Fragilidade ambiental da bacia hidrográfica do Córrego da Cascata - Presidente Prudente/SP-BR

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorStoqui, Vinicius Bonafin-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-11T00:59:46Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-11T00:59:46Z-
Data de envio: dc.date.issued2019-02-20-
Data de envio: dc.date.issued2019-02-20-
Data de envio: dc.date.issued2018-07-10-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/180807-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/180807-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Geografia (mestrado profissional) - FCT-
Descrição: dc.descriptionEsta pesquisa buscou avaliar e identificar as Fragilidades Ambientais da bacia hidrográfica do Córrego da Cascata, localizada no município de Presidente Prudente – SP, Brasil. O recorte de estudo encontra-se na Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídricos Rio do Peixe do Estado de São Paulo (UGRHI-21), divisão hidrográfica surgida através do Plano Estadual de Recursos Hídricos, Lei Estadual N° 9.034/941, que estabeleceu a divisão hidrográfica do Estado de São Paulo para fins de gestão e planejamento. Na cabeceira principal da bacia hidrográfica existe um expressivo fragmento de vegetação nativa, único presente na área urbana do município e decretada como Parque Ecológico Municipal “Chico Mendes”, que, apesar de ser tombada e declarada como de utilidade pública, sofre com o aumento da densidade populacional e de áreas construídas em seu entorno nos últimos anos. De maneira geral, a bacia hidrográfica não se apresenta totalmente urbanizada, porém altamente antropizada, sendo também desenvolvidas atividades de pecuária, agricultura, firmas de serviços com galpões e outras instalações, além de chácaras e sítios. Diante dessa realidade, se faz necessário a caracterização ambiental da área em estudo a fim de apontar diretrizes para o planejamento ambiental. Adotando a metodologia da Análise Empírica da Fragilidade dos Ambientes Naturais e Antropizados sistematizada por Ross (1990 e 1994) apoiado nos trabalhos de Tricart (1977), a pesquisa objetivou, através do cruzamento de informações cartográficas, tais como declividades, curvaturas do terreno, solos e uso e ocupação da terra, gerar o Mapa de Fragilidade Ambiental. As informações cartográficas geradas bem como os levantamentos de campo evidenciaram a situação crítica que se encontra a porção média e baixa da bacia hidrográfica. A metodologia adotada permitiu efetuar um diagnóstico ambiental a fim de subsidiar planos de gestão ambiental e territorial para a bacia hidrográfica. Sendo assim, é importante desenvolver uma discussão sobre apropriação da natureza na sociedade moderna, geomorfologia, planejamento, a abordagem “sistêmica” direcionada aos estudos da ciência geográfica, participação social para a criação do Zoneamento-Ecológico-Econômico (ZEE) e sobre legislação. Assim, criar meios para uma discussão técnico científica a fim de demonstrar uma metodologia pertinente ao mercado profissional, os quais fomente estudos integrados e orientados ao Ordenamento Físico-Territorial.-
Descrição: dc.descriptionThis research aimed to evaluate and identify the Environmental Fragilities of the Stream Cascata located in the municipality of Presidente Prudente – SP, Brazil. The study is based on the Water Resources Management Unit Rio do Peixe of the State of São Paulo (UGRHI-21), a hydrographic division that emerged through the State Water Resources Plan, State Law 9.034 / 94, which established the division of the State of São Paulo for management and planning purposes. In the main head of the river basin there is an expressive fragment of native vegetation, unique present in the urban area of the municipality. This area is popularly known as Mata do Furquim and was decreed as Municipal Ecological Park "Chico Mendes". Although the area is listed and declared to be of public utility, it suffers from the increase in the population density and of the built area in its surroundings in recent years. However, the hydrographic basin is not fully urbanized, but it is highly anthropogenic. Livestock, agriculture, service firms with sheds and other facilities, as well as farms and sites are also developed. Using the methodology of empirical analysis of the fragility of the natural and anthropogenic environments systematized by Ross (1990, 1994), supported by the works of Tricart (1977), the research aimed, through the intersection of cartographic information, such as slopes, terrain curvatures, and use and occupation of land, generate the Environmental Fragility Map. The cartographic information generated as well as the field surveys showed the critical situation that is the middle and lower portion of the river basin. The methodology adopted allowed to carry out an environmental diagnosis in order to subsidize environmental and territorial management plans for the river basin. Thus, a discussion about the appropriation of nature in modern society, social participation in the creation of the Zoning-Ecological-Economic (EEZ), on legislation is necessary. Thus, create means for a scientific technical discussion in order to demonstrate a methodology pertinent to the professional market, which foment integrated studies and oriented to Physical-Territorial Planning.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectFragilidade ambiental-
Palavras-chave: dc.subjectBacia hidrográfica-
Palavras-chave: dc.subjectImpacto e degradação ambiental-
Palavras-chave: dc.subjectPlanejamento ambiental-
Palavras-chave: dc.subjectOrdenamento territorial-
Palavras-chave: dc.subjectEnvironmental fragility-
Palavras-chave: dc.subjectHydrographic basin-
Palavras-chave: dc.subjectImpact and environmental degradation-
Palavras-chave: dc.subjectEnvironmental planning-
Palavras-chave: dc.subjectLand use planning-
Título: dc.titleFragilidade ambiental da bacia hidrográfica do Córrego da Cascata - Presidente Prudente/SP-BR-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.