A visão dos alunos do curso de Pedagogia/PARFOR/Unesp sobre a escola pública real e ideal

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorLeite, Yoshie Ussami Ferrari-
Autor(es): dc.creatorLima, Vanda Moreira Machado-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T22:52:39Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T22:52:39Z-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-19-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-19-
Data de envio: dc.date.issued2014-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.unesp.br/portal#!/prograd/e-livros-prograd/-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/141741-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/141741-
Descrição: dc.descriptionPartimos do principio de que, atualmente, a escola representa espaço privilegiado para promover o exercício da cidadania, formando pessoas criticas que assumam seu lugar na sociedade como sujeitos históricos, capazes de compreender o mundo e escolher o modo de atuar sobre ele. Este texto visa apresentar e analisar o que os alunos matriculados no curso de Pedagogia PARFOR em quatro campi da UNESP, e que atuam nas escolas municipais da região pensam sobre a escola pública real e sobre aquela que gostariam de ter. Para tanto, aplicamos um questionário para 89 alunos distribuídos entre os campi da UNESP de Araraquara (20 sujeitos), Bauru (19 sujeitos), Marília (23 sujeitos) e Presidente Prudente (27 sujeitos). Para categorização e análise dos dados empíricos, recorremos à técnica de análise de conteúdo (FRANCO, 2008). Constatamos uma perspectiva negativa dos sujeitos ao descrever a escola pública real em que atuam. Em contraposição, verificamos que a idéia de uma escola ideal é percebida pelos alunos exatamente como aquilo que falta a uma escola que temos na atualidade. As características apontadas sobre a escola ideal vão se apresentando, geralmente, como contrapontos a todos os aspectos que foram identificados como negativos. Dado preocupante e desafiador, tendo em vista que para alguns estudos, uma representação ou um significado negativo sobre a escola pode ter efeito deletério sobre o trabalho que se realiza pelo profissional na escola, e que, inversamente, uma representação positiva pode contribuir amplamente para a construção de uma escola de qualidade (ROSENTHAL, JACOBSON,1983). Em consequência, emerge a necessidade premente de ressignificar essas concepções negativas para agir sobre elas, se desejarmos realmente lutar por uma escola de mais qualidade para todos.-
Formato: dc.format2008-2020-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Publicador: dc.publisherPró-Reitoria de Graduação (PROGRAD UNESP)-
Relação: dc.relationCongresso Nacional de Formação de Professores-
Relação: dc.relationCongresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Título: dc.titleA visão dos alunos do curso de Pedagogia/PARFOR/Unesp sobre a escola pública real e ideal-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.