Secagem e armazenamento de grãos de crambe [Crambe hyspanica subesp. abyssinica (Hochst ex R.E.Fr) PRINA] para uso na produção de biodiesel

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorSilva, Magnun Antonio Penariol da-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:16:43Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:16:43Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-03-22-
Data de envio: dc.date.issued2017-03-22-
Data de envio: dc.date.issued2016-10-06-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/149850-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/149850-
Descrição: dc.descriptionConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)-
Descrição: dc.descriptionCNPq: 140263/2013-6-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Agronomia (Energia na Agricultura) - FCA-
Descrição: dc.descriptionA cultura do crambe começou a ser estudada no Brasil por apresentar elevado teor de óleo nos grãos. A produção é totalmente mecanizada e de baixo custo por utilizar as ferramentas disponíveis para outras espécies. O crambe é uma cultura de inverno, então se torna também uma excelente opção para o cultivo em safrinha. No entanto a cultivar desenvolvida para a comercialização no país apresenta maturação irregular dos grãos, o que se torna um problema tanto para a colheita quanto para os processos pós-colheita, por não se haver uma época ideal para colheita mecanizada sem que ocorram perdas durante esta etapa, ou ainda durante a secagem e armazenamento. Diante do exposto, o objetivo do presente trabalho foi acompanhar o processo de secagem dos grãos de crambe, e ainda o período de 12 meses de armazenamento, relacionando esses processos com a dinâmica de formação de lipídeos dos grãos, os sistemas antioxidantes, o acúmulo de açúcares, lipídeos e proteínas ao longo do desenvolvimento, os estresses ocasionados pela secagem e a pigmentação durante o armazenamento. Para isso, um experimento foi instalado na área de produção da Fazenda Experimental Lageado, onde utilizou-se para semeadura sementes de crambe da cultivar FMS Brilhante (Fundação Mato Grosso do Sul), na qual o processo foi acompanhado semanalmente verificando os teores de água dos grãos (82, 74, 60, 40, 30, 20 e 10%) que foram submetidos à diferentes métodos de secagem (testemunha, natural, secagem em estufa à 30ºC e secagem em estufa à 40ºC). Para melhor entendimento dos dados obtidos este trabalho foi dividido em quatro capítulos. O primeiro capítulo trata-se de uma revisão de literatura a respeito dos processos de desenvolvimento, secagem e armazenamento de grãos de crambe. O segundo capítulo estudou a dinâmica de formação de lipídeos nestes grãos. No terceiro capítulo avaliou-se o acúmulo das principais reservas (proteínas, açúcares e lipídeos) e os danos oxidativos ocasionados pela secagem dos grãos. E no quarto o foco foi verificar se o tempo de armazenamento afeta as reservas, pigmentação e a atividade enzimática dos grãos. Conclui-se que a maior reserva encontrada em grãos de crambe são os lipídeos, seguido por açúcares e proteínas, os grãos de crambe apresentam maior acúmulo de lipídeos aos 49 dias após a floração, a secagem à 80 ºC provoca danos aos grãos e que os grãos de crambe começam aumentar o conteúdo de pigmentos à partir dos 6 meses de armazenamento.-
Descrição: dc.descriptionThe culture of crambe began to be studied in Brazil by a high oil content in grain. The production is fully mechanized and low cost to use the tools available for other species. It is a winter crop, then it also makes an excellent choice for growing in off-season. However cultivating developed for sale in the country is irregular grain maturity, which becomes a problem for both the harvest time to post-harvest processes, not be an ideal time for mechanized harvesting without incurring losses during this step or during drying and storage. Given the above, the objective of this study was to follow up the development process of crambe grain, and also the steps of drying and storage, linking these processes with the dynamics of grain lipid formation, antioxidant systems, the accumulation of sugars , lipids and proteins throughout the development of the stresses caused by drying and pigmentation during storage. For this, an experiment was conducted in the area of Fazenda Experimental Lageado. We used to cultivate the crambe sowing seeds FMS Brilhante (Fundação Mato Grosso do Sul), in which the process was monitored weekly by checking the water content of grains (82, 74, 60, 40, 30, 20 and 10%) which were subjected to different drying methods (control, natural drying oven at 30 ° C and dried at 40 ° C). For better understanding of the data from this study was divided into four chapters. The first chapter it is a literature review about the development processes, drying and crambe grain storage. The second chapter studied the dynamics of the formation of lipids in these grains. In the third chapter, we evaluated the accumulation of the main reserves (proteins, sugars and lipids) and the oxidative damage caused by the drying of the beans. And in the room the focus was to determine whether the storage time affects the reserves, pigmentation and the enzymatic activity of the grains. It follows that the largest reserve found in crambe grains are lipids, followed by sugars and proteins, crambe grains have higher accumulation of lipids at 49 days after flowering, drying at 80 ° C causes damage to the beans and that crambe grains begin to increase the content of pigments from 6 months of storage.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectLipídeos-
Palavras-chave: dc.subjectAçúcares-
Palavras-chave: dc.subjectProteínas-
Palavras-chave: dc.subjectPigmentação-
Palavras-chave: dc.subjectEnzimas antioxidantes-
Palavras-chave: dc.subjectLipds-
Palavras-chave: dc.subjectSugars-
Palavras-chave: dc.subjectProteins-
Palavras-chave: dc.subjectPigmentation-
Palavras-chave: dc.subjectAntioxidant enzymes-
Título: dc.titleSecagem e armazenamento de grãos de crambe [Crambe hyspanica subesp. abyssinica (Hochst ex R.E.Fr) PRINA] para uso na produção de biodiesel-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.