Estudo comparativo sobre a organização curricular da bioquímica em cursos interdisciplinares de formação de professores de biologia

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorFerreira, Carlos Roberto Cardoso-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:29:29Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:29:29Z-
Data de envio: dc.date.issued2018-04-26-
Data de envio: dc.date.issued2018-04-26-
Data de envio: dc.date.issued2018-02-27-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/153753-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/153753-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Ensino e Processos Formativos-
Descrição: dc.descriptionA presente dissertação se constitui a partir do seguinte problema de pesquisa: Como a formação em Bioquímica se estrutura na organização curricular de cursos de formação de professores de Biologia que apresentam uma proposta interdisciplinar? A pesquisa tem por objetivo discutir comparativamente a organização curricular da bioquímica em cursos interdisciplinares de licenciatura que habilitem para docência em biologia no ensino médio de duas universidades federais brasileiras. Trata-se de investigação qualitativa, pautada nos pressupostos da educação comparada, guiada pelas fases: descritiva; explicativa; justapositiva; comparativa. Para tanto, foram utilizados os seguintes procedimentos metodológicos: análises bibliográfica e documental. O estudo apresenta uma contextualização dos condicionantes pedagógicos da formação de professores de biologia no Brasil, considerando, para tanto, os aspectos históricos, culturais, sociais e políticos da criação dos cursos e os aspectos da inserção da bioquímica nestes cursos, considerando marcos e trajetórias da educação em bioquímica, bem como seus aspectos conceituais e epistemológicos. Apresenta também uma caracterização dos arranjos curriculares das universidades Unila e UFABC, bem como uma análise de seus planos de desenvolvimento institucional e projeto pedagógico de cursos. Observou-se que o aspecto interdisciplinar promovido pelos cursos ainda supõe uma relação de disciplinaridade e que a flexibilização do currículo acaba perpetuando suas principais deficiências, como pudemos pressupor para o ensino de bioquímica, que está timidamente presente na organização curricular, permitindo-se questionar se há um aprofundamento dos saberes específicos ensinados. Ainda, embora haja uma preocupação com as questões das sociedades contemporâneas, as disciplinas que trabalham conteúdos de bioquímica não apresentam ementas que contemplem questões sociocientíficas nos cursos investigados.-
Descrição: dc.descriptionThe present dissertation is constituted from the following research problem: How is Biochemistry training structured in the curricular organization of Biology teacher training courses that present an interdisciplinary proposal? The research aims to comparatively discuss the curricular organization of biochemistry in interdisciplinary undergraduate courses that qualifies for biology teaching in the high school of two Brazilian federal universities. This is qualitative research, based on the assumptions of comparative education, guided by the phases: descriptive; explanatory; juxtaposition; comparative study. For this purpose, the following methodological procedures were used: bibliographical and documentary analysis. The present study presents a contextualization of the pedagogical conditioning factors of the training of biology teachers in Brazil, considering the historical, cultural, social and political aspects of the creation of the courses and the aspects of the insertion of biochemistry in these courses, considering the milestones and trajectories of education in biochemistry, as well as its conceptual and epistemological aspects. It also presents a characterization of the curricular arrangements of Unila and UFABC universities, as well as an analysis of their institutional development plans and pedagogical course design. It was observed that the interdisciplinary aspect promoted by the courses still suppose a relation of disciplinarity and that the flexibility of the curriculum ends up perpetuating its main deficiencies, as we could assume for the teaching of biochemistry, that is timidly present in the curricular organization, allowing to question if there is a deepening of the specific knowledge taught. Also, although there is a concern with the questions of contemporary societies, the disciplines that work in biochemistry contents do not present menus that contemplate socio-scientific questions in the courses investigated.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectCurrículo-
Palavras-chave: dc.subjectUFABC-
Palavras-chave: dc.subjectUnila-
Palavras-chave: dc.subjectEducação comparada-
Palavras-chave: dc.subjectEducação em bioquímica-
Palavras-chave: dc.subjectFormação inicial-
Palavras-chave: dc.subjectCurriculum-
Palavras-chave: dc.subjectComparative education-
Palavras-chave: dc.subjectEducation in biochemistry-
Palavras-chave: dc.subjectInitial training-
Título: dc.titleEstudo comparativo sobre a organização curricular da bioquímica em cursos interdisciplinares de formação de professores de biologia-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.