Activity and habitat use of two species of stingrays (Myliobatiformes: Potamotrygonidae) in the upper Paraná River basin, Southeastern Brazil

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorGarrone Neto, Domingos-
Autor(es): dc.creatorUieda, Virginia Sanches-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T17:13:48Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T17:13:48Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2012-01-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S1679-62252012000100008-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/19300-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/19300-
Descrição: dc.descriptionConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)-
Descrição: dc.descriptionInformações sobre o modo de vida das raias de água doce (Potamotrygonidae) sob condições naturais são escassas. Neste trabalho, estudamos o período de atividade e as formas de uso do habitat de duas espécies do gênero Potamotrygon na bacia do alto rio Paraná, no Sudeste do Brasil. Potamotrygon falkneri e P. motoro apresentaram comportamento muito semelhante, com nítida segregação espacial dos indivíduos em função do seu tamanho, da profundidade e do período do dia. Juvenis estiveram associados a praias arenosas e locais com profundidades abaixo de quatro metros ao longo de todo o dia. Raias de grande porte realizaram migrações batimétricas, alternando sua posição entre locais com profundidade superior a oito metros durante o dia e áreas mais rasas à noite. Indivíduos com tamanho intermediário ocuparam ambientes de transição, com maior heterogeneidade ambiental. Ambas as espécies apresentaram atividade, especialmente alimentar, predominantemente noturna. Os padrões comportamentais estudados parecem sofrer variações ontogenéticas e é provável que se alterem ao longo do ano, entre períodos de seca e cheia.-
Descrição: dc.descriptionThe life history of freshwater stingrays (Potamotrygonidae) under natural conditions has been poorly documented. In this study, we investigated theperiod of activity and the habitat use of two species of the genus Potamotrygon in the upper Paraná River basin, Southeastern Brazil. Potamotrygon falkneri and P. motoro are similar to each other as far as the analyzed behavior is concerned. Individuals of both species segregate according to their size, and in function of the depth and period of the day. Younger individuals inhabit mostly sandy beaches and places that are no deeper than four meters throughout the whole day. Bigger stingrays realize bathymetric migrations, alternating their position between places deeper than eight meters during the day, and shallow areas at night. Individuals of intermediate size inhabit transition environments that have greater habitat diversity. Both species presented mostly nocturnal habits, especially regarding their feeding behavior. The behavioral patterns observed seem to go through ontogenetic variations and probably change throughout the year, between dry and wet seasons.-
Formato: dc.format81-88-
Idioma: dc.languageen-
Publicador: dc.publisherSociedade Brasileira de Ictiologia-
Relação: dc.relationNeotropical Ichthyology-
Relação: dc.relation1.216-
Relação: dc.relation0,559-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectBathymetric migration-
Palavras-chave: dc.subjectDial movements-
Palavras-chave: dc.subjectPotamotrygon-
Palavras-chave: dc.subjectScientific diving-
Palavras-chave: dc.subjectSpatial ecology-
Título: dc.titleActivity and habitat use of two species of stingrays (Myliobatiformes: Potamotrygonidae) in the upper Paraná River basin, Southeastern Brazil-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.