Promoção de sáude bucal para gestantes das unidades básicas de saúde (UBS) de Araçatuba-SP

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorGonçalves, Larissa de Oliveira-
Autor(es): dc.creatorQueiroz, Ana Olívia Silva-
Autor(es): dc.creatorBordin, Danielle-
Autor(es): dc.creatorMoimaz, Suzely Adas Saliba-
Autor(es): dc.creatorGarbin, Cléa Adas Saliba-
Autor(es): dc.creatorSaliba, Nemre Adas-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:06:54Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:06:54Z-
Data de envio: dc.date.issued2017-01-02-
Data de envio: dc.date.issued2017-01-02-
Data de envio: dc.date.issued2013-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.inscricoes.fmb.unesp.br/publicacao.asp?codTrabalho=OTgyMw==-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/146904-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/146904-
Descrição: dc.descriptionNa gravidez ocorrem diversas alterações fisiológicas e comportamentais capazes de modificar as necessidades nutricionais, a ingestão de alimentos, a condição de higienização e de saúde bucal. É importante que os profissionais, na avaliação das condições da gestante, considerem os padrões dietéticos, a fim de estabelecer o estado nutricional, identificar fatores de risco, orientar uma alimentação que vise promover a saúde, planejar a educação nutricional junto com a avaliação da saúde bucal, para facilitar a autonomia e o empoderamento para a manutenção de hábitos saudáveis. Diante disso, este trabalho propôs-se apresentar a experiência da utilização de inquéritos alimentares, vivenciada em 14 anos, no Programa de Atenção Odontológica à Gestante, da Faculdade de Odontologia de Araçatuba - UNESP. Foram empregados nas práticas clínicas dois modelos de inquéritos dietéticos: diário alimentar e recordatório de 24 horas, como ferramentas auxiliares na educação em saúde e na avaliação do risco de desenvolvimento da cárie. Apesar de o diário alimentar apontar a dieta de forma mais detalhada, depende da colaboração da paciente para registro, o que dificultava o retorno e a avaliação. Em substituição foi adotado o recordatório de 24 horas. Neste, as informações são relatadas ao profissional durante a primeira consulta, estabelecendo profícuo campo de interação de idéias e opiniões. Os métodos permitem aos profissionais realizarem análise crítica da dieta, relacionando-a a condição bucal da paciente, em um processo de (re)definição de valores, de forma individualizada, ajustadas às características e necessidades da gestante, (re)educando-a e motivando-a para a aquisição e a manutenção da saúde bucal. Cada instrumento apresenta suas particularidades e limitações, no entanto, ambos têm se mostrado efetivos e válidos, desde que corretamente utilizados, para a obtenção de informações sobre nutrição e hábito alimentar, e verdadeiramente importantes no processo de promoção da saúde.-
Formato: dc.format09823-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Relação: dc.relationCongresso de Extensão Universitária-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectGestantes-
Palavras-chave: dc.subjectPromoção da saúde-
Palavras-chave: dc.subjectInquéritos-
Palavras-chave: dc.subjectDietéticos-
Título: dc.titlePromoção de sáude bucal para gestantes das unidades básicas de saúde (UBS) de Araçatuba-SP-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.