Espécies arbóreas em sistemas agroflorestais no Distrito Federal, Brasil

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorProença, Carolyn Elinore Barnes-
Autor(es): dc.creatorChacel, Fernando Cordeiro-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:28:20Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:28:20Z-
Data de envio: dc.date.issued2020-01-08-
Data de envio: dc.date.issued2020-01-08-
Data de envio: dc.date.issued2020-01-08-
Data de envio: dc.date.issued2018-12-06-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/36111-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/608702-
Descrição: dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica, Programa de Pós-Graduação em Botânica, 2018.-
Descrição: dc.descriptionO Distrito Federal (DF) abriga diferentes tipos de solos e fitofisionomias e está localizado no Bioma Cerrado, que é considerado um Hotspot, uma das áreas mais diversas e ameaçadas pela pressão antrópica no planeta. Muitas são as áreas degradadas no Cerrado e os Sistemas Agroflorestais (SAFs) têm se mostrado uma forma eficiente de aliar produtividade e recuperação ambiental. Foram levantadas e mapeadas 57 SAFs no DF. Por meio de visitas a trinta agroflorestas e entrevistas com os agricultores, essas áreas foram caracterizadas e suas espécies arbóreas identificadas. Os agricultores foram questionados sobre o uso das espécies, sobre sua percepção sobre as espécies que se desenvolvem melhor e pior. Também foram questionados sobre a estratificação e os estágios sucessionais das espécies. Foi criado um Valor de Importância Agroflorestal para as espécies, estimado pela multiplicação do número de citações de usos pela média dos valores atribuídos ao desenvolvimento de cada espécie na área. Foram encontradas 342 espécies, que foram coletadas e depositadas no Herbário da Universidade de Brasília. Os usos mais citados pelos agricultores para as espécies foram referentes à serviços ambientais, alimentação e serviços para o SAF. As espécies com maior valor de importância foram Eucalipto (Eucalyptus spp.), Bananeira (Musa paradisíaca), Jatobá-da-mata (Hymenaea courbaril), Amoreira (Morus Nigra), Mangueira (Mangifera indica), Abacateiro (Persea americana), Jaqueira (Artocarpus heterophyllus), Copaíba (Copaifera langsdorffii), Goaibeira (Psidium guajava) e Café (Coffea arabica). Muitas espécies não nativas da flora brasileira são de grande importância para o bom desenvolvimento e viabilidade econômica dos SAFs. A maior parte das espécies nativas cultivadas em SAFs são de matas de galeria e ciliar. Há um consenso entre os agricultores sobre os conceitos de estratificação em SAFs. Há divergência de conceitos em relação à sucessão agroflorestal. Os estágios sucessionais atribuídos pelos agricultores foi comparado com a densidade da madeira das espécies, que se mostrou uma boa preditora dos estágios sucessionais, exceto para pioneiras. Foi proposta uma forma de classificar as espécies na sucessão agroflorestal de acordo com seu tempo de retorno, em espécies de Retorno Inicial, Retorno Rápido, Retorno Médio e Retorno Longo.-
Descrição: dc.descriptionThe Distrito Federal, Brazil, (DF) is located in the Cerrado biome that occurs on different types of soils with different vegetation types and is considered a biodiversity hotspot, one of the most diverse and endangered areas on the planet. Degraded areas in the cerrado are frequent and Agroforestry Systems (SAFs) have been shown to be an efficient way of allying productivity and environmental recuperation. Fifty seven SAFs were located and maped in the DF. Thirty of these were visited and the owners were interviewed; each area was characterized and the woody species were identified. Owners were questioned about species use, and asked to rank species as to developmental success, which had growth or development problems and which were hard to cultivate. They were also questioned about stratification and species successional stages. Importance values were attibuted to each species (calculated as the multiplication of the number of attributed uses by the average values of development). Three hundred and forty-two species were recorded and specimens deposited in the Universidade de Brasília herbarium. The most cited uses refered to environmental services, food and agroforestry system services. Species with the highest Agroforestry Importance Values were Eucalyptus spp., Musa paradisiaca, Hymenaea courbaril, Morus nigra, Mangifera indica, Persea americana, Artocarpus heterophyllus, Copaifera langsdorffii, Psidium guajava and Coffea arabica. Many species that are non native to the Brazilian Flora, such as the above, are highly important for maintaining the SAFs development and economic viability. Most of the native species occur naturally in gallery and lake fringe forests. There is consensus among SAF owners on species stratification concepts. There is divergence of opinion on succession within the SAF context. Successional stages atributed by foresters to the species were compared to the species wood densities, that showed good predictive value for successional stage except for the pioneers. A way to classify species in agroforestry succession according by their time of return was also proposed, as species with Initial Return, Fast Return, Medium Return and Long-term Return.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectCerrados - Distrito Federal (Brasil)-
Palavras-chave: dc.subjectEspécies arbóreas-
Palavras-chave: dc.subjectReflorestamento-
Palavras-chave: dc.subjectRecuperação ecológica-
Título: dc.titleEspécies arbóreas em sistemas agroflorestais no Distrito Federal, Brasil-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.