Percepção dos pais sobre o impacto das doenças bucais na qualidade de vida das crianças da Associação Beneficente João Arlindo

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorParisati, Diego-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:38:17Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:38:17Z-
Data de envio: dc.date.issued2018-09-19-
Data de envio: dc.date.issued2018-09-19-
Data de envio: dc.date.issued2017-09-22-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/156575-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2018-06-12/000899717.pdf-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/156575-
Descrição: dc.descriptionIn Brazil, dental caries persists as the main disease to be combated, being polarized on individuals of lower socioeconomic and cultural level. This oral disease causes many negative aspects on children's and adolescents' lives. The parents' perception of this influence depends on their culture, beliefs, customs and the environment they live in. In addition, oral diseases may have an impact on the routine of families. Therefore, this study aimed to verify the prevalence of dental caries, oral hygiene index and malocclusion index of children and adolescents on social risk situations of a Beneficent Association in Araçatuba city, and also the parents 'or guardians' perception, regarding the impact of oral diseases, on their children's quality of life and family routine. Children's and adolescents' oral hygiene was assessed using the Simplified Oral Hygiene Index (IHOS). An epidemiological survey of dental caries and treatment needs were performed using the CPO-D, ceo-d and Need for Treatment indexes. The malocclusion index was used to verify the presence of dental and facial abnormalities and the quiz Parental-Caregiver Perceptions Questionnaire (P-CPQ) were applied, to evaluate the parents' or guardians' perceptions on the children's oral diseases impacts and Family Impact Scale (FIS), to evaluate the impact of oral and facial diseases of adolescents on the family routine. 156 children and adolescents performed the IHOS, 150 the malocclusion index, 136 the CPO-D index and ceo-d. Still, 56 parents or guardians answered the P-CPQ and FIS questionnaires. 97 (62.2%) of the respondents had regular IHOS, 71 (46.7%) had mild malocclusion, 75 (55.1%) and 62 (45.6%) CPO-D and ceo-d, respectively, less than zero. Regarding the P-CPQ questionnaire, 41.1% of the parents answered that the general well-being of the child was...-
Descrição: dc.descriptionNo Brasil, a cárie dentária persiste como a principal doença a ser combatida, estando polarizada nos indivíduos de menor nível socioeconômico e cultural. Essa doença bucal ocasiona muitos aspectos negativos na vida das crianças e adolescentes, sendo que a percepção dos pais sobre esta influência na vida dos filhos depende de sua cultura, crenças, costumes e meio em que vive. Além disso, as doenças bucais dos filhos podem ter impacto na rotina das famílias. Frente a estas constatações, objetivou-se neste estudo verificar a prevalência de cárie dentária, o índice de higiene oral e de maloclusão das crianças e adolescentes em situação de risco social de uma associação beneficente do município de Araçatuba-SP. Além disso, a percepção dos pais ou responsáveis em relação ao impacto das doenças bucais na qualidade de vida dos filhos e na rotina familiar. Observou-se a higienização bucal das crianças e adolescentes por meio do cálculo do Índice de Higiene Oral Simplificado (IHOS). Realizou-se levantamento epidemiológico de cárie dentária e necessidades de tratamento por meio dos índices CPO-D, ceo-d e de Necessidade de Tratamento. Utilizou-se o Índice de Maloclusão para verificar a presença de anormalidades dento-faciais e aplicou-se os questionários: Parental- Caregiver Perceptions Questionnaire (P-CPQ), para avaliar as percepções dos pais ou responsáveis sobre o impacto das doenças bucais nos filhos e Family Impact Scale (FIS), para avaliar o impacto que as doenças bucais e orofaciais dos adolescentes apresentam na rotina familiar. 156 crianças e adolescentes realizaram o IHOS, 150 o índice de maloclusão, 136 o índice CPO-D e ceo-d. Ainda, 56 pais ou responsáveis responderam aos questionários P-CPQ e FIS. 97 (62,2%)...-
Formato: dc.format39 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectPromoção da saúde-
Palavras-chave: dc.subjectSaúde bucal-
Palavras-chave: dc.subjectQualidade de vida-
Palavras-chave: dc.subjectOral health-
Título: dc.titlePercepção dos pais sobre o impacto das doenças bucais na qualidade de vida das crianças da Associação Beneficente João Arlindo-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.