Efeito de glyphosate e clethodim isolados e em mistura em Digitaria insularis

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorBianchi, Leandro-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:28:59Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:28:59Z-
Data de envio: dc.date.issued2018-04-16-
Data de envio: dc.date.issued2018-04-16-
Data de envio: dc.date.issued2018-02-22-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/153555-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/153555-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Agronomia (Agricultura) - FCA-
Descrição: dc.descriptionDevido ao uso frequente do glyphosate na agricultura, o capim-amargoso (Digitaria insularis) tornou-se uma das plantas daninhas mais problemáticas no Brasil, por adquirir resistência a esse herbicida. Biótipos resistentes em estádios iniciais são facilmente controlados por graminicidas, porém em estádio mais avançado o controle é reduzido. O herbicida clethodim é um graminicida com alta eficiência, portanto, verificar o controle de biótipos resistentes ao glyphosate em diferentes estádios, com o uso isolado de clethodim e em mistura com o glyphosate é fundamental para auxiliar no manejo desta invasora. Assim o presente trabalho teve como objetivo avaliar o desempenho de glyphosate, clethodim e glyphosate + clethodim, em biótipo de D. insularis resistente e suscetível. O ensaio foi realizado em casa de vegetação, inteiramente casualizado, com quatro repetições e repetido em duas épocas do ano. As aplicações foram realizadas em estádio inicial (15 – 20 cm) e em florescimento. Avaliou-se o controle aos 21 dias e o peso da biomassa seca. Para a mistura dos produtos, foi verificada a interação entre os herbicidas: efeito sinérgico, antagônico ou aditivo. No ensaio com plantas em estádio inicial, avaliou-se a concentração de lipídeos na biomassa seca. De forma geral, a aplicação de clethodim aplicado isoladamente controlou o biótipo resistente em estádio inicial, porém em florescimento a eficácia foi reduzida. A mistura mostrou-se eficiente para controle de biótipo resistente em estádio inicial e em florescimento. Considerando as avaliações visuais de controle, a interação entre glyphosate e clethodim apresentou efeito sinérgico para doses intermediárias e aditivo para as maiores doses considerando o estádio inicial; em plantas florescidas, predominaram os efeitos aditivos para todas as doses. Para massa seca, a mistura teve interação sinérgica em todas as doses e estádios avaliados. As menores doses dos dois herbicidas reduziram os teores de lipídeos.-
Descrição: dc.descriptionDue to frequent use of glyphosate in agriculture, sourgrass (Digitaria insularis) has become one of the most problematic weeds in Brazil for purchase resistance to this herbicide. Resistant biotypes in initial stages are easily controlled by graminicides, but in a more advanced stage the control is reduced. The herbicide clethodim is a graminicide with high efficiency, therefore, to check the control of resistant biotypes of glyphosate in different stages, with the isolated use of clethodim and in mixture with the glyphosate is fundamental to assist in the management of this weed. Thus the experiment was aimed at evaluate the action of glyphosate, clethodim and glyphosate + clethodim, in a resistant and susceptible biotype of D. insularis. The experiment was carried out in a greenhouse, completely randomized, with four replications and repeated at two times of the year. The applications were performed in the initial stage (15 - 20 cm) and flowering. Plants were evaluated at 21 days after application (DAA) and dry biomass weight. For the mixture of products, the interaction between the herbicides was also verified: synergistic, antagonistic or additive effect. In the experiment with plants at the initial stage, was evaluated the lipid concentration in the dry biomass. In general, the application of clethodim applied alone controlled the resistant biotype at the initial stage, but in flowering the efficiency was reduced. The mixture showed to be efficient for control of resistant biotype in initial and flowering stages. Considering the visual evaluations of control, the interaction between glyphosate and clethodim showed synergic effect for intermediate doses and additive for the highest doses considering the initial stage; in flowered plants, with the additive effects predominating for all as doses, the additive effect prevailed for all doses. For dry mass, the mixture had synergistic interaction at all doses and evaluated stages. Lower doses of both herbicides reduced lipid levels.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectcapim-amargoso-
Palavras-chave: dc.subjectresistência a herbicidas-
Palavras-chave: dc.subjectefeito sinérgico-
Palavras-chave: dc.subjectextrato etéreo-
Palavras-chave: dc.subjectsourgrass-
Palavras-chave: dc.subjectherbicide resistance-
Palavras-chave: dc.subjectsynergistic effect-
Palavras-chave: dc.subjectethereal extract-
Título: dc.titleEfeito de glyphosate e clethodim isolados e em mistura em Digitaria insularis-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.