Avaliação do Programa Famílias Fortes (PFF) : efeitos sobre estilos parentais e comunicação mãe-filho(a)

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorMurta, Sheila Giardini-
Autor(es): dc.contributorSilva, Isabela Machado da-
Autor(es): dc.contributornadia.pinheiro@ufma.br-
Autor(es): dc.creatorCarozzo, Nádia Prazeres Pinheiro-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-10-14T17:26:29Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-10-14T17:26:29Z-
Data de envio: dc.date.issued2021-08-23-
Data de envio: dc.date.issued2021-08-23-
Data de envio: dc.date.issued2021-08-23-
Data de envio: dc.date.issued2021-05-10-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://repositorio.unb.br/handle/10482/41840-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/capes/607953-
Descrição: dc.descriptionTese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2021.-
Descrição: dc.descriptionTrabalho parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: capítulos 1, 2, 3 e 4.-
Descrição: dc.descriptionEm 2013, o Governo Federal do Brasil resolveu ampliar a oferta de programas para o controle de uso de substâncias entre adolescentes. Considerando que a prevenção é concebida como o pilar para esse controle e a premissa internacional de primar por escolhas de estratégias baseadas em evidências científicas, adotou-se o programa estadunidense Strengthening Families Program (SFP 10-14). O Programa Famílias Fortes (PFF), como foi denominado no Brasil, é um programa de prevenção universal, baseado na família, destinado a adolescentes de 10 a 14 anos e seus pais ou cuidadores. Apesar de a efetividade ser uma dimensão crucial na avaliação de um programa, ela não deve ser considerada independente de outras variáveis que impactam na entrega do programa. Desta assertiva, decorre a primeira pergunta que esta tese de doutoramento busca responder: Quais as evidências de alcance, efetividade, adoção, implementação e sustentabilidade do SFP 10-14 reportadas pela literatura internacional? Esta pergunta é respondida no manuscrito 1 que compõe esta tese. Nele, utiliza-se o modelo RE-AIM para realizar uma revisão integrativa das dimensões alcance, efetividade, adoção, implementação e manutenção do SFP (10-14) em diversos países que o implementaram. Os resultados revelaram que efetividade, implementação e manutenção em nível individual foram os aspectos mais avaliados, enquanto alcance, manutenção em nível organizacional e adoção foram os menos investigados. Efeitos positivos na prevenção do abuso de drogas e habilidades parentais protetivas foram encontrados nos estudos estadunidenses. Da mesma forma, estudos latino-americanos mostraram a melhoria das práticas parentais. No entanto, os estudos europeus produziram resultados mistos, com efeitos predominantemente nulos sobre o abuso de substâncias. A fidelidade da implementação foi alta. Não há evidências disponíveis de adoção e manutenção em nível organizacional. Uma vez que não pode esperar-se que um programa “funcione” da mesma maneira quando implementado em contextos e populações diferentes daquelas onde o programa já fora avaliado, esta tese passa a buscar respostas acerca dos efeitos secundários previstos no modelo lógico do PFF. Primeiramente, objetiva identificar se o PFF foi efetivo em melhorar dimensões educativas mais frágeis nos diversos estilos parentais. Esse objetivo é alcançado com dois manuscritos. O manuscrito 2 faz uma avaliação do instrumento utilizado para avaliar os estilos parentais – sistematizado nas dimensões básicas de responsividade e exigência – e os resultados da Análise fatorial confirmatória indicam que as Escalas de Práticas Parentais, no formato de dois fatores apresentam melhor ajustamento à população estudada. No manuscrito 3, a análise de agrupamentos indica que a taxonomia de quatro estilos parentais, nomeadamente, autoritativo, autoritário, indulgente e negligente pode ser encontrada na população vulnerável em estudo. E análises de comparação entre grupos, assinala que o PFF foi efetivo em melhorar a dimensão responsividade em pais autoritários e a dimensão exigência em pais indulgentes, as dimensões, respectivamente, mais frágeis de ambos os estilos. Por último, o manuscrito 4 tem como objetivo avaliar se o programa impactou na qualidade da comunicação mãe-filho. De delineamento qualitativo e com uso de método observacional de gravação em vídeo, o estudo analisa pré- e pós-intervenção de seis díades do Rio Grande do Norte que receberam a dose completa do PFF. Com índices de concordância entre juízes que variavam entre moderado e substancial, pode-se afirmar que a comunicação mãe-filho passou a ser mais hierárquica. Os achados desta tese são discutidos considerando características da população-alvo, condições do local de implementação e aspectos culturais; bem como o potencial e ganhos ao adotar-se uma estratégia de prevenção. Por fim, desvela o cenário intimidador que enfrenta a saúde – sobretudo a prevenção a agravos - e a ciência, deparando-se com investimentos públicos cada vez mais exíguos.-
