Astrócitos imunorreativos à proteína glial fibrilar ácida (GFAP) em sistema nervoso central de equinos normais e de equinos com leucoencefalomalácia

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorLemos, Karen Regina-
Autor(es): dc.creatorAlessi, Antonio Carlos-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T16:36:32Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T16:36:32Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued1999-07-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0100-736X1999000300003-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/2910-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/2910-
Descrição: dc.descriptionA proteína glial fibrilar ácida (GFAP), subunidade dos filamentos intermediários do citoesqueleto celular, está presente no citoplasma de astrócitos. Técnicas imunohistoquímicas com anticorpos primários anti-GFAP são geralmente empregadas para identificar astrócitos no sistema nervoso, permitindo verificar também sua hipertrofia. Vários estudos mostram a distribuição, a morfologia e a citoarquitetura de astrócitos em várias regiões do SNC do homem e de animais de laboratório. No entanto, em animais domésticos e, especialmente em equinos, poucas informações estão disponíveis. No presente trabalho, verificou-se a densidade e a morfologia de astrócitos imunorreativos à GFAP na substância branca da córtex cerebral de equinos com leucoencefalomalácia (LEM) comparando-se esses aspectos com o de equinos normais. Animais com LEM apresentaram hipertrofia de astrócitos em áreas próximas às lesões, representada pelo aumento do corpo celular, do núcleo e dos prolongamentos citoplasmáticos. O número de astrócitos apresentou-se reduzido e a imunorreatividade foi mais acentuada. Nos animais normais, verificou-se distribuição constante de astrócitos imunorreagentes com características de fibrosos. Alterações vasculares nos animais com LEM, como por exemplo degeneração de endotélio vascular, também foram observadas, podendo estar associadas às alterações astrocíticas.-
Descrição: dc.descriptionThe glial fibrillary acidic protein (GFAP), subunit of the intermediary filaments of the cellular cytoskeleton, exists in the cytoplasm of astrocytes. Immunohistochemistry utilizing primary antibodies anti-GFAP is generally chosen to identify astrocytes in the central nervous system (CNS), allowing also to verify their hypertrophy. Several studies show the distribution, morphology and cytoarchitecture of the astrocytes in several areas of the CNS of humans and laboratory animals. However, in domestic animals, especially in horses, little information is available. In the present study the density and morphology of GFAP-immunoreactive astrocytes in the white matter of the cerebral cortex of horses with leukoencephalomalacia (LEM) has been compared with such aspects in normal horses. In animals with LEM hypertrophic astrocytes in areas close to the lesions were observed. There was enlargement of the perikarion, nucleus and the cytoplasmic extension. The astrocytes were reduced in number and the immunoreactivity was increased. In the normal animals constant distribution of immunoreactive cells characteristic of fibrous astrocytes was seen. Vascular changes in the animals with LEM, as for example degeneration of vascular endothelium, were also observed and could be correlated with the astrocytic alterations.-
Formato: dc.format104-108-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherColégio Brasileiro de Patologia Animal - CBPA-
Relação: dc.relationPesquisa Veterinária Brasileira-
Relação: dc.relation0.385-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectAstrocytes-
Palavras-chave: dc.subjectGFAP-
Palavras-chave: dc.subjectHorse-
Palavras-chave: dc.subjectleukoencephalomalacia-
Palavras-chave: dc.subjectAstrócito-
Palavras-chave: dc.subjectGFAP-
Palavras-chave: dc.subjectEquino-
Palavras-chave: dc.subjectleucoencefalomalácia-
Título: dc.titleAstrócitos imunorreativos à proteína glial fibrilar ácida (GFAP) em sistema nervoso central de equinos normais e de equinos com leucoencefalomalácia-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.