Efeito do contato macho-fêmea no desenvolvimento testicular e mortalidade de Astyanax altiparanae (Characiformes, Characidae)

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCabral, Elis Marina da Silva-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:30:02Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:30:02Z-
Data de envio: dc.date.issued2018-05-09-
Data de envio: dc.date.issued2018-05-09-
Data de envio: dc.date.issued2018-03-07-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/153915-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/153915-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Ciência e Tecnologia Animal - FEIS-
Descrição: dc.descriptionPeixes competem entre si em condições de escassez de recursos e por status em uma hierarquia de dominância. Os machos têm que superar potenciais rivais e o comportamento agressivo é a forma de alcançar esse objetivo, entretanto, isso introduz o risco de injúrias e pode levar a morte do animal. Diante disso, objetivou-se avaliar a influência da quantidade de fêmeas no desenvolvimento testicular e mortalidade dos machos de Astyanax altiparanae. Exemplares adultos, 248 machos e 72 fêmeas, foram submetidos a uma biometria inicial e final após 34 dias de experimento. O delineamento foi inteiramente casualizado com quatro tratamentos e quatro repetições, os tratamentos foram as proporções de: 0, 10, 30 e 50% fêmeas/machos. Foram analisados os dados biométricos, a mortalidade, o índice gonadossomático e as fases de maturação gonadal através da análise histológica em microscopia de luz. Os dados foram submetidos ao teste de análise de variância (ANOVA) a 5% de significância e as variáveis que sofreram efeito dos tratamentos foram submetidas ao teste t (LSD). O aumento na porcentagem de fêmeas nos tratamentos, levou a um aumento da mortalidade dos machos, como demonstrado em T0, T10 e T30, entretanto a relação de 1:1 macho/fêmea, influenciou na redução da agressividade e consequentemente na mortalidade dos peixes. Verificou-se que diferentes proporções de fêmeas não diferiram o IGS dos machos, e no tratamento com 50% de fêmeas foi possível ver uma continuidade da maturação testicular, mostrando que não houve alterações no desenvolvimento dos testículos. Conclui-se que, o cultivo em grupos mistos, na proporção de 1:1, é, benéfico para esta espécie.-
Descrição: dc.descriptionFish compete with each other in conditions of scarcity of resources and for status in a hierarchy of dominance. Males have to overcome potential rivals and aggressive behavior is the way to achieve this goal; however, this introduces the risk of injury and can lead to the death of the animal. The objective of this study was to evaluate the influence of the number of females on the testicular development and mortality of the males of Astyanax altiparanae. Adults, being 248 males and 72 females were submitted to an initial and final biometry after 34 days of experiment. The experimental design was completely randomized with four treatments and four replications, the treatments being the proportions of: 0, 10, 30 and 50% females/males. Biometric data, mortality, gonadosomatic index and gonadal maturation phases were analyzed through histological analysis under light microscopy. Data were submitted to the analysis of variance (ANOVA) at 5% of significance and the variables that underwent treatment effects were submitted to the t test (LSD). The increase in the percentage of females in the treatments led to an increase in the mortality of males, as demonstrated in T0, T10 and T30; however the ratio 1:1 male/female, influenced the reduction of aggressiveness and consequently mortality. It was verified that different proportions of females did not differ the IGS, and in the treatment with 50% of females it was possible to see a continuity of testicular maturation, showing that there were no alterations in the development of testicles. In conclusion, the cultivation in mixed groups in the proportion of 1:1 is beneficial for this species.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectAgressividade-
Palavras-chave: dc.subjectDesenvolvimento gonadal-
Palavras-chave: dc.subjectLambari-do-rabo-amarelo-
Palavras-chave: dc.subjectProporção sexual-
Palavras-chave: dc.subjectAggressiveness-
Palavras-chave: dc.subjectGonadal development-
Palavras-chave: dc.subjectYellowtail tetra-
Palavras-chave: dc.subjectSexual ratio-
Título: dc.titleEfeito do contato macho-fêmea no desenvolvimento testicular e mortalidade de Astyanax altiparanae (Characiformes, Characidae)-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.