Hipomineralização molar incisivo: associação com cárie dentária e impacto na qualidade de vida de escolares de Manaus - AM

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorAlves Filho, Ary de Oliveira-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T23:02:51Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T23:02:51Z-
Data de envio: dc.date.issued2016-12-09-
Data de envio: dc.date.issued2016-12-09-
Data de envio: dc.date.issued2015-10-13-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/145503-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/cathedra/23-09-2016/000846799.pdf-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/145503-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Ciências Odontológicas - FOAR-
Descrição: dc.descriptionThe aim of this study was to evaluate the prevalence of molar incisor hypomineralization (MIH) in children 08-10 years of public schools in the city of Manaus - AM and Dental Caries disease (CD), the need of treatment and it's impact on the quality of life of children. Through a clinical examination, 900 children were evaluated by two calibrated pediatric dentists, for the presence of MIH (according to the criteria of EAPD) and CD (according to WHO criteria). The questionnaire of quality of life related to oral health CPQ8-10 was applied across the sample. The results were tested using the chi-square, odds-ratio, Mann- Whitney and Kruskal-Wallis tests. For all analyzes, significance level at p <0.05. Among the 900 children studied, 67 showed MIH, yielding a prevalence of 7.44%. These affected children, 67.17% had involvement of molars and incisors. In severity, 85.9% of the injuries were light. The most affected teeth were the lower molars, followed by the upper and upper central incisors. The prevalence of dental caries was 72.4%, and the value of the DMFT index for children 8-10 years was 0.91 and 1.63 for the primary dentition. A statistically significant association between caries experience (DMFT) and HMI (p = 0.004) in the permanent dentition was observed. Regarding the impact of oral health on quality of life, children with MIH, who had followed the MIH and CD showed higher values than those who had only CD and that did not show any changes. The most affected questionnaire variables were oral symptoms and functional limitations in all groups studied. The presence of MIH as well as Dental Caries caused negative impact the quality of life of children studied.-
Descrição: dc.descriptionEste estudo foi realizado com o objetivo de avaliar a prevalência da hipomineralização molar incisivo (HMI) em crianças de 08 a 10 anos de escolas públicas municipais da cidade de Manaus - AM quanto à relação com a presença da doença Cárie Dentária (CD), necessidade de tratamento e com o impacto na qualidade de vida das crianças. Por meio de um exame clínico, 900 crianças foram avaliadas por dois odontopediatras previamente calibrados, quanto à presença de HMI (de acordo com os critérios da EAPD) e de CD (de acordo com os critérios da OMS). O questionário de qualidade de vida relacionado à saúde bucal CPQ8-10 foi aplicado em toda a amostra. Os resultados foram testados através dos testes de Qui-Quadrado, Razão de Chances, Mann Witney e Kruskal-Wallis. Para todas as análises, o nível significância foi considerado quando p<0,05. Dentre as 900 crianças avaliadas, 67 apresentaram HMI, obtendo-se uma prevalência de 7,44%. Dessas crianças acometidas, 67,17% apresentaram o envolvimento de molares e incisivos. Em relação à severidade, 85,9% das lesões eram leves. Os elementos dentários mais acometidos foram os molares permanentes inferiores, seguidos pelos superiores e incisivos centrais superiores. A prevalência de cárie dentária foi de 72,4%, e o valor do índice CPO-D para as crianças de 8 a 10 anos foi de 0,91 e ceo-d 1,63. Foi observada uma associação estatisticamente significante entre a experiência de cárie (CPO-D) e HMI (p=0,004) na dentição permanente. Quanto ao impacto da saúde bucal na qualidade de vida, crianças com HMI, seguidas pelas que tiveram HMI e CD, apresentaram maiores valores do que aquelas que tiveram apenas CD e as que não apresentaram nenhuma alteração. As variáveis mais acometidas do questionário foram sintomas orais e limitações funcionais em todos os grupos estudados. A presença de HMI assim como de Cárie Dentár-
Formato: dc.format71 f. : il-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Título: dc.titleHipomineralização molar incisivo: associação com cárie dentária e impacto na qualidade de vida de escolares de Manaus - AM-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.