O agir argumentativo no artigo de opinião: desenvolvimento de capacidades de linguagem do argumentar nos anos iniciais do ensino fundamental

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorScalise, Salma Oliveira Attuy-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:32:03Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:32:03Z-
Data de envio: dc.date.issued2018-07-11-
Data de envio: dc.date.issued2018-07-11-
Data de envio: dc.date.issued2018-02-28-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/154485-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/154485-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Docência para a Educação Básica - FC-
Descrição: dc.descriptionEsta dissertação, realizada em nível de mestrado profissional, no Programa Docência para Educação Básica, da Unesp de Bauru/SP, foi concretizada a partir da necessidade de desenvolver o raciocínio argumentativo escrito nos anos iniciais do ensino fundamental. Assim, teve como objetivo estudar o ensino-aprendizagem do raciocínio argumentativo em crianças do 5º ano, de uma escola pública do município de Bauru, interior do estado de São Paulo, por meio da elaboração de uma Sequência Didática (SD) fundamentada na didatização do gênero artigo de opinião, e da produção de textos pertencentes a esse gênero. Buscamos colaborar para as reflexões sobre o desenvolvimento das capacidades de linguagem de argumentar dos alunos na aprendizagem do raciocínio argumentativo escrito. Para isso apoiamo-nos na concepção de linguagem bakthiniana (2014), no quadro teórico-metodológico do Interacionismo Sociodiscursivo (ISD), no que se refere à compreensão do agir humano da atividade de linguagem e na proposta de SD para o ensino de línguas por meio dos gêneros textuais (SCHNEUWLY; DOLZ, 2004), com adaptação nas duas primeiras etapas. O percurso metodológico da pesquisa foi delineado nas etapas da pesquisa-ação (THIOLLENT, 2008). Dessa forma, construímos o modelo didático do gênero artigo de opinião, elaboramos parte da SD e a desenvolvemos de modo a apresentar o gênero aos alunos e, posteriormente, para a produção inicial (PI) dos alunos do 5º ano. A análise da PI foi feita segundo o modelo de análise de textos (capacidades de ação, discursivas e linguístico-discursivas) proposto por Bronckart (1999, 2003), observando o desenvolvimento do raciocínio argumentativo escrito nos alunos e, portanto, sua aprendizagem especificamente da tipologia textual argumentativa. Essa análise serviu de base para a construção da outra parte da SD, desta vez composta por oficinas de atividades de linguagem organizadas em torno do gênero escolhido, que culminou na produção final (PF) do gênero, a qual recebeu o mesmo tratamento analítico da PI. Os resultados da análise das PI e PF foram cotejados somente na categoria analítica Sequência Textual Argumentativa, por ser o foco deste trabalho, para verificar se, na PF, os alunos ampliaram capacidades de linguagem do argumentar, após o desenvolvimento do procedimento da SD. Os resultados de análise mostraram que, apesar de os aprendizes utilizarem as fases da sequência textual argumentativa na construção do raciocínio argumentativo, essas fases foram elaboradas a partir da relação de interação dos aprendizes com a realidade objetiva, portanto, ausentes de conceitos abstratos como, geralmente, os gêneros argumentativos requerem. Fato compreensível do ponto de vista do desenvolvimento intelectual humano. Não obstante a isso, a análise comparativa entre a PI e a PF mostrou que os alunos ampliaram as capacidades de linguagem de modo geral e de maneira específica da linguagem do argumentar na planificação do raciocínio argumentativo, sobretudo na reestruturação do conteúdo temático.-
Descrição: dc.descriptionThis dissertation, carried out at the level of a professional master's degree, in the Basic Education Teaching Program of Unesp of Bauru / SP, was fulfilled based on the need to develop argumentative reasoning written in the initial years of elementary education. The purpose of this research was to study the teaching and learning of argumentative reasoning in fifth year children from a public school in the city of Bauru, in the state of São Paulo, through the elaboration of a Didactic Sequence (SD) based on the opinion genre, and the production of texts belonging to this genre. We seek to contribute to the reflections on the development of language arguing abilities in the students through the learning of argumentative written reasoning. In order to do this we rely on the conception of Bakhtinian language (2014), in the theoretical-methodological framework of Sociodiscursive Interactionism, regarding the understanding of the human action of language activity and in the proposal of Didactic Sequence for language teaching by means of the textual genres (SCHNEUWLY; DOLZ, 2004), with adaptation in the first two stages. The methodological path of the research was delineated in the stages of action research (THIOLLENT, 2008). Thus, we constructed the didactic model of the opinion article genre, we elaborated part of the Didactic Sequence and developed it in order to present the genre to the students and, later, to the initial production of the students of the 5th year. The analysis of the initial production was made according to the text analysis model (action capacities, discursive and linguistic-discursive) proposed by Bronckart (1999, 2003), observing the development of argumentative reasoning written in the students and, therefore, their learning specifically of argumentative textual typology. This analysis served as a basis for the construction of the other part of the Didatic Sequence, this time composed of workshops of language activities organized around the chosen genre, culminating in the final production of the genre, which received the same analytical treatment of Initial Production. The results of the analysis of Initial Production and Final Production were only checked in the Argumentative Textual Sequence analytical category, because it is the focus of this work, to verify if, in the final production, the students amplified the argumentative language abilities, after the development of the Didactic Sequence. In general, the comparative analysis showed that the students increased argumentative language abilities in the planning of argumentative reasoning, mainly in the restructuring of the thematic content. However, the analysis results also showed that, despite using the argumentative textual sequence phases in the construction of argumentative reasoning, these phases were elaborated from the interaction of the learners with the objective reality, therefore, absent from abstract concepts, as usually argumentative genres require.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectInteracionismo sociodiscursivo-
Palavras-chave: dc.subjectGêneros textuais argumentativos escritos-
Palavras-chave: dc.subjectSequência didática-
Palavras-chave: dc.subjectCapacidades de linguagem do argumentar-
Palavras-chave: dc.subjectEnsino fundamental - Anos Iniciais-
Palavras-chave: dc.subjectSociodiscursive interactionism-
Palavras-chave: dc.subjectWritten argumentative textual genres-
Palavras-chave: dc.subjectDidactic sequence-
Palavras-chave: dc.subjectLanguage abilities of arguing-
Palavras-chave: dc.subjectElementary school - Early years-
Título: dc.titleO agir argumentativo no artigo de opinião: desenvolvimento de capacidades de linguagem do argumentar nos anos iniciais do ensino fundamental-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.