Análise das alterações nucleotídicas na região E6 do papilomavírus humano dos tipos 6 e 11 presentes em amostras de condiloma acuminado

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorDias, Marina Carrara-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:16:57Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:16:57Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-03-24-
Data de envio: dc.date.issued2017-03-24-
Data de envio: dc.date.issued2017-03-06-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/149941-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/149941-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)-
Descrição: dc.descriptionProcesso FAPESP: 2015/06628-7-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Microbiologia - IBILCE-
Descrição: dc.descriptionCondiloma acuminado (CA) ou verrugas genitais são lesões proliferativas benignas epidérmicas ou mucosas. O condiloma é causado pela infecção pelo papilomavírus humano (HPV), principalmente os tipos de baixo-risco 6 e 11, mas também pode ocorrer coinfecção com os HPVs de alto-risco. As variantes dos HPVs são definidas como sequências virais que compartilham identidade na sequência nucleotídica do gene L1 maior que 98%. Baseado nesse critério, linhagens de variantes de HPV6 e 11 têm sido estudadas e ainda há uma tentativa de correlacionar essas variações genéticas com os resultados clínicos diferenciais da infecção. Dessa forma, o objetivo do estudo foi detectar as variantes e alterações nucleotídicas presentes em E6 do HPV dos tipos 6 e 11 presentes em amostras de condiloma acuminado, correlacionar a presença de HPV com os dados clínico-patológicos das pacientes e determinar as relações filogenéticas das variantes encontradas com variantes de outras partes do mundo. A região E6 de 32 amostras de condiloma acuminado foi sequenciada, sendo dessas 25 positivas para HPV6 e sete para HPV11. Entre as amostras HPV6, 12 foram identificadas como a variante HPV6a, apresentando a mutação nucleotídica G474A, sendo uma delas também apresentando a mutação T369G no genoma. As 13 pacientes restantes foram positivas para a variante HPV6vc, não apresentando alterações nucleotídicas. Na análise das amostras HPV11, observou-se que todas as pacientes mostraram as mutações T137C e C380T. Além disso, uma paciente também apresentou a alteração nucleotídica T410C. Nenhuma das alterações nucleotídicas encontradas apresentou troca de aminoácido. Na análise estatística, foi possível observar uma associação significante entre a coinfecção de HPV com HIV e também foi observada uma associação significante entre a infecção por HPV11 e o consumo de bebida alcoólica. Os demais dados analisados não mostraram associação significante. Na análise filogenética foi possível observar o agrupamento das amostras de acordo com suas variantes, não mostrando relação com a região geográfica as quais foram isoladas.-
Descrição: dc.descriptionCondyloma acuminatum (CA) or genital warts are benign proliferative lesions that can be epidermal or mucous. Condyloma is caused by infection with human papillomavirus (HPV), mainly the low-risk types 6 and 11, but can also occur coinfection with high-risk HPVs. Human papillomaviruses have the capacity to infect the skin, oral and genital mucosa, and induce benign or malignant proliferative lesions. The variants of HPVs are defined as viral sequences that share identity in the nucleotide sequence of the L1 gene greater than 98%. Based on this criterion, HPV6 and 11 variants lineages have been studied and there is still an attempt to correlate these genetic variants with different clinical findings of infection. In this way, the aim of this study was to detect variants and nucleotide alterations presents in E6 region of HPV types 6 and 11 detected in condyloma acuminatum samples, to correlate the HPV presence with the clinical-pathological data of the patients and to determine phylogenetic relations of variants found with variants of others places of the world. The E6 region of 32 samples of condyloma were sequenced, being 25 positive to HPV6 and seven diagnosed HPV11. Twelve samples were identified as the HPV6a variant, and presented the mutation G474A, and one of these also showed the mutation T369G. The others 13 patients were positive to HPV6vc without nucleotide alterations. In the analysis of the seven HPV11 samples, it was observed that all patients showed the mutations T137C and C380T. Besides that, one patient also present the nucleotide alteration T410C. None of the mutations showed amino acid change. In the statistical analysis, it was observed a significant association between the HPV and HIV coinfection, and it was also found a significant association between HPV11 and alcohol consumption. Others data analyzed did not show significant association. In the phylogenetic analysis, it was observed that the samples were grouped according to variants, showing no relation to the geographical region that they were isolated.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectAlteração nucleotídica-
Palavras-chave: dc.subjectHPV6-
Palavras-chave: dc.subjectHPV11-
Palavras-chave: dc.subjectCondiloma acuminado-
Título: dc.titleAnálise das alterações nucleotídicas na região E6 do papilomavírus humano dos tipos 6 e 11 presentes em amostras de condiloma acuminado-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.