'Quem você pensa que é?': subjetividades das mulheres do Centro de Referência de Atendimento à Mulher Situação de Violência de Bauru/SP face à aplicação da Lei Maria da Penha

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorSilva, Flávia Candido da-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:20:22Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:20:22Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-07-19-
Data de envio: dc.date.issued2017-07-19-
Data de envio: dc.date.issued2016-02-03-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/151163-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/151163-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Ciências Sociais - FFC-
Descrição: dc.descriptionEsta obra é uma investigação acerca da Lei Maria da Penha e as Políticas Públicas associadas ao enfrentamento da violência contra a mulher no Brasil. Tais políticas foram implantadas após múltiplas reivindicações de movimentos sociais e feministas. A pesquisa teve como foco o Centro de Referência de Atendimento à Mulher Vítima de Violência do município de Bauru, em duas frentes, quantitativa e qualitativa. Examinamos as fichas de atendimento desde a criação do Centro em 2010, e entrevistamos duas mulheres, uma que é atendida no Centro e uma funcionária que lá trabalha. Partindo destas narrativas seguimos em busca das razões culturais na formação identitária de homens e mulheres que expliquem a alta incidência de relacionamentos violentos. Por fim apresentamos o atual estágio das discussões no âmbito penal na busca de soluções que unam punição e prevenção de novas violências.-
Descrição: dc.descriptionThis work is an investigation of the Maria da Penha Law and Public Policy associated with addressing violence against women in Brazil. Such policies were implemented after multiple claims of social and feminist movements. The research focused on the Customer Reference Center for Women Victims of Violence in the city of Bauru, on two fronts, quantitative and qualitative. We examined the medical records since the establishment of the Centre in 2010, and interviewed two women, one that is answered in the center and an employee who works there. From these narratives follow in search of cultural reasons in identity formation of men and women to explain the high incidence of violent relationships. Finally we present the current stage of discussions on criminal matters in the search for solutions that unite punishment and prevention of further violence.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectMulher-
Palavras-chave: dc.subjectGênero-
Palavras-chave: dc.subjectViolência-
Palavras-chave: dc.subjectLei Maria da Penha-
Palavras-chave: dc.subjectPolíticas públicas-
Palavras-chave: dc.subjectWomen-
Palavras-chave: dc.subjectGender-
Palavras-chave: dc.subjectViolence-
Palavras-chave: dc.subjectMaria da Penha Law-
Palavras-chave: dc.subjectPublic policy-
Título: dc.title'Quem você pensa que é?': subjetividades das mulheres do Centro de Referência de Atendimento à Mulher Situação de Violência de Bauru/SP face à aplicação da Lei Maria da Penha-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.