Hidrolisados protéicos de mucosa intestinal, levedura e proteína isolada de soja em dietas com leite em pó integral para leitões desmamados

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorScandolera, Antonio João-
Autor(es): dc.creatorThomaz, Maria Cristina-
Autor(es): dc.creatorKronka, Rodolfo Nascimento-
Autor(es): dc.creatorBudiño, Fábio Enrique Lemos-
Autor(es): dc.creatorFraga, Alessandro Luís-
Autor(es): dc.creatorHuaynate, Rizal Alcides Robles-
Autor(es): dc.creatorRuiz, Urbano dos Santos-
Autor(es): dc.creatorCristani, José-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T16:40:00Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T16:40:00Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2008-04-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S1516-35982008000400010-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/4777-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/4777-
Descrição: dc.descriptionAvaliou-se o efeito da substituição parcial do farelo de soja (FS) por hidrolisado protéico do conteúdo celular de levedura (HPCCL), proteína isolada de soja (PIS) ou hidrolisado protéico de mucosa intestinal de suínos (HPMIS) em dietas com leite em pó integral (LPI) sobre o desempenho, os níveis séricos de uréia e a incidência de diarréia em leitões desmamados. Foram utilizados 40 leitões desmamados aos 21 dias de idade (20 machos castrados e 20 fêmeas), distribuídos em delineamento em blocos ao acaso, com cinco tratamentos (dietas) e oito repetições. As dietas foram fornecidas em três fases, de acordo com a idade dos animais: fase pré-inicial 1 (21 aos 35 dias de idade): dieta à base de milho e farelo de soja (FS); dieta com 15,0% LPI; dieta com 15,0% LPI + 3,5% HPMIS; dieta com 15,0% LPI + 5,0% de PIS; dieta com 15,0% LPI + 5,0% HPCCL. Na fase pré-inicial 2 (36 aos 49 dias de idade), foi mantida a dieta à base de milho e farelo de soja e o LPI foi reduzido para 7,5% em todas as dietas, o HPMIS para 1,5%, a PIS para 4% e o HPCCL foi mantido em 5%. Na fase inicial (50 aos 70 dias de idade), foi mantida a dieta à base de milho e farelo de soja, o LPI foi retirado de todas as dietas e os animais que nas fases pré-inicial 1 e 2 foram alimentados com as dietas contendo LPI e LPI + HPMIS passaram a ser alimentados com a dieta à base de milho e farelo de soja; a PIS foi reduzida para 3% e o HPCCL para 2,5%. No período de 21 a 35 dias, a dieta LPI + PIS proporcionou maior ganho diário de peso e melhor conversão alimentar. Nas fases seguintes, não houve diferença no desempenho entre as dietas. Até cinco dias após o desmame, os animais alimentados com as rações FS e LPI + PIS apresentaram menor índice de diarréia. Os níveis séricos de uréia não foram influenciados pelas dietas. A utilização de PIS, HPMIS e HPCCL em dietas complexas contendo leite em pó pode consistir em alternativa biologicamente viável em dietas para leitões.-
Descrição: dc.descriptionThe effect of partial replacement of soybean meal (SM) by hydrolyzed protein of the cellular content of yeast (HPCCY), isolated protein of soy (IPS), hydrolyzed protein of intestinal mucosa membrane of swine (HPIMS) in diets with dried whole milk (DWM) on performance, serum urea and diarrhea incidence of weaned pigs. Fourteen piglets weaned at 21 days old (20 barrows and 20 females), were allotted to a completely randomized experimental block design with five treatments (diets) and 8 replications each. The diets were fed in three phases according to the animal age. In the pre-initial phase 1 (21 to 35 days of age): corn-soy diet, diet with 15% DWM, diet with 15% DWM + 3,5% HPIMS, diet with 15% DWM + 5% IPS, diet with 15% DWM + 5% HPCCY. In the phase pre-initial 2 (36 to 49 days of age) a corn-soy diet was maintained and DWM was reduced to 7.5% in all diets, HPIMS to 1.5%; IPS to 4% and HPCCY was maintained in 5%. In the phase initial (50 a 70 days of age) was maintained the corn-soybean based diet, DWM was removed of all the diets and the animals that received the treatments with DWM and DWM + HPIMS in the phases pre-initial 1 and 2, they were fed corn-soy diet, IPS was reduced to 3% and HPCCY to 2.5%. In the period from 21 to 35 days, the diet DWM + IPS provided the highest daily weight gain and better feed conversion. In the following phases, there was not difference in the performance among diets. Up to five days post weaning, pigs fed SM and DWM + IPS showed the lowest diarrhea incidence. The levels of serum urea were not influenced by the diets. The use of IPS, HPIMI and HPCCY in complex diets containing dried whole milk represents a viable biologically alternatives in diets for pigs.-
Formato: dc.format653-659-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherSociedade Brasileira de Zootecnia-
Relação: dc.relationRevista Brasileira de Zootecnia-
Relação: dc.relation0,337-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectDiarrhea-
Palavras-chave: dc.subjectfeed/gain ratio-
Palavras-chave: dc.subjectSwine-
Palavras-chave: dc.subjectUrea-
Palavras-chave: dc.subjectconversão alimentar-
Palavras-chave: dc.subjectDiarréia-
Palavras-chave: dc.subjectSuíno-
Palavras-chave: dc.subjectUréia-
Título: dc.titleHidrolisados protéicos de mucosa intestinal, levedura e proteína isolada de soja em dietas com leite em pó integral para leitões desmamados-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.