Triciclo adaptado para pessoas com deficiência física dos membros inferiores

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorShinkawa, Danilo Yoshi-
Autor(es): dc.creatorLima Filho, Antonio de Pádua-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:07:29Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:07:29Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-01-02-
Data de envio: dc.date.issued2017-01-02-
Data de envio: dc.date.issued2013-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.inscricoes.fmb.unesp.br/publicacao.asp?codTrabalho=OTc0NQ==-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/147047-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/147047-
Descrição: dc.descriptionIntrodução: O presente trabalho é uma continuidade das pesquisas realizadas sobre triciclos adaptados para pessoas com deficiência física dos membros inferiores pelo Grupo de Pesquisa Novas Tecnologias e Qualidade de Vida dos Deficientes Físicos. Cadeirantes nos auxiliaram com opiniões para que o produto final atendesse as necessidades específicas deste público com eficiência, conforto e segurança, promovendo integração e acessibilidade. Os triciclos adaptados possibilitam a prática de uma atividade física pelo movimento cíclico de mãos e braços simultaneamente, evitando o sedentarismo, trazendo benefícios para a saúde do cadeirante e uma locomoção rápida e eficaz. O projeto do mecanismo de movimentação do triciclo levou em consideração uma possível inatividade física e o envelhecimento natural do condutor. Objetivos: Projetar, fabricar e testar um triciclo feito de ligas de alumínio para que ofereça conforto, segurança e permita que um cadeirante possa utilizá-lo para locomoção e prática de uma atividade física. Métodos e resultados: Tubos, barras, tarugos e chapas de ligas de alumínio foram utilizados na fabricação do triciclo, que também possui um cubo Shimano Nexus de três marchas e freio de contra pedal, velocímetro, três aros 26''Vzan Extreme e três pneus 1.15 x 26'' CST slick. Para garantir a resistência à fadiga da estrutura soldada, tirantes de aço de ¼" foram introduzidos no interior dos tubos de alumínio e fixados com arruelas e parafusos nas extremidades. O processo de solda TIG (tungstênio inerte gás) foi empregado na soldagem dos tubos de alumínio. Três relógios comparadores da marca Mitutoyo com precisão ± 0,1 mm foram empregados para medir a deflexão no carregamento e descarregamento de seis pesos de 245 ± 1 N cada para verificar a resistência estática da estrutura. A força motriz para mover o triciclo foi estimada através de dois dinamômetros marca Kratos com fundo de escala de 98 N e precisão de 2 N. Quatro manípulos 5/16" fazem o ajuste de altura do assento permitindo o usuário escolher a posição que lhe seja mais confortável. Um suporte para as mãos atrás do banco do triciclo permite a ajuda de outra pessoa para movê-lo. O custo total dos materiais empregados foi de R$1522,00. O triciclo pesa 27 kg e o banco permite o usuário ficar com uma postura correta para acioná-lo. A porcentagem de carregamento é maior nas rodas traseiras com e sem carregamento. Isto pode afetar a força motriz, principalmente nas subidas devido à tração ser dianteira e a porcentagem de carregamento ser menor na roda da frente. Os resultados obtidos são importantes para a construção de outros triciclos, para que estes sejam ainda melhores e mais eficientes.-
Formato: dc.format09745-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Relação: dc.relationCongresso de Extensão Universitária-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectTriciclo adaptado-
Palavras-chave: dc.subjectAcessibilidade-
Palavras-chave: dc.subjectCadeirantes-
Título: dc.titleTriciclo adaptado para pessoas com deficiência física dos membros inferiores-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.