Resíduos de laranja como fonte direta de lipases: obtenção, caracterização bioquímica e aplicações

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorFrancisco, Valesca Cristiane Benelli-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:17:30Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:17:30Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-04-18-
Data de envio: dc.date.issued2017-04-18-
Data de envio: dc.date.issued2017-02-20-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/150331-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/150331-
Descrição: dc.descriptionFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)-
Descrição: dc.descriptionProcesso FAPESP: 2015/01753-8-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Biotecnologia - IBB-
Descrição: dc.descriptionO processamento de suco de laranja gera grande volume residual, sendo este aproximadamente 50% do fruto. Esses resíduos contêm biomoléculas de interesse industrial tais como as lipases que são capazes de catalisar a hidrólise de glicerídeos e reações de síntese em condições micro-aquosas. A obtenção dessas enzimas diretamente de resíduos reduz os custos de produção e viabiliza diferentes aplicações. As lipases possuem características interessantes como a regioespecificidade e especificidade quanto aos tamanhos da cadeia carbônica de ácidos graxos, possibilitando a geração de produtos diferenciados. Desta forma, o presente trabalho visou, além da obtenção de lipases por meio resíduos de laranja Pera, a aplicação destas em reações capazes de promover mudanças nos substratos (lipídeos) a fim de se obter produtos diferenciados que possam apresentar atividades biológicas. Lipases foram obtidas dos resíduos de laranja Pera e caracterizadas como 1,3 específicas nas frações bagaço, casca e frit as quais apresentaram atividade lipolítica de 55,9 U/g; 58,0 U/g e 49,9 U/g, respectivamente; e da fração polpa como inespecífica com atividade de 40,4 U/g. Essas enzimas foram empregadas em reações de hidrólise e síntese com diferentes óleos vegetais e os produtos de reação analisados quanto às atividades biológicas. Foram obsevadas atividades antioxidante de até 94,87%; atividade antibacteriana sobre E. coli, L. monocytogenes, P. aureginosa, S. enteritidis e S. aureus, e influência sobre a viabilidade de células cancerígenas SCC9 (carcinoma bucal) de vários produtos de reação para todas as frações enzimáticas. Apresentaram majoritariamente ácidos linoleico, oleico e palmítico, sendo desta forma correlacionado à presença dessas substâncias de forma isolada ou sinérgica ao exercício das atividades biológicas.-
Descrição: dc.descriptionThe orange juice production process generates a large residual volume, approximately 50% of the fruit. These residues contain biomolecules of industrial interests such as lipases that are capable of catalyzing the hydrolysis of glycerides and synthesis reactions under micro-aqueous conditions. The obtainment of these enzymes directly from wastes reduces production costs and enables different applications. Lipases have interesting characteristics such as regiospecificity and fatty acids chain length specificity, enabling the generation of different products. Thus, this study aimed, in addition to obtaining lipases through orange Pera residue, the application of these enzymes in reactions that can promote changes in reaction substrates in order to obtain modified products that may have biological activities. Lipases were obtained from the orange Pera residues and characterized as 1,3 specific in the bagasse, peel and frit fractions, which presented lipolytic activity of 55.9 U/g; 58.0 U/g and 49.9 U/g, respectively and the pulp fraction as nonspecific with activity of 40.4 U/g. These enzymes were used in reactions of hydrolysis and synthesis with different vegetable oils and the reaction products analyzed for biological activities. Antioxidant activity of up to 94.87% was observed, with antibacterial activity on E. coli, L, monocytogenes, P. aureginosa, S. enteritidis and S. aureus, and influence on the viability of SCC9 (carcinogenic cells Buccal) of various reaction products for all enzymatic fractions. Presenting mainly linoleic, oleic and palmitic acids, being therefore correlated to the presence of these substances in an isolated or synergic way to the exercise of biological activities.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectLipase-
Palavras-chave: dc.subjectHidrólise-
Palavras-chave: dc.subjectEsterificação-
Palavras-chave: dc.subjectLaranja-
Palavras-chave: dc.subjectAtividade biológica-
Palavras-chave: dc.subjectHydrolysis-
Palavras-chave: dc.subjectEsterification-
Palavras-chave: dc.subjectOrange waste-
Palavras-chave: dc.subjectBiological activity-
Título: dc.titleResíduos de laranja como fonte direta de lipases: obtenção, caracterização bioquímica e aplicações-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.