Leucoplasias homogêneas e não homogêneas: análise clínica e histopatológica

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorGimenez, Lara Cristina Oliver-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:15:33Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:15:33Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-03-14-
Data de envio: dc.date.issued2017-03-14-
Data de envio: dc.date.issued2011-09-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/149349-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2017-01-26/000839792.pdf-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/149349-
Descrição: dc.descriptionLeukoplakia is a lesion of the oral cavity which term refers only to the clinical aspect and because it is widely associated with smoking and have big importance because of its potential for malignancy, the diagnosis for a possible treatment with the removal of causative factors becomes paramount. This study aimed to observe the evolution of postoperative leukoplakia lesions diagnosed in the Semiology clinic of the University of Dentistry of Araçatuba (FOA) as well as its correlation with smoking and family history of cancer of the participants. The study was conducted through a retrospective analysis of 10 patients. The participants passed by a new appointment afer the initial examination and biopsy performed at least three years, to check cases of recurrence or neoplastic conversion. To facilitate a better understanding and management of this type of disease, we use the classification that divides the lesions leukoplakia lesions non-homogeneous and homogeneous. From the 8 patients with lesions homogeneous, five quit smoking even before the first consultation and they showed no recurrence of the injury, from the other three, two relapsed and continued smoking, and of these, one with a clinical suspicion of malignancy reported as hyperkeratosis with histopathology moderate dysplasia. And the other patient with homogeneous lesion in the first consultation quit smoking between the time between the first consult to the recent and showed recurrence of the lesion without malignancy. The other two patients attended at the first appointment had non-homogeneous lesions. One continued smoking and presented a recurrence of the lesion, and once performed a biopsy, it was found hyperkeratosis with moderate dysplasia. The other one, already features in treatment for squamous cell carcinoma, and this one, stopped smoking between...-
Descrição: dc.descriptionA leucoplasia é uma lesão da cavidade bucal cujo termo faz referência ao aspecto clínico apenas e, por ser amplamente associada ao tabagismo e de grande importância por seu potencial de malignização, o diagnóstico para um possível tratamento juntamente com a remoção de fatores causais torna-se de suma importância. O presente estudo objetivou observar a evolução do pós-operatório de lesões leucoplásicas diagnosticadas na clínica de Estomatologia da Faculdade de Odontologia de Araçatuba (FOA) como também sua correlação com tabagismo e histórico familiar de câncer dos participantes. O estudo foi realizado através de uma análise retrospectiva de 10 pacientes. Os participantes passaram por uma nova consulta após exame e biópsia inicial realizados há pelo menos 3 anos, para verificação de casos de recidiva ou conversão neoplásica. Para facilitar a compreensão e para um melhor manejo desse tipo de doença, utilizamos a classificação que divide as lesões leucoplásicas em lesões homogêneas e não-homogêneas. Dos 8 pacientes com lesões homogêneas, 5 deixaram de fumar antes mesmo da primeira consulta e estes não apresentaram recidiva da lesão, dos outros 3, 2 continuaram fumando e apresentaram recidiva, sendo destas, uma com suspeita clinica de malignidade tendo como laudo histopatológico hiperqueratose com displasia moderada. O outro paciente que apresentava lesão homogênea na primeira consulta deixou de fumar entre o tempo desta para consulta recente tendo recidiva da lesão sem aspecto de malignidade. Os outros dois pacientes atendidos apresentavam, na primeira consulta, lesões não homogêneas. Um continuou fumando e apresentou recidiva da lesão e, uma vez efetuada a biópsia, constatou-se hiperquaratose com displasia moderada. Já o outro, apresenta-se já em tratamento para carcinoma espinocelular...-
Formato: dc.format20 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectLeucoplasia bucal-
Palavras-chave: dc.subjectTransformação Maligna-
Palavras-chave: dc.subjectFumo - Vício-
Palavras-chave: dc.subjectLeukoplakia, Oral-
Título: dc.titleLeucoplasias homogêneas e não homogêneas: análise clínica e histopatológica-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.