Uso da estatística na Educação Física: análise das publicações nacionais entre os anos de 2009 e 2011

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorTeixeira, Inaian Pignatti-
Autor(es): dc.creatorSmirmaul, Bruno Paula Caraça-
Autor(es): dc.creatorLuchini, Paulo Eduardo Hartung-
Autor(es): dc.creatorGobbi, Ronaldo Bucken-
Autor(es): dc.creatorMoura, Leandro Pereira-
Autor(es): dc.creatorFernandes, Rômulo Araújo-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:41:27Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:41:27Z-
Data de envio: dc.date.issued2018-11-12-
Data de envio: dc.date.issued2018-11-12-
Data de envio: dc.date.issued2015-03-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/1807-55092015000100139-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/157863-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/157863-
Descrição: dc.descriptionThe purpose of the present study was to verify the pattern of use of statistics in scientific articles published in national journals of the Physical Education area. Thus, all articles published in the 2009-2011triennium of the Physical Education journals stratified at B2 or higher in the current QUALIS CAPES (Field 21) were analyzed. The bibliographic search found 872 articles in the five journals selected, which were classified into no statistics, descriptive statistics and analytical statistics. For the analysis, descriptive statistics was performed and the 95% confidence interval to compare the difference between the proportions and, when necessary, the chi-square test and Logistic Regression. There was a lower proportion of articles with descriptive analysis (7.1%, 95%CI=5.4%-8.8%) compared with those with no statistics (46.3%, 95%CI=42.9%-49.6%) and analytical statistics (46.6%, 95%CI=43.2%-49.9%). The pattern of use of statistical procedures ranged among the five scientific journals and across fields of concentration (Health, Sport, Leisure, Education and Others). The proportion of articles which did not meet the basic assumptions for the use of parametric test was 43.3%. This proportion was not significantly different over the three years analyzed, first and last authors' region of affiliation of or for the first and last authors' degree. The present study points out a worrying scenario regarding the use of statistics in the area of Physical Education, because besides the high amount of work which do not follow the basic assumptions for statistical use , this situation seems to be common regardless of authors' degree, region of affiliation or journal of publication.-
Descrição: dc.descriptionO objetivo do presente estudo foi verificar o padrão de uso da estatística em artigos científicos publicados em periódicos nacionais da área da Educação Física. Para tal, foram analisados todos os artigos publicados no triênio 2009-2011 de periódicos da área de Educação Física com estratificação B2 ou superior no QUALIS CAPES (Área 21) vigente. No levantamento bibliográfico foram encontrados 872 artigos nas cinco revistas pesquisadas, que foram classificados em sem estatística, estatística descritiva e estatística analítica. Para as análises, utilizou-se a estatística descritiva e o intervalo de confiança de 95% para comparar a diferença entre as proporções e, quando necessário, o teste qui-quadrado e regressão logística. Observou-se uma menor proporção de trabalhos com análise descritiva (7,1%; IC95% = 5,4%-8,8%) quando comparados com os artigos sem estatística (46,3%; IC95% = 42,9%-49,6%) e com estatística analítica (46,6%; IC95% = 43,2%-49,9%). O padrão de uso de procedimentos estatísticos variou entre as cinco revistas científicas e entre as áreas de concentração (Saúde, Esporte, Lazer, Educação e Outras). A proporção dos artigos que não atenderam aos pressupostos básicos para a utilização de testes paramétricos foi de 43,3%. Essa proporção não apresentou diferença significativa ao longo dos três anos analisados, região de afiliação dos primeiros e últimos autores ou em relação à titulação dos primeiros e últimos autores. O presente estudo aponta um cenário preocupante no que tange à utilização da estatística na área de Educação Física, pois, além do alto índice de trabalhos que não seguem os pressupostos básicos para utilização da estatística, essa situação parece ser comum independente da titulação dos autores, região de afiliação ou revista de publicação.-
Formato: dc.format139-147-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherEscola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo-
Relação: dc.relationRevista Brasileira de Educação Física e Esporte-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectStatistics-
Palavras-chave: dc.subjectPhysical Education-
Palavras-chave: dc.subjectScientific article-
Palavras-chave: dc.subjectBrazil.-
Palavras-chave: dc.subjectEstatística-
Palavras-chave: dc.subjectEducação física-
Palavras-chave: dc.subjectArtigos científicos-
Palavras-chave: dc.subjectBrasil.-
Título: dc.titleUso da estatística na Educação Física: análise das publicações nacionais entre os anos de 2009 e 2011-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.