Frequency of class I anti-HLA alloantibodies in patients infected by HIV-1

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorLeite, Elza Regina Manzolli-
Autor(es): dc.creatorLima, Oswaldo Luiz Luz-
Autor(es): dc.creatorLeite, Fábio Renato Manzolli-
Autor(es): dc.creatorCosta, Paulo Inácio da-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T16:46:57Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T16:46:57Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2010-02-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S1516-89132010000100012-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/7994-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/7994-
Descrição: dc.descriptionO objetivo deste estudo foi avaliar a presença de aloanticorpos anti-HLA classe I em pacientes infectados pelo HIV-1 e relacioná-la aos diferentes cursos clínicos da doença. Amostras de sangue de 145 indivíduos HIV positivo foram coletadas em tubos com EDTA. A infecção pelo HIV-1 foi confirmada por teste ELISA e a presença de aloanticorpos anti-HLA classe I determinada em seguida. A evolução clínica foi definida como rápida (<1 ano entre diagnóstico e morte), moderada (1-3 anos) ou lenta (>3 anos). A presença de aloanticorpos anti-HLA classe I foi menor em indivíduos saudáveis em relação aos infectados pelo HIV-1 (4,2% contra 32,4%). Porém, a distribuição destes aloanticorpos entre os indivíduos infectados foi igual, independente da evolução clínica. Deste modo, a presença de aloanticorpos anti-HLA classe I não é um fator determinante na piora clínica do paciente.-
Descrição: dc.descriptionThe aim of this study was to evaluate the presence of class I anti-HLA alloantibodies in patients infected by HIV-1 and relate it with the different clinical courses of the disease. Blood samples were collected in EDTA tubes from 145 individuals. HIV-1 infection was confirmed by ELISA test. The presence of class I anti-HLA alloantibodies and HLA allele's were determined. Clinical evolution was set as fast (<1 year between diagnostic and death), moderate (1-3 years) or slow (>3 years). Class I anti-HLA alloantibodies presence was lower in healthy individuals than in those infected by HIV-1 (4.2% against 32.4%). However, an equal distribution of these alloantibodies was found among the individuals infected, independent on the clinical evolution. Thus, class I anti-HLA alloantibodies was not a determinant factor for patient worsening.-
Formato: dc.format93-97-
Idioma: dc.languageen-
Publicador: dc.publisherBrazilian Archives of Biology and Technology-
Relação: dc.relationBrazilian Archives of Biology and Technology-
Relação: dc.relation0.676-
Relação: dc.relation0,281-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectAIDS-
Palavras-chave: dc.subjectHIV-
Palavras-chave: dc.subjectHLA antigens-
Palavras-chave: dc.subjectalloantibodies-
Título: dc.titleFrequency of class I anti-HLA alloantibodies in patients infected by HIV-1-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.