Suplementação oral de glicosaminoglicanos e expressão de pequenos proteoglicanos ricos em leucina após cistotomia em bexigas saudáveis versus parcialmente obstruídas.

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCastro, Natália Caroline Nalesso de-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:31:46Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:31:46Z-
Data de envio: dc.date.issued2018-06-26-
Data de envio: dc.date.issued2018-06-26-
Data de envio: dc.date.issued2018-06-18-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/154365-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/154365-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Biotecnologia Animal - FMVZ-
Descrição: dc.descriptionA diminuição da complacência da bexiga está relacionada com modificações no equilíbrio dos componentes da matriz extracelular e na concentração das fibras de colágeno, acarretando em espessamento da parede vesical e fibrose. O objetivo do estudo é analisar a relação entre suplementação oral dos glicosaminogicanos (GAGs), distribuição de pequenos proteoglicanos ricos em leucina (SRLPs) e síntese de colágeno em bexigas saudáveis e fibrosadas por obstrução parcial submetidas a cistotomia. Foram utilizados 56 ratos da linhagem Wistar, fêmeas, divididos em cinco grupos experimentais- G1 (8) – controle, sem procedimento, G2 (12) – animais não suplementados, submetidos ao procedimento de obstrução vesical e posterior cistotomia, G3 (12) – animais suplementados e submetidos ao procedimento de obstrução vesical e posterior cistotomia, G4 (12) – animais não suplementados e submetidos ao procedimento de cistotomia e G5 (12) animais suplementados e submetidos ao procedimento de cistotomia. A suplementação de glicosaminoglicanos foi realizada a cada 24 horas por via oral durante 28 dias pós cistotomia, quando então os animais foram eutanasiados. O colágeno foi avaliado pela Microscopia Cars e biglican, decorina, lumican e fibromodulina pelo método de imunofluorescência. Para análise estatística foi utilizado o teste ANOVA e T-STUDENT, com nível de significância p <0,05. Os animais dos grupos G2 e 3 foram os que apresentaram diferença estatística na seguinte constante: peso bexiga final /peso rato final, com o todos os grupos. A quantificação da imunomarcação da imunofluorescência foi avaliada com auxílio do software ImageJ, houve maior expressão no grupo G3 de todos os SRLPs, não havendo diferença estatística nos demais grupos. Na microscopia Cars (Coherent anti-Stokes Raman Scattering), houve diminuição do sinal de colágeno nos grupos G2 e 3. Concluímos que o aumento global dos proteoglicanos se deve ao tratamento com os GAGs durante 28 dias por via oral associado também a presença de fibrose tecidual. Ainda, não foi observado diferença aparente quanto ao colágeno após tratamento com os GAGs, no entanto, a obstrução uretral parcial leva a alteração do colágeno no tecido vesical.-
Descrição: dc.descriptionDecreased bladder compliance is related with changes in the extracellular matrix components and collagen fibers concentration resulting in bladder wall thickening and fibrosis. The purpose of the study is the evaluation of the relationship between oral glycosaminoglycans (GAGs) supplementation, small rich-leucine proteoglycans distribution and collagen synthesis in healthy and fibrous bladder by partial obstruction after cystotomy procedure. Fifty-six female Wistar rats were divided into five experimental groups: G1 (8) – control, without procedure, G2 (12) – not supplemented animals, subjected to bladder obstruction procedure and after cystotomy, G3 (12) – supplemented animals subjected to bladder obstruction procedure and after cystotomy, G4 (12) – not supplemented animals subjected to cystotomy procedure and G5 (12) supplemented animals subjected to cystotomy procedure. Oral GAGs supplementation was done each 24 hours during 28 days after cystotomy, when we performed euthanasia. Collagen was evaluated by CARS (Coherent anti-Stokes Raman Scattering) microscopy and byglican, decorin, lumican and fibromodulin by immunofluorescent method. Statistical analysis results were done by ANOVA and T-STUDENT test with a significance level of p<0,05. G2 and 3 groups showed statistical difference on follow constant: bladder final weight/ rat final weight x 100. Immunofluorescent staining was measured by Image J software and there was statistical difference in all SRLPs on G3 group. Cars microscopy showed diminish of collagen signal on G2 and 3 groups. We concluded global increased of SRLPS are associated with GAGs supplementation for 28 days and tissue fibrosis. There wasn’t clearly modification on bladder collagen with supplementation, however partial bladder outlet causes bladder tissue changes.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectPequenos proteoglicanos ricos em leucina-
Palavras-chave: dc.subjectColágeno-
Palavras-chave: dc.subjectBexiga-
Palavras-chave: dc.subjectMicroscopia Cars-
Palavras-chave: dc.subjectImunofluorescência-
Palavras-chave: dc.subjectObstrução vesical parcial-
Palavras-chave: dc.subjectGlicosaminoglicanos-
Palavras-chave: dc.subjectSmall Leucine Rich Proteoglycans-
Palavras-chave: dc.subjectBladder-
Palavras-chave: dc.subjectColagen-
Palavras-chave: dc.subjectCars Microscopy-
Palavras-chave: dc.subjectimmunofluorescence-
Palavras-chave: dc.subjectglycosaminoglycans-
Palavras-chave: dc.subjectpartial bladder outlet obstruction-
Título: dc.titleSuplementação oral de glicosaminoglicanos e expressão de pequenos proteoglicanos ricos em leucina após cistotomia em bexigas saudáveis versus parcialmente obstruídas.-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.