Comparação entre doses constantes e decrescentes de extrato de pituitária eqüina na indução de superovulacão em éguas

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCarmo, Márcio Teoro do-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T20:28:16Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T20:28:16Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2014-06-11-
Data de envio: dc.date.issued2003-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/94590-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/94590-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Medicina Veterinária - FMVZ-
Descrição: dc.descriptionVários estudos têm relatado que a égua é refratária a todas as drogas rotineiramente utilizadas, visando superovulação em outras espécies, como o FSH e o eCG (Mc Cue, 1996). O extrato de pituitária eqüina (EPE) é um preparado parcial de gonadotrofina eqüina, e o único composto que consistentemente induz ovulações múltiplas em éguas (Squires et al, 1999); contudo, a resposta superovulatória tem sido baixa (1-3 ovulações/égua) (Mc Cue, 1996). Estudos mais recentes demonstram uma melhora no percentual de ovulações múltiplas em éguas superovuladas com a administração do EPE duas vezes ao dia (4-7ovulações/égua), entretanto com baixa taxa de recuperação embrionária (Scoggin et al., 2002; Alvarenga et al., 2001). Este fato pode estar relacionado a produção de oócitos de baixa qualidade (anormalidade na maturação folicular e oocitária) (Dippert et al., 1994; Palmer et al., 1993), a falha do folículo em liberar o oócito e a dificuldade na captação do mesmo para o interior do oviduto, assim como o trânsito deste ou do embrião pelo oviduto (Dippert et al., 1994). O extrato de pituitária eqüina (EPE) foi preparado no laboratório do Departamento de Reprodução Animal e Radiologia Veterinária da Universidade Estadual Paulista (UNESP), campus de Botucatu - SP, através do método proposto por Guillon & Combarnous, (1983). Seis éguas em bom estado nutricional, com idade variando entre quatro e 15 anos e massa corpórea de 400 a 500 Kg, além de um bom histórico reprodutivo, foram monitoradas diariamente durante os períodos compreendidos entre os meses de novembro (2001) a março (2002). Foram utilizados dois ciclos estrais de cada égua subdivididos em dois grupos: doses constantes e doses decrescentes; porém entre os tratamentos esperou-se um intervalo de dois ciclos estrais. O experimento foi conduzido no posto de monta...-
Descrição: dc.descriptionSeveral studies have reported the is unresponsive to all the routinely used drugs aiming the superovulation in other species, such as the FSH and the eCG. The equine pituitary extract (EPE) is a partial equine gonadotropin preparation, and the only compound which consintenty induces multiple ovulation in mares; however, the superovulatory response has been low (1-3 ovulations/mare). More recent studies demonstrate some improvement in the percentage of multiple ovulation in superovulated mares with the EPE administration twice a day (4-7 ovulations/mare), nevertheless with a low rate of embryo recovery. This fact can be related to the low quality oocyte production (abnormality in the follicular and oocytary maturation), the follicular failure in releasing the oocyte and its collection towards the inner part of the oviduct, as its or the embryo traffic through the oviduct. The improvement on embryo recovery rate has been shownin cows with the utilization of decreasing doses of FSH. The present experiment aimmed to compare the ovulatory answer and embryo production of mares treated twice daily with constant and decreasing doses of EPE. Six mares in good nutrition status, with ages ranging from four and 15 years old and weighing from 400 to 500 Kg, together with a good reproductive history, were monitored daily through the preiods between the months of november/2001 to march/2002. Two estrous cytrous cycles were used from each mare and subdivided into two groups: constant doses and decresing doses;however between the treatments na interval of two estrous cycles was given. The experiment was carried out in the riding station (UNESP), placed in Lageado, a farm in the city of Botucatu - SP. For both groups, the treatment was started in the seventh post-ovuatory day, presenting a very evident corpora lutea and follicles equal or under 25 mm of diameter in the... (Complete abstract, click electronic address below)-
Formato: dc.format156 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectEquino - Reprodução-
Palavras-chave: dc.subjectOvulação - Indução-
Palavras-chave: dc.subjectEquine pituitary extract-
Título: dc.titleComparação entre doses constantes e decrescentes de extrato de pituitária eqüina na indução de superovulacão em éguas-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.