Diversidade genética de Hepatozoon spp. em roedores no Brasil

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorPerles, Lívia-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-11T01:00:56Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-11T01:00:56Z-
Data de envio: dc.date.issued2019-03-25-
Data de envio: dc.date.issued2019-03-25-
Data de envio: dc.date.issued2019-02-27-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/181176-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/181176-
Descrição: dc.descriptionConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)-
Descrição: dc.descriptionProcesso FAPESP: 2015/14896-1 CNPq: 2014/401.403.120.16-5-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Medicina Veterinária - FCAV-
Descrição: dc.descriptionO gênero Hepatozoon spp. engloba protozoários parasitas de uma ampla variedade de vertebrados terrestres. Recentemente, vem se investigando o possível papel de roedores como hospedeiros intermediários e paratênicos nos ciclos de transmissão de espécies de Hepatozoon parasitas de carnívoros domésticos e selvagens. O presente estudo teve como objetivo investigar a presença e caracterizar o DNA de Hepatozoon spp. em amostras de baço de 31 gêneros de roedores amostrados em cinco biomas brasileiros. Das 462 amostras analisadas 195 amostras foram positivas em um ou ambos os protocolos utilizados. Hepatoozon spp. foi detectado em 24 gêneros de roedores, com primeiro relato da infecção pelo referido parasita em Rattus rattus, Mus musculus, Proechimys roberti, P. cuvieri, G. spixii, Hylaeamys megacephalus, Gracilinanus agilis, Cerradomys scotti, C. akroai, C. marinhus e Wiedomys cerradensis. As análises Bayesiana e de Máxima Verossimilhança das sequências 18S rRNA obtidas mostraram a presença de três clados de Hepatozoon, sendo um clado composto por sequências de Hepatozoon sp. detectados em roedores e répteis (cobras, jacarés e lagartos), um clado composto por Hepatozoon americanum e espécies de Hepatozoon detectadas em canídeos e felídeos selvagens, e um clado agrupando Hepatozoon canis e Hepatozoon spp. detectados em canídeos domésticos e selvagens e Rhipicephalus sanguineus. As sequências de Hepatozoon do presente estudo foram agrupadas no clado de roedores e répteis. A análise de distância pelo software Splitstree revelou que as sequências do presente estudo foram agrupadas em um grupo com sequências de Hepatozoon de outros roedores do Brasil e do mundo, próximas às sequências de Hepatozoon detectadas em répteis. As sequências de Hepatozoon obtidas de felídeos e canídeos formaram grupos distintos daquelas detectadas em roedores. Para análise de haplótipos 18S rRNA de Hepatozoon spp. detectados em roedores em outros estudos realizados no Brasil até o presente momento foram escolhidas 26 sequências e a análise foi realizada com o software TCS. Seis haplótipos foram encontrados, sendo o haplótipo 1 o mais frequente. Os resultados do presente estudo sugerem a existência de estruturação genética das espécies de Hepatozoon que ocorrem em roedores no Brasil de acordo com a localidade geográfica.-
Descrição: dc.descriptionThe Hepatozoon spp. genus includes protozoan parasites of a wide range of terrestrial vertebrates. Recently, the role of rodents as intermediate and paratenic hosts in the transmission of Hepatozoon species parasites of domestic and wild carnivores, has been investigated. The present study aimed to investigate the presence and characterization of Hepatozoon spp. in spleen samples of 31 genera of rodents sampled in five Brazilian biomes. Out of 462 samples analyzed, 195 were positive in one or in both protocols. Hepatoozon spp. was detected in 24 genera of rodents, with the first report of the infection in Rattus rattus, Mus musculus, Proechimys roberti, P. cuvieri, G. spixii, Hylaeamys megacephalus, Gracilinanus agilis, Cerradomys scotti, C. akroai, C. marinhus and Wiedomys cerradensis. Bayesian and Maximum Likelihood analyzes of the obtained 18S rRNA sequences demonstrated the presence of three clades of Hepatozoon, one clade being composed of Hepatozoon sp. detected in rodents and reptiles (snakes, alligators and lizards), a clade composed of Hepatozoon americanum and Hepatozoon species detected in canids and wild felids, and a clade grouping Hepatozoon canis and Hepatozoon spp. detected in domestic and wild canids and in Rhipicephalus sanguineus. Hepatozoon sequences of the present study were grouped in the clade of rodents and reptiles. Distance analysis by Splitstree software revealed that the sequences of the present study were grouped into a group with Hepatozoon sequences from other rodents from Brazil and the world, close to the Hepatozoon sequences detected in reptiles. For analysis of 18S rRNA haplotypes of Hepatozoon spp. detected in rodents from other studies conducted in Brazil up to the moment, 26 sequences were chosen and the analysis was performed with the TCS software. Six haplotypes were found, with haplotype 1 being the most frequent. Results of the present study suggest the existence of genetic structuring of Hepatozoon species in rodents in Brazil according to the geographical location.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subject18S rRNA-
Palavras-chave: dc.subjectHepatozoonose-
Palavras-chave: dc.subjectFilogenia-
Palavras-chave: dc.subjectDiversidade haplotípica-
Palavras-chave: dc.subjectRodentia-
Título: dc.titleDiversidade genética de Hepatozoon spp. em roedores no Brasil-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.