Desenvolvimento gonadal de fêmeas de matrinxã, Brycon amazonicus, submetidas a restrição alimentar

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCamargo, Antonio Cleber da Silva-
Autor(es): dc.creatorZaiden, Sérgio Fonseca-
Autor(es): dc.creatorUrbinati, Elisabeth Criscuolo-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T16:36:10Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T16:36:10Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2008-08-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0103-84782008000400031-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/2711-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/2711-
Descrição: dc.descriptionO presente estudo avaliou o efeito de ciclos de restrição alimentar e realimentação (2/3 dias), aplicados durante seis meses antes da desova, no desenvolvimento gonadal de matrinxã. Na ocasião da desova, fêmeas alimentadas diariamente e submetidas ao regime alimentar experimental, selecionadas para a indução hormonal, foram sacrificadas para retirada das gônadas e do fígado, com os quais se calculou o IGS (índice gonadossomático) e o IHS (índice hepatossomático), sendo os ovários processados para análise histológica. Não houve alteração no peso relativo dos ovários e fígado, e o desenvolvimento gonadal não foi afetado pelo esquema alimentar. Os valores de IGS foram de 5,09±4,98% e 9,79±4,17% e os de IHS foram de 0,84±0,07% e 0,91±0,11%, para as fêmeas controle e experimentais, respectivamente, sem diferenças significativas entre os grupos. Os ovários de peixes dos dois grupos apresentaram as mesmas características do estádio maduro, com predominância de ovócitos na fase final de maturação, repletos de vitelo. O estudo indica que a restrição alimentar não afetou a preparação das fêmeas para a reprodução e que ciclos adequados de restrição e realimentação poderão ser aplicados na criação do matrinxã, assegurando menores custos de produção.-
Descrição: dc.descriptionThe present study evaluated the effect of cycles of feed restriction and refeeding (2/3 days) during 6 months before the spawning on the gonadal development of matrinxã. At the spawning time, females selected to hormonal induction were killed for gonad and liver removal and GSI (gonadosomatic index) and HSI (hepatosomatic index) were calculated. Ovaries were processed for histological analysis. The feeding regime did not alter GSI and HSI and the gonadal development. The values of GSI were 5.09±4.98% and 9.79±4.17%, and of HSI were 0.84±0.07% and 0.91±0.11%, in control and experimental females, respectively, without significant difference between groups. Ovaries from both fish groups showed the same charachteristics of the mature stage, with predominance of oocytes in the final phase of maturation, presenting large amount of yolk. The study indicates that the feed restriction did not affect the matrinxã ability to reproduction and that cycles of feed restriction and refeeding can be used in matrinxã farming leading to lower production costs.-
Formato: dc.format1105-1110-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Federal de Santa Maria (UFSM)-
Relação: dc.relationCiência Rural-
Relação: dc.relation0.525-
Relação: dc.relation0,337-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectMatrinxã-
Palavras-chave: dc.subjectgonadal development-
Palavras-chave: dc.subjectOvary-
Palavras-chave: dc.subjectfood restriction-
Palavras-chave: dc.subjectMatrinxã-
Palavras-chave: dc.subjectdesenvolvimento gonadal-
Palavras-chave: dc.subjectOvários-
Palavras-chave: dc.subjectRestrição alimentar-
Título: dc.titleDesenvolvimento gonadal de fêmeas de matrinxã, Brycon amazonicus, submetidas a restrição alimentar-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.