Pós-graduação em Educação, grupos de pesquisa e a produção do conhecimento em administração educacional

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorOrtega, Fábio Silva-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:17:13Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:17:13Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-03-30-
Data de envio: dc.date.issued2017-03-30-
Data de envio: dc.date.issued2017-03-03-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/150057-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/150057-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Educação - FFC-
Descrição: dc.descriptionO presente estudo trata dos grupos de pesquisa em Administração Educacional e da produção do conhecimento dos líderes desses grupos, entre os anos de 2008 a 2014. Desse modo, buscamos nos integrar na esteira dos estudos que investigam as transformações do espaço da pós-graduação e da produção de conhecimento em Educação, precisamente, no campo da Administração Educacional. A constatação na literatura dessa área acerca das mudanças de paradigma teórico e metodológico nas décadas de 1980 e 1990, que indica um rompimento com as pesquisas que se referenciavam na Teoria Geral da Administração, levou-nos a investigar as mudanças efetivadas nos discursos científicos produzidos e as do espaço social em que elas são produzidas, distribuídas e consumidas. Assim, analisamos as condições materiais e objetivas que engendraram os grupos de pesquisa dessa área e sua respectiva produção científica. Para levar a cabo este objetivo central, buscamos: revisar, na literatura, a história da pós-graduação e a emergência dos grupos de pesquisa nela; traçar os elementos constitutivos dos grupos de pesquisa cadastrados no CNPq, e mais especificamente, analisar os grupos da Administração Educacional. Concomitantemente, situamos os diferentes tipos de pesquisa que abordam a análise de produção teórica na área Educação, demarcando as diferenças teóricas, e de enfoques constitutivos dessas pesquisas com a que desenvolvemos. Em seguida, apresentamos o debate teórico-metodológico que extraímos da interface dos autores utilizados com o objeto que analisamos. A análise dos periódicos dos líderes dos grupos de pesquisa foi apresentada a partir dos seus dados quantitativos e qualitativos, intencionando apresentar um quadro geral da amostragem identificada, a partir, da análise de 153 resumos; e posteriormente a análise integral de 46 artigos. Esses dados foram extraídos do levantamento dos grupos de pesquisa e dos líderes desse campo teórico, vinculados ao CNPq e analisados com as contribuições teóricas e metodológicas da Análise do Discurso Textualmente Orientada (ADTO) de Fairclough (2001), da teoria dos campos sociais de Bourdieu (1983, 2004, 2007) e da filosofia da linguagem de Bakhtin/Volochínov (2012) e Mediévidév (2012). Ao todo foram analisados 66 grupos de pesquisas e 46 artigos, devido à impertinência temática e temporal. Os resultados deste estudo apontam mudanças significativas na produção ideológica dos líderes dos grupos, nas temáticas abordadas, nas metodologias e nos enfoques utilizados. Identificamos a existência de cinco abordagens sobre a Administração Educacional: a sociológica, a política, a empresarial, a fenomenológica e organizacional. Predominam na produção teórica as investigações das relações de poder na escola, enfocando a ação dos seus sujeitos. Foi possível verificar a presença da lógica empresarial na gestão do conhecimento científico impactando a produção teórica, modificando as condições de produção do conhecimento científico educacional ao prevalecer na avaliação dos programas de pós-graduação o critério quantitativo.-
Descrição: dc.descriptionThe present study deals with the research groups in Educational Administration and the knowledge production of the leaders of these groups, between the years of 2008 to 2014. In this way, we seek to integrate in the wake of the studies that investigate the transformations of the postgraduate space and Of the production of knowledge in Education, precisely, in the field of Educational Administration. The literature in this area about the changes of theoretical and methodological paradigm in the 1980s and 1990s, which indicates a break with the research that was referenced in the General Theory of Administration, led us to investigate the changes made in the scientific discourses produced and The social space in which they are produced, distributed and consumed. Thus, we analyzed the material and objective conditions that engendered the research groups of this area and their respective scientific production. In order to carry out this central objective, we seek: to review, in the literature, the history of the postgraduate and the emergence of the research groups in it; Tracing the constituent elements of the research groups registered in the CNPq, and more specifically, analyzing the groups of the Educational Administration. Concomitantly, we locate the different types of research that approach the analysis of theoretical production in the area of Education, demarcating the theoretical differences, and the constitutive approaches of these researches with which we develop. Next, we present the theoreticalmethodological debate that we extracted from the interface of the authors used with the object that we analyzed. The analysis of the journals of the leaders of the research groups was presented based on their quantitative and qualitative data, aiming to present a general framework of the identified sampling, starting from the analysis of 153 abstracts; And later the full analysis of 46 articles. These data were extracted from the survey of the research groups and the leaders of this theoretical field, linked to CNPq and analyzed with the theoretical and methodological contributions of the Fairclough (2001) Texturized Speech Analysis (ADTO), Bourdieu's social field theory (1983, 2004, 2007) and the philosophy of language Bakhtin / Volochínov (2012) and Mediévidév (2012). In all, 66 research groups and 46 articles were analyzed, due to thematic and temporal impertinence. The results of this study point to significant changes in the ideological production of group leaders, in the themes addressed, in the methodologies and in the approaches used. We identified five approaches to Educational Administration: sociological, political, business, phenomenological and organizational. Predominate in the theoretical production the investigations of the relations of power in the school, focusing the action of its subjects. It was possible to verify the presence of the business logic in the management of scientific knowledge impacting the theoretical production, modifying the conditions of production of the scientific educational knowledge, when the quantitative criterion prevails in the evaluation of the postgraduate programs.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectEducação-
Palavras-chave: dc.subjectAdministração e gestão educacional-
Palavras-chave: dc.subjectSociologia do conhecimento-
Palavras-chave: dc.subjectGrupos de pesquisa-
Palavras-chave: dc.subjectPós-graduação em Educação-
Título: dc.titlePós-graduação em Educação, grupos de pesquisa e a produção do conhecimento em administração educacional-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.