Enraizamento de estacas herbáceas de quatro clones de umezeiro (Prunus mume Sieb. et Zucc.) durante o inverno ameno, em Jaboticabal-SP

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorMayer, Newton Alex-
Autor(es): dc.creatorPereira, Fernando Mendes-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T16:37:43Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T16:37:43Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2003-12-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0100-29452003000300036-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/3574-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/3574-
Descrição: dc.descriptionEstudos realizados no Brasil com o umezeiro (Prunus mume Sieb. et Zucc.) relatam promissoras perspectivas de utilização desta espécie como porta-enxerto para pessegueiro e nectarineira, em função de sua rusticidade, adaptação ao inverno brando, compatibilidade com Prunus persica, redução do vigor das plantas e melhoria da qualidade dos frutos. Entretanto, em função da propagação por sementes, tem sido observadas diferenças de vigor entre as plantas, resultando em pomares muito heterogêneos. Assim, o presente estudo teve por objetivo estudar o enraizamento de estacas herbáceas de quatro clones de umezeiro (Clones 02, 05, 10 e 15) durante o inverno ameno, em Jaboticabal-SP. O experimento foi conduzido entre os meses de junho e agosto, sendo avaliado aos 70 dias após a estaquia. Pelos resultados obtidos, foi possível concluir que é viável a propagação dos clones estudados por enraizamento de estacas herbáceas durante o inverno. Foram observadas diferenças entre os clones quanto à porcentagem de enraizamento, porcentagem de estacas com calo, número e comprimento das raízes. No conjunto das variáveis analisadas, os melhores resultados foram obtidos com os Clones 10 e 15.-
Descrição: dc.descriptionStudies developed in Brazil with the mume (Prunus mume Sieb. et Zucc.) have shown promising perspectives of using this species as rootstock for peach and nectarine trees, in function of its rusticity, adaptation to soft winter, compatibility with Prunus persica, plant vigor reduction and improvement of the fruit quality. However, due to seed propagation, vigor differences have been observed among plants, resulting in very heterogeneous orchards. Thus, the present study had the objective of studying the rooting of herbaceous cuttings of four mume clones (Clones 02, 05, 10 and 15) in intermittent mist during the soft winter, in Jaboticabal, São Paulo State, Brazil. The experiment was carried out between June and August, being evaluated 70 days after the cutting. From the obtained results, it was possible to conclude that the propagation of the clones studied is viable through the rooting herbaceous cuttings during the winter. Differences were observed among the clones with relationship to rooting percentage, callus percentage, root number and length. Grouping all the analyzed variables the best results were obtained with the Clones 10 and 15.-
Formato: dc.format505-507-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherSociedade Brasileira de Fruticultura-
Relação: dc.relationRevista Brasileira de Fruticultura-
Relação: dc.relation0.475-
Relação: dc.relation0,410-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectVegetative propagation-
Palavras-chave: dc.subjectRootstock-
Palavras-chave: dc.subjectStone fruits-
Palavras-chave: dc.subjectPropagação vegetativa-
Palavras-chave: dc.subjectPorta-enxerto-
Palavras-chave: dc.subjectFrutas de caroço-
Título: dc.titleEnraizamento de estacas herbáceas de quatro clones de umezeiro (Prunus mume Sieb. et Zucc.) durante o inverno ameno, em Jaboticabal-SP-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.