DIFERENTES NÍVEIS DE BETAÍNA NA RAÇÃO DE SUÍNOS SOBRE A ESTRUTURA E ULTRA-ESTRUTURA DA MUCOSA INTESTINAL

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorRibeiro, Paulo Roberto-
Autor(es): dc.creatorKronka, Rodolfo Nascimento-
Autor(es): dc.creatorThomaz, Maria Cristina-
Autor(es): dc.creatorHannas, Melissa Izabel-
Autor(es): dc.creatorTucci, Fernanda Marcussi-
Autor(es): dc.creatorScandolera, Antônio João-
Autor(es): dc.creatorBudiño, Fábio Enrique Lemos-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:41:31Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:41:31Z-
Data de envio: dc.date.issued2018-11-12-
Data de envio: dc.date.issued2018-11-12-
Data de envio: dc.date.issued2015-12-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/1089-6891v16i420777-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/157890-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/157890-
Descrição: dc.descriptionAbstract We evaluated the effects of increasing levels of betaine (0.0%, 0.1%, 0.2%, 0.3%) on small intestine structure. Fifty-two weaned piglets at 23 days of age and average weight of 5.4 kg were used. We studied four betaine levels and five slaughtered times with three days of interval, considering the weaning day as the initial day (zero day). We evaluated villi height and crypt depth. We observed significant differences (P<0.05) among treatments for villi height in duodenum and for crypt depth in ileum. Regarding post-weaning days, significant differences (P<0.05) in villi height and crypt depth occurred in the three intestinal segments analyzed.-
Descrição: dc.descriptionResumo Foram avaliados os efeitos da adição de diferentes níveis de betaína (0,0%, 0,1%, 0,2%, 0,3%) sobre a morfologia do intestino delgado. Foram utilizados 52 leitões desmamados aos 23 dias de idade e peso médio de 5,4 kg, quatro níveis de betaína e cinco épocas de abate. Foram efetuados cinco abates, com intervalos de três dias, considerando o dia da desmama como o dia zero. Foram avaliadas altura de vilosidade e profundidade de criptas. Foram observadas diferenças significativas (P<0,05) entre os tratamentos para altura das vilosidades no duodeno e para profundidade de criptas do íleo. Em relação aos dias pós-desmama, ocorreram diferenças significativas (P< 0,05) para altura de vilosidades e profundidade de criptas nos três segmentos intestinais analisados.-
Formato: dc.format517-524-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Federal de Goiás-
Relação: dc.relationCiência Animal Brasileira-
Relação: dc.relation0,216-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectelectron micrograph-
Palavras-chave: dc.subjectnutrition-
Palavras-chave: dc.subjectpiglet-
Palavras-chave: dc.subjectvillous-
Palavras-chave: dc.subjectelétron-micrografias-
Palavras-chave: dc.subjectleitão-
Palavras-chave: dc.subjectnutrição-
Palavras-chave: dc.subjectvilosidade-
Título: dc.titleDIFERENTES NÍVEIS DE BETAÍNA NA RAÇÃO DE SUÍNOS SOBRE A ESTRUTURA E ULTRA-ESTRUTURA DA MUCOSA INTESTINAL-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.