Arranjo de plantas para diferentes híbridos de milho

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorKappes, Claudinei-
Autor(es): dc.creatorAndrade, João Antonio da Costa-
Autor(es): dc.creatorArf, Orivaldo-
Autor(es): dc.creatorOliveira, Ângela Cristina de-
Autor(es): dc.creatorArf, Marcelo Valentini-
Autor(es): dc.creatorFerreira, João Paulo-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T16:50:05Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T16:50:05Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2011-09-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.5216/pat.v41i3.9650-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/9561-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/9561-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionModificações introduzidas recentemente em genótipos de milho têm tornado necessário reavaliar as recomendações de práticas de manejo para esta cultura, dentre elas o arranjo espacial de plantas. Este trabalho foi realizado com o objetivo de verificar o melhor arranjo de plantas para os híbridos de milho XB 6010, XB 6012, XB 7253, XB 9003 e AG 9010, nos espaçamentos de 0,45 m e 0,90 m entre linhas. O experimento foi conduzido na safra 2009, em Selvíria (MS), com os espaçamentos dispostos em faixas e as combinações híbridos x populações em esquema fatorial 5x5, dentro de cada bloco. Foram avaliadas as populações de 50.000 plantas ha-1, 60.000 plantas ha-1, 70.000 plantas ha-1, 80.000 plantas ha-1 e 90.000 plantas ha-1. Os resultados foram submetidos ao teste F, sendo os efeitos de híbridos e de espaçamentos comparados pelo teste Tukey e os de populações pela análise de regressão. Os híbridos se diferenciaram em todos os caracteres mensurados, atribuindo-se este fato às características intrínsecas de cada genótipo. O incremento da população influenciou negativamente a maioria dos caracteres e componentes de produção. O rendimento de grãos foi influenciado pelos arranjos espaciais, ocorrendo respostas diferenciadas dos híbridos. Os melhores arranjos foram AG 9010 (90.000 plantas ha-1), no espaçamento 0,45 m; XB 7253 (70.000 plantas ha-1), nos dois espaçamentos; e XB 6010, XB 6012 e XB 9003, sem resposta significativa aos arranjos, podendo ser recomendado o de 50.000 plantas ha-1, nos dois espaçamentos.-
Descrição: dc.descriptionChanges recently introduced to maize genotypes have made necessary to reassess the management practices recommendations for this culture, among them the plants spatial arrangement. This study was carried out to evaluate the best plant arrangement design for the maize hybrids XB 6010, XB 6012, XB 7253, XB 9003, and AG 9010, spaced at 0.45 m and 0.90 m among rows. The experiment was conducted on the 2009 harvest time, in Selvíria, Mato Grosso do Sul State, Brazil, with spacing arranged in strips and the combinations hybrids x populations arranged in a 5x5 factorial scheme for each block. The 50,000 plants ha-1; 60,000 plants ha-1; 70,000 plants ha-1; 80,000 plants ha-1; and 90,000 plants ha-1 populations were evaluated. The results were analyzed by using the F test, with the hybrids effects and row spacing compared by the Tukey test and populations compared by regression analysis. The hybrids differed in all features measured, what can be explained by intrinsic characteristics of each genotype. The increase of the population affected negatively most of the characters and yield components. Grain yield was influenced by the spatial arrangements, with different responses from hybrids. The best arrangements were AG 9010 (90,000 plants ha-1), for the 0.45 m row spacing; XB 7253 (70,000 plants ha-1), for both row spacings; and XB 6010, XB 6012, and XB 9003, with no significant response to such arrangements, being recommended the 50,000 plants ha-1 one, for both row spacings.-
Formato: dc.format348-359-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherEscola de Agronomia e Engenharia de Alimentos/UFG-
Relação: dc.relationPesquisa Agropecuária Tropical-
Relação: dc.relation0,346-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectZea mays L-
Palavras-chave: dc.subjectdensidade populacional-
Palavras-chave: dc.subjectarranjo de plantas-
Palavras-chave: dc.subjectrendimento de grãos-
Palavras-chave: dc.subjectZea mays L-
Palavras-chave: dc.subjectpopulation density-
Palavras-chave: dc.subjectplant arrangement-
Palavras-chave: dc.subjectgrain yield-
Título: dc.titleArranjo de plantas para diferentes híbridos de milho-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.