A inserção da disciplina libras na formação inicial do pedagogo

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorPinho, Gabriela Geovana-
Autor(es): dc.creatorGiroto, Claudia Regina Mosca-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T22:52:05Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T22:52:05Z-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-19-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-19-
Data de envio: dc.date.issued2014-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.unesp.br/portal#!/prograd/e-livros-prograd/-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/141562-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/141562-
Descrição: dc.descriptionO Decreto nº 5626 (BRASIL, 2005) que regulamenta a Lei nº 10.436 (BRASIL, 2002), garantiu aos surdos o uso da Língua Brasileira de Sinais (Libras). Esse documento tratou da inclusão da disciplina Libras nos cursos de Pedagogia, Fonoaudiologia e licenciaturas. Com base nos dispositivos dessa legislação e após levantamento no site do Ministério da Educação e Cultura (MEC), para a identificação das Instituições de Ensino Superior (IES), do Estado de São Paulo, que oferecem o curso de pedagogia, na modalidade presencial, a presente pesquisa, de natureza documental, teve por objetivo investigar a inserção da disciplina Libras na grade curricular de 17 cursos de pedagogia. Para tal, foi realizada consulta online ao site do MEC, com vistas à identificação das IES e posteriormente, as grades curriculares e programas disponibilizados sob a forma de domínio público. Nas situações em que tais documentos não foram encontrados, foi encaminhada, junto aos respectivos coordenadores, solicitação para o envio das grades e do programa da disciplina. A análise compreendeu a elaboração das seguintes categorias temáticas: “Cursos que atendem ao Decreto nº 5626”, da qual derivaram as subcategorias: “Programa disponibilizado” e “Programa não disponibilizado”. A subcategoria “Programa disponibilizado” foi subdividida em “Disciplina obrigatória” e “Disciplina Optativa”. Em razão da ausência da referida disciplina se destacou a categoria “Cursos que não atendem ao Decreto nº 5626”. Os resultados permitiram concluir, que a maior parte dos cursos de pedagogia incluíram a disciplina Libras em suas grades curriculares.-
Formato: dc.format7582-7592-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Publicador: dc.publisherPró-Reitoria de Graduação (PROGRAD UNESP)-
Relação: dc.relationCongresso Nacional de Formação de Professores-
Relação: dc.relationCongresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectSurdez-
Palavras-chave: dc.subjectLíngua brasileira de sinais-
Palavras-chave: dc.subjectFormação do professor-
Título: dc.titleA inserção da disciplina libras na formação inicial do pedagogo-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.