitutional tool – Incident Competence Shift – has been an important tool in order to stand up to the violence and protect the Human Rights on the State.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Palavras-chave: dc.subjectDireitos humanos - Brasil-
Palavras-chave: dc.subjectGoiás (Estado)-
Palavras-chave: dc.subjectViolência policial-
Palavras-chave: dc.subjectDireitos humanos - violação-
Título: dc.titleA (in)capacidade estatal de defesa dos direitos humanos : o incidente de deslocamento de competência nº 3 e a violência policial no estado de Goiás-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.