Bases para a padronização do teste de germinação em três espécies de Solanum L.

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCastellani, Estela Dalpim-
Autor(es): dc.creatorAguiar, Ivor Bergemann de-
Autor(es): dc.creatorPaula, Rinaldo César de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T16:37:35Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T16:37:35Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2009-01-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0101-31222009000200009-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/3520-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/3520-
Descrição: dc.descriptionFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)-
Descrição: dc.descriptionConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)-
Descrição: dc.descriptionFoi objetivo deste trabalho obter informações básicas sobre a germinação de sementes de três espécies do gênero Solanum: S. granuloso-leprosum (gravitinga), S. lycocarpum (lobeira) e S.pseudoquina (quina-de-são paulo). Dependendo da espécie, foram testados diferentes lotes, bem como sementes de diferentes densidades e colorações. Os testes de germinação foram conduzidos a 25ºC e a 20-30ºC, com fotoperíodo de oito horas sob luz branca, sobre papel de filtro. Foram avaliados a porcentagem final e o índice de velocidade de germinação das sementes e determinados os períodos de duração do teste, adotando diferentes critérios de germinação. Os resultados mostraram que as sementes de gravitinga de baixa densidade devem ser descartadas; as sementes de gravitinga de coloração amarela e as de quina-de-são paulo de coloração verde são de maior qualidade fisiológica; houve diferença na germinação das sementes de lobeira e de quina-de-são paulo extraídas de diferentes lotes. A alternância da temperatura e luz beneficiou a germinação das sementes das três espécies. O teste padrão de germinação, teve a duração de 60 dias para as sementes de gravitinga (primeira contagem com 37 dias), de 62 dias para as de quina-de-são paulo (primeira contagem com 33 dias) e de 88 dias para as de lobeira (primeira contagem com 39 dias). Quando o critério botânico para germinação foi adotado (emissão da raiz primária) houve redução no período de duração de germinação em 30 dias para as sementes de gravitinga e de quina-de-são paulo e de 58 dias para as sementes de lobeira.-
Descrição: dc.descriptionThis study aimed to obtain basic information about the seed germination of three species of the Solanum genus (Solanaceae), recommended for restoration of degraded lands: S. granuloso-leprosum, S. lycocarpum and S. pseudoquina. Depending on the species, different seedlots were tested as well as seeds of different densities and colours. The germination tests were performed at constant (25ºC) and alternating temperatures (20-30ºC), under eight hours photoperiod and with filter paper as substrate. Both total germination percentage and germination speed index were evaluated and the duration of the tests was determined, considering different criteria for germination. The results showed that seeds of S. granuloso-leprosum with low density should be discarded; yellow seeds of S. granuolo-leprosum and green seeds of S. pseudoquina showed higher physiological quality; difference in seed germination between seedlots of S. lycocarpum and S. pseudoquina was observed. Alternating temperature was beneficial for seed germination of the three studied species. The standard germination test (normal seedlings), lasted for 60 days for S. granuloso-leprosum (first count at 37 days), 62 days for S. pseudoquina (first count at 33 days) and 88 days for S.lycocarpum (first count at 39 days). When the botanical criteria for seed germination (primary root emission) was used there was a decrease in the period of time for germination of 30 days for seeds of S. granuloso-leprosum and S.pseudoquina and in 58 days for seeds of S. lycocarpum.-
Formato: dc.format77-85-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherAssociação Brasileira de Tecnologia de Sementes (ABRATES)-
Relação: dc.relationRevista Brasileira de Sementes-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectForest seed-
Palavras-chave: dc.subjectPhysiological quality-
Palavras-chave: dc.subjectTemperature-
Palavras-chave: dc.subjectDensity-
Palavras-chave: dc.subjectcolour-
Palavras-chave: dc.subjectSementes florestais-
Palavras-chave: dc.subjectQualidade fisiológica-
Palavras-chave: dc.subjectTemperatura-
Palavras-chave: dc.subjectDensidade-
Palavras-chave: dc.subjectcoloração-
Título: dc.titleBases para a padronização do teste de germinação em três espécies de Solanum L.-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.