Validação clínica da escala Unesp-Botucatu para avaliação de dor em equinos

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorRocha, Paula Barreto da-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-11T01:42:50Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-11T01:42:50Z-
Data de envio: dc.date.issued2019-10-20-
Data de envio: dc.date.issued2019-10-20-
Data de envio: dc.date.issued2019-08-29-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/190793-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/190793-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)-
Descrição: dc.descriptionCAPES: 1681965-
Descrição: dc.descriptionProcesso FAPESP: 2017/12815-0-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Anestesiologia - FMB-
Descrição: dc.descriptionIntrodução. A terapia adequada da dor requer uma avaliação apropriada do fenômeno. Este estudo avaliou a UNESP-Botucatu e a Escala Ortopédica (CPS) em comparação com escalas unidimensionais em equinos. Material e Método. Para cada um dos 42 pacientes cirúrgicos, as avaliações foram realizadas e gravadas em vídeo antes da cirurgia, até 4 horas após a cirurgia, até 3 horas após o tratamento analgésico e 24 horas após a cirurgia. Os videos editados e randomizados foram visualizados por cada um dos seis avaliadores duas vezes, em um intervalo de 20 dias. Após a visualização de cada videoclipe, os avaliadores primeiro registraram se a analgesia seria indicada e, em seguida, aplicaram as escalas Visual Analógica, Numérica Simples, Descritiva Simples, CPS e UNESP-Botucatu. Foram avaliadas a confiabilidade intra e interobservador, validade de critério, correlação item-total, responsividade, sensibilidade e especificidade, consistência interna e ponto de corte da analgesia de resgate. Resultados. Para todas as escalas, a confiabilidade intra-observador variou de boa a muito boa. Tanto a escala UNESP-Botucatu quanto a CPS apresentaram confiabilidade intra-observador geral boa ou muito boa. A confiabilidade interobservador geral, baseada na segunda das duas avaliações variou, foi variável com validade de critério boa (UNESP-Botucatu) e moderada (CPS) quando comparada às escalas unidimensionais. A análise de componentes principais mostrou fraca associação entre os itens. A correlação de Spearman foi de 0,67 (p <0,0001) entre as escalas compostas. A responsividade ocorreu apenas na intensidade de dor pós-operatória, mas não ao resgate da analgesia, e a consistência interna foi minimamente aceitável (≈0,6). A correlação item-total foi aceitável para 50% e 38% dos itens das escalas UNESP-Botucatu e CPS, respectivamente, e ambas as escalas foram específicas, mas nenhuma foi sensível. O ponto de corte para a UNESP- Botucatu e CPS foi determinado em ≥ 5 e ≥ 7, respectivamente. Discussão. Ambas as escalas compostas apresentaram confiabilidade intraobservador e validade de critério adequadas, além de confiabilidade interobservador geral e responsividade parcial. A validade de critério, associação entre itens e correlação item-total foram ligeiramente melhores para a escala UNESP-Botucatu. Ambos mostraram associação fraca entre itens, consistência interna minimamente aceitável e sensibilidade fraca. Conclusão. Essas escalas são instrumentos subótimos para avaliação clínica da dor em pacientes cirúrgicos equinos. Portanto, as duas escalas compostas devem passar por um refinamento adicional para excluir itens desnecessários ou serem substituídas por outras ferramentas mais confiáveis.-
Descrição: dc.descriptionBackground Proper pain therapy requires adequate pain assessment. Objective This study evaluated the UNESP-Botucatu and the Orthopedic Composite Pain Scale (CPS) compared with unidimensional scales in horses. Material and Methods For each of 42 surgical patients evaluations were performed and videotaped before surgery, up to 4 hours post-surgery, up to 3 hours after analgesic treatment, and 24 hours post-operatively. Edited and randomized video clips were viewed by each of six evaluators twice, at an interval of 20 days. After viewing each video clip, the evaluators first recorded whether analgesia would be indicated, and then applied the Visual Analog, Simple Numeric, Simple Descriptive, CPS, and UNESP-Botucatu scales. Intra- and inter-observer reliability, criterion validity, item-total correlation, responsiveness, sensitivity and specificity, internal consistency, and rescue analgesia cut-off point were evaluated. Results For all scales, intra-observer reliability ranged from good to very good. Both the UNESP-Botucatu scale and the CPS presented overall good or very good intra-observer reliability. Overall inter-observer reliability based on the second of the two viewings was variable with good (UNESP-Botucatu) and moderate (CPS) criterion validity when compared to unidimensional scales. Principal Component Analysis showed weak association among the items. Spearman correlation was 0.67 (p < 0.0001) between the composite scales. Responsiveness occurred only to postoperative pain, but not to rescue analgesia, and internal consistency was minimally acceptable (≈0.6). Item-total correlation was acceptable for 50% and 38% of the items of UNESP-Botucatu and CPS scales, respectively and both scales were specific, but neither one was sensitive. The cut-off point for the UNESP-Botucatu and CPS was determined to be ≥ 5 and ≥ 7, respectively. Discussion Both composite scales presented adequate intra-observer reliability and criterion validity, as well as overall inter-observer reliability and partial responsiveness. Criterion validity, association among items and item-total correlation were slightly better for the UNESPBotucatu scale. Both showed poor association among items, minimally acceptable internal consistency, and weak sensitivity. Conclusion. These scales are suboptimal instruments for clinical assessment of pain in equine surgical patients. Therefore, both composite scales should undergo further refinement to exclude unnecessary items or be replaced by other, more reliable tools.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectConfiabilidade-
Palavras-chave: dc.subjectCavalo-
Palavras-chave: dc.subjectDor aguda-
Palavras-chave: dc.subjectValidade-
Palavras-chave: dc.subjectResponsividade-
Palavras-chave: dc.subjectResponsiveness-
Palavras-chave: dc.subjectReliability-
Palavras-chave: dc.subjectValidity-
Palavras-chave: dc.subjectHorse-
Palavras-chave: dc.subjectAcute pain-
Título: dc.titleValidação clínica da escala Unesp-Botucatu para avaliação de dor em equinos-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.