O corpo de bombeiros cobrindo a costa litorânea do Paraná : parâmetro para dimensionar o emprego efetivo guarda-vidas

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorVieira, Américo Augusto Nogueira-
Autor(es): dc.contributorUniversidade Federal do Paraná. Setor de Ciências Sociais Aplicadas. Curso de Especialização em Estratégias em Segurança Pública-
Autor(es): dc.creatorSlompo, Ademir-
Data de aceite: dc.date.accessioned2020-01-31T13:00:43Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2020-01-31T13:00:43Z-
Data de envio: dc.date.issued2019-09-17-
Data de envio: dc.date.issued2019-09-17-
Data de envio: dc.date.issued2007-
Fonte completa do material: dc.identifierhttps://hdl.handle.net/1884/63360-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/1884/63360-
Descrição: dc.descriptionOrientadores: Americo Augusto Nogueira Vieira-
Descrição: dc.descriptionMonografia(Especializaçao) - Universidade Federal do Paraná,Setor de Ciencias Sociais Aplicadas, Curso de Especializaçao Estrategias em Segurança Publica-
Descrição: dc.descriptionResumo: A presente monografia pretende, através de pesquisa, fornecer subsídios teóricos e práticos ao estabelecimento racional de parâmetros para dimensionar o emprego de efetivo de guarda-vidas nas praias paranaenses, visando a uma prevenção eficiente, eficaz e efetiva, diminuindo ao máximo o número de afogamentos, perseguindo sempre o "afogamento zero". A ausência de um parâmetro influencia sobre a distribuição dos meios humanos e dificulta, inclusive, a verificação da qualidade do serviço. Conhecer o parâmetro ideal auxiliara os futuros planejamentos para fixação do efetivo, bem como sua distribuição proporcional e equitativa. A partir da análise das escalas de serviço do 2° Subgrupamento de Bombeiros Independente durante a Operação Verão e das ocorrências atendidas, notou-se uma defasagem da real necessidade do efetivo. Foram feitos levantamentos, via questionários, junto aos Oficiais do 2° Subgrupamento de Bombeiros lndependente, oficiais que já prestaram serviço no litoral quanto ao parâmetro ideal, bem como se buscaram informações junto aos Corpos de Bombeiros de outros Estados, a fim de dar embasamento ao pretendido. Concluiu-se que, em razão das características individuais de cada praia, não se pode atribuir uma fórmula única como parâmetro. E necessária que sejam analisados vários fatores individualmente em cada praia, como frequência de banhistas, riscos permanentes, riscos mutáveis, estatísticas, e a partir daí, criar para cada praia o seu número ideal de setores, cada setor corresponde a uma faixa de areia a ser guarnecida por um guarda-vidas.-
Formato: dc.format109 f.-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Formato: dc.formatapplication/pdf-
Palavras-chave: dc.subjectBombeiros - Salvamento de vidas - Salvamento de vidas-
Palavras-chave: dc.subjectAfogamento - Praias - Paraná-
Título: dc.titleO corpo de bombeiros cobrindo a costa litorânea do Paraná : parâmetro para dimensionar o emprego efetivo guarda-vidas-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Rede Paraná Acervo

Não existem arquivos associados a este item.