Descrição: dc.descriptionFundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA).-
Descrição: dc.descriptionIn 2013, the Brazilian Federal Government decided to expand the offer of programs to control substance use among adolescents. Considering that prevention is conceived as the pillar for that control and the international premise for choosing preventive strategies based on scientific evidence, the Strengthening Families Program (SFP 10-14) was adopted. The Programa Famílias Fortes (PFF), as it was named in Brazil, is a universal, family-based prevention program for adolescents aged 10 to 14 and their parents or caregivers. Even though effectiveness is a crucial dimension in the evaluation of a program, it should not be considered independently of other variables that impact the program delivery. So, the first question that this doctoral thesis sought to answer is: What is the evidence of reach, effectiveness, adoption, implementation and maintenance of the Strengthening Families Program (SFP 10-14) reported by the international literature? This question was addressed in the first manuscript of this thesis. In it, the RE-AIM framework was used to carry out an integrative review of reach, effectiveness, adoption, implementation and maintenance of SFP (10-14) in several countries that have implemented it. The results revealed that effectiveness, implementation and maintenance at the individual-level were the most evaluated aspects, while reach, maintenance at the organizational-level and adoption were the least investigated ones. Positive effects in preventing drug abuse and protective parenting skills have been found in US studies. Likewise, Latin American studies pointed to the improvement of parenting practices. However, European studies have produced mixed results, with predominantly null effects on substance abuse. Implementation fidelity was high. There is no available evidence for adoption and maintenance at the organizational-level. Since a program cannot be expected to “work” in the same way when implemented in contexts and populations that differ from those where the program was already evaluated, we started by investigating the secondary effects proposed in the PFF logical model. First, we aimed to identify whether the PFF was effective in improving dimensions of parenting styles. This objective was achieved with two manuscripts. Manuscript 2 assessed the instrument used to evaluate parenting styles - systematized in the dimensions of responsiveness and demandingness - and the results of the Confirmatory Factor Analysis indicated that the Parenting Practice Scales, as two continuous factors, presented a better fit in the present sample. In manuscript 3, the cluster analysis indicated that the taxonomy of four parenting styles, namely, authoritative, authoritarian, indulgent and negligent, can be found in the vulnerable population under study. Also, comparisons between groups, pointed out that the PFF was effective in improving the responsiveness dimension in authoritarian parents and the demandingness dimension in indulgent parents, respectively the most “fragile” dimensions of both styles. Finally, manuscript 4 aimed to assess whether the program impacts the quality of mother-child communication. Using a qualitative design and an observational video recording method, the study analyzed pre- and post-test of six dyads from Rio Grande do Norte who received the full dose of PFF. Indices of agreement between judges varied between moderate and substantial, and results showed mother-child communication became more hierarchical. The findings of this thesis are discussed considering characteristics of the target population, conditions of the implementation setting and culture; as well as the potential and gains in adopting a prevention strategy. Finally, it draws the attention to the difficult scenario that the health system- especially the prevention of health problems - and science are facing with the increasing reduction of investment in the provision of public services.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Direitos: dc.rightsAcesso Aberto-
Direitos: dc.rightsA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.-
Palavras-chave: dc.subjectVulnerabilidade-
Palavras-chave: dc.subjectProgramas familiares-
Palavras-chave: dc.subjectEstilos parentais-
Palavras-chave: dc.subjectComunicação familiar-
Palavras-chave: dc.subjectCiência da Prevenção-
Título: dc.titleAvaliação do Programa Famílias Fortes (PFF) : efeitos sobre estilos parentais e comunicação mãe-filho(a)-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:UNB

Não existem arquivos associados a este item.