Políticas públicas em fruticultura como fator de inclusão social

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorSampaio, Aloísio Costa-
Autor(es): dc.creatorFumis, Terezinha de Fátima-
Autor(es): dc.creatorAlmeida, Aparecida Marques de-
Autor(es): dc.creatorGarcia, Maria José De Marchi-
Autor(es): dc.creatorOliveira, Orlando Marcos de-
Autor(es): dc.creatorPereira, Juliano Piovezan-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T22:57:30Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T22:57:30Z-
Data de envio: dc.date.issued2016-09-01-
Data de envio: dc.date.issued2016-09-01-
Data de envio: dc.date.issued2005-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.unesp.br/proex/programas/pcct_3congresso.php-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/143541-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/143541-
Descrição: dc.descriptionIntrodução: Os assentamentos rurais e os pequenos produtores rurais apresentam limitações em relação ao acesso à tecnologia de produção em fruticultura e total ausência de informações e apoio institucional para comercialização e agregação de valor aos frutos produzidos. Objetivos: Divulgar os resultados obtidos através de projeto de políticas públicas apoiado pela Fapesp como um possível modelo a ser implantado em áreas de assentamento rural no Estado de São Paulo, envolvendo parcerias entre instituições públicas e privadas. Métodos: As parcerias envolveram a APTA-Regional/Bauru, UNESP/Bauru, USC (Centro Experimental), Secretaria Municipal da Agricultura e Sebrae. Através de pesquisa de campo com a cultura do maracujá amarelo, observou-se que a mesma poderia significar uma boa opção de renda para pequenos produtores rurais, já que apresentam ciclo de produção curto, baixo nível de investimento e grande demanda de mão de obra para as práticas culturais. Realizou-se, dias de campo em experimento com maracujá amarelo, sistema telado de produção de mudas, palestras e reuniões técnicas. Os produtores coletaram amostras de solo para análise química e exame nematológico e receberam as devidas orientações. Adquiriu-se um classificador mecânico de frutos, uma linha completa de processamento de polpa, empilhadeira e câmara fria. A formação de mudas da seleção Afruvec de maracujá encontra-se no 3o ciclo de produção, totalizando 80.000 mudas. Resultados: Em decorrência da participação ativa dos produtores foi criada a BauruFrutas (Associação de Fruticultores de Bauru e Região), registrada em cartório e com CNPJ. Foram criados uma logomarca da Associação e um sistema de visualização para caixas de papelão ondulado, visando à comercialização coletiva de frutos para mesa. Atualmente, a BauruFrutas encontra-se com 35 associados ativos produzindo maracujá, que comercializam os frutos de mesa no Ceasa de Bauru e em supermercados, e os frutos sem padrão para mesa transformados em polpa. Realizou-se uma parceria com a Goiabrás, visando à diversificação através do plantio de goiaba de mesa. Pode-se observar o grande interesse e potencial dos agricultores familiares em projetos de políticas públicas que apresentem o envolvimento de várias instituições, dentro de um planejamento de ações interligadas envolvendo a geração e transferência de tecnologia, fundamentais para se conseguir a inclusão social de pequenos produtores rurais.-
Formato: dc.format014-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Relação: dc.relationCongresso de Extensão Universitária-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Título: dc.titlePolíticas públicas em fruticultura como fator de inclusão social-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.