Análise dentária tridimensional em pacientes biprotrusos submetidos a extrações de primeiros pré-molares

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCunha, Anderson Farias da-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:31:40Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:31:40Z-
Data de envio: dc.date.issued2018-06-21-
Data de envio: dc.date.issued2018-06-21-
Data de envio: dc.date.issued2018-05-14-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/154323-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/154323-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Ciências Odontológicas - FOAR-
Descrição: dc.descriptionObjetivo: Avaliar as alterações dentárias em indivíduos biprotrusos submetidos a extração dos quatro primeiros pré-molares. Materiais e métodos: A amostra constituise de 50 pacientes adultos Classe I de Angle, biprotrusos, com apinhamento até 4mm por arco dentário e com necessidade de extração de quatro primeiros pré-molares, que foram randomizados em 2 técnicas de tratamento: a retração em massa (n = 25) e a retração em duas etapas (n = 25, cada paciente teve colado um braquete convencional ou autoligado em cada canino de forma aleatória). Foram usados modelos digitais obtidos antes, um, dois e três meses após o início da retração dos caninos, e após o fechamento dos espaços das extrações. Foram avaliados a inclinação, angulação e rotação dos caninos (durante a retração dos caninos), e a rotação dos primeiros molares superiores (na retração em massa ou duas etapas). Resultados: Nenhuma diferença foi encontrada entre a técnica de retração ou tipo de braquete. Conclusão: Conclui-se que não houve diferença na angulação, inclinação e rotação entre os braquetes convencionais ou autoligados, além disso a rotação dos molares foi similar na retração em massa e duas etapas.-
Descrição: dc.descriptionObjetive: To evaluate the dental changes in patients bimaxillary protrusion with first premolar extraction. Methods: Fifty adults patients Class I malocclusion, dental protrusion, arch length discrepancy bellow for 4mm, and need for first premolar extractions were randomized to 2 treatment techniques: en-mass retraction (n = 25) and two-steps retraction (n = 25, patients had either conventional or self-ligating brackets bonded to canines randomly). Digital models before, and one, two, three months after starting the canine retraction, and after the closing of space. Were evaluated the canine inclination, angulation and rotation (canine retraction), and rotation of the upper first molars (en-mass or two-steps retraction). Results: No differences were found between retraction techniques or the type of bracket. Conclusions: Angulation, inclination and rotation showed no diferences between conventional or self-ligating brackets, besides that the rotation molar was similar in enmass or two-steps retraction.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectMá oclusão de Angle classe I-
Palavras-chave: dc.subjectExtração dentária-
Palavras-chave: dc.subjectBraquetes ortodônticos-
Palavras-chave: dc.subjectFechamento de espaço ortodôntico-
Palavras-chave: dc.subjectMalocclusion, Angle class I-
Palavras-chave: dc.subjectTooth extraction-
Palavras-chave: dc.subjectOrthodontic brackets-
Palavras-chave: dc.subjectOrthodontic space closure-
Título: dc.titleAnálise dentária tridimensional em pacientes biprotrusos submetidos a extrações de primeiros pré-molares-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.