Para Além dos Nascidos em Berço Esplêndido: narrativas docentes sobre o trabalho do professor no campo das políticas de ações afirmativas na UFMS

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorVaz, Telma Romilda Duarte-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-11T00:58:21Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-11T00:58:21Z-
Data de envio: dc.date.issued2018-12-19-
Data de envio: dc.date.issued2018-12-19-
Data de envio: dc.date.issued2018-12-10-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/180294-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/180294-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Educação - FCT-
Descrição: dc.descriptionEsta tese está vinculada à linha de pesquisa “Políticas Públicas, Organização Escolar e Formação de Professores”, pertencente ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de São Paulo (UNESP), Campus de Presidente Prudente. O objetivo é analisar o trabalho do professor no campo das políticas de ações afirmativas na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), a partir do Programa de Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI). A inserção de pessoas pertencentes a classes economicamente desfavorecidas na universidade pública federal é um fenômeno recente no Brasil e tem mudado de forma significativa o perfil dos estudantes dessas instituições. Apesar de serem concebidas sob um ideal de equidade, cujo princípio é reparar a desigualdade social e racial persistente no Brasil, as políticas de ações afirmativas ainda encontram grande oposição dentro e fora da universidade. O estudo parte do pressuposto de que existe um silenciamento importante sobre o trabalho do professor universitário no campo das políticas de ações afirmativas e evidencia a escassez de pesquisas e debates acerca da temática. A tese aborda o trabalho docente a partir da concepção de educação como prática social voltada ao desenvolvimento humano, em suas múltiplas dimensões, compreendendo-o como um conjunto de ações intencionais mobilizadas no campo educacional, cuja centralidade está no seu processo dialético mediatizado pelas relações entre o saber, o fazer e a interação entre o homem e a realidade. A base epistemológica da pesquisa é orientada pelas ideias pós-coloniais das epistemologias do sul e a ecologia de saberes, tendo como base os estudos de Boaventura de Sousa Santos. O trabalho tem abordagem qualitativa e utilizou-se da pesquisa narrativa como método e como procedimento. Como método a pesquisa narrativa privilegia a investigação, dando voz aos informantes, sem que esses se vejam “sujeitados” a meras respostas em um contexto previamente organizado. Do ponto de vista dos procedimentos, a pesquisa narrativa foi realizada de acordo com Jovchelovich e Bauer (2002), desde a fase da preparação, iniciação, narração central, fases de perguntas e fases conclusivas. A entrevista foi realizada com quatro docentes da UFMS pertencentes a cursos distintos. A análise das narrativas foi realizada a partir do modelo do pesquisador alemão Fritz Schütze. Os resultados da pesquisa corroboram a tese de silenciamento acerca da questão, bem como, a relevância do trabalho docente para que as políticas de ações afirmativas se efetivem na democratização da universidade pública, pois é somente por meio de um trabalho comprometido com as dimensões éticas e políticas que se fará a resistência necessária para que a universidade possa sobreviver e cumprir o seu papel social.-
Descrição: dc.descriptionThis thesis is linked to the research line "Public Policies, School Organization and Teacher Training", belonging to the Post-Graduation Program in Education of the State University of São Paulo (UNESP), Presidente Prudente. The objective is to analyze the professor’s work in the field of affirmative action policies at the Federal University of Mato Grosso do Sul (UFMS), based on the Brazilian Program of Restructuring and Expansion of Federal Universities (REUNI). The people’s inclusion belonging to economically disadvantaged classes in the federal public university is a recent phenomenon in Brazil and has significantly changed the students’ profile in these institutions. Despite being conceived under an ideal of equity, from the principle of repairing persistent social and racial inequality in Brazil, affirmative action policies still find great opposition within and outside the university. The study is based on the assumption that there is a significant silence about the professor’s work in the field of affirmative action policies and evidences the lack of research and debates about the subject. The thesis approaches the professor’s work from the conception of education as a social practice focused on human development, in its multiple dimensions, understanding it as a set of intentional actions mobilized in the educational field, with a centrality in the dialectical process mediated by the relations between knowledge, action and interaction between humanity and reality. The epistemological basis of the research is guided by the postcolonial ideas of the epistemologies of the south and the ecology of knowledge, based on the Boaventura de Sousa Santos’ studies. The work has a qualitative approach and uses narrative research as a method and as a procedure. As a method, narrative privileges research, giving voice to informants, without them being "subjected" to mere responses in a previously organized context. From the point of view of procedures, narrative research was carried out according to Jovchelovich and Bauer (2002), from the preparation stage, initiation, central narration, question phases and concluding phases. The interview was conducted with four UFMS professors from different courses. The analysis of the narratives was based on the model of the German researcher Fritz Schütze. The results of the research corroborate the thesis of silencing about the issue, as well as the relevance of the teaching work, so that affirmative action policies take effect in the democratization of the public university, because it is only through work committed to the ethical and political dimensions that the necessary resistance will be made so that the university can survive and fulfill its social role.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectTrabalho docente-
Palavras-chave: dc.subjectPolíticas de ações afirmativas-
Palavras-chave: dc.subjectPesquisa narrativa-
Palavras-chave: dc.subjectEpistemologias do sul-
Palavras-chave: dc.subjectEcologia de saberes-
Palavras-chave: dc.subjectProfessor's work-
Palavras-chave: dc.subjectAffirmative action policies-
Palavras-chave: dc.subjectNarrative research-
Palavras-chave: dc.subjectSouthern epistemologies-
Palavras-chave: dc.subjectEcology of knowledge-
Título: dc.titlePara Além dos Nascidos em Berço Esplêndido: narrativas docentes sobre o trabalho do professor no campo das políticas de ações afirmativas na UFMS-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.