Eye tracking em user experience: o que os seus olhos revelam

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorRodas, Cecílio Merlotti-
Autor(es): dc.creatorVidotti, Silvana Aparecida Borsetti Gregorio-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T22:51:51Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T22:51:51Z-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-11-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-11-
Data de envio: dc.date.issued2015-12-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.marilia.unesp.br/#!/eventos/2015/ix-eiica---encontro-internacional-de-informacao-conhecimento-e-acao/trabalhos-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/141459-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/141459-
Descrição: dc.descriptionCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)-
Descrição: dc.descriptionConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)-
Descrição: dc.descriptionCNPq: 312544/2013-8-
Descrição: dc.descriptionA tecnologia de Eye Tracking é composta por um conjunto sofisticado de equipamentos que permite o rastreamento ocular. Seu funcionamento se dá por meio de um dispositivo que emite um feixe de luz infravermelha que penetra os olhos dos usuários através das pupilas e chega até a retina, o que permite ao aparelho gravar o reflexo que sai das pupilas, e assim identificar a posição das mesmas sobre um determinado estímulo. Essa tecnologia tem sido aplicada em diversas áreas das ciências. Mais recentemente o Eye Tracking tem sido utilizado para verificar o comportamento de usuários no contexto de User eXperience em ambientes informacionais digitais, como interfaces de websites, por exemplo. Deste modo os temas apresentados neste trabalho procuram descrever o funcionamento da tecnologia de Eye Tracking e sua aplicação no contexto de User eXperience. O rastreamento ocular se dá por meio do registro de dois fenômenos: fixação e sacadas. O primeiro, a fixação, se refere aos pontos onde uma pessoa fixa seu olhar, podendo durar entre 100 e 500 milissegundos. O segundo é o trajeto que se produz entre duas fixações e é chamado de sacada (saccade). Os resultados mais comuns obtidos por meio do uso desta tecnologia são os mapas de calor (heat map) e os mapas de opacidade (opacity gaze map), os quais são capazes de fornecer uma primeira visão geral por meio de imagens estáticas geradas pela sobreposição dos mapas individuais de cada usuário. Ambos usam a cor e sua intensidade para mostrar o número de fixações referentes aos olhares dos usuários e o tempo de duração em cada área da interface. Outro exemplo são os mapas de traçado de olhares (Gaze Plot) que registram a sequência das fixações e das sacadas para cada um dos usuários. Além disso, o tamanho que são apresentadas as fixações indica a duração de tempo sobre uma determinada área. Outro possível resultado são os vídeos dos traçados de olhares (Gaze Plot). Os mapas e vídeos permitem obter uma visão geral, porém em estudos acadêmicos e/ou um estudo comparativo de User eXperience poderá exigir a obtenção de dados quantitativos e uma possível análise estatística sobre eles. O software que acompanha o Eye Tracking normalmente facilita este tipo de tarefa, mas requer uma etapa anterior: marcar as áreas de interesse, ou seja, as áreas de estímulo de onde os dados serão extraídos. A importância de estudos envolvendo esta tecnologia se deve ao fato de que o olhar de uma pessoa normalmente está associado ao assunto no qual ela está interessada. Isso faz com que seja possível compreender, em parte, o processo cognitivo de um indivíduo, possibilitando identificar padrões de comportamento em suas ações. As possibilidades que a tecnologia de Eye Tracking oferece, e a relevância de estudos que busquem aprimorar a experiência do usuário e a interação humano-computador constituem a motivação para o desenvolvimento da proposta desta pesquisa, que se iniciará a partir do estudo desta tecnologia e seu recente uso. O objetivo geral da pesquisa que vem sendo desenvolvida é a análise do comportamento de usuários quando acessam ambientes informacionais digitais, como portais Web e motores de busca, como o Google, por meio de diferentes dispositivos. Testes utilizando esta tecnologia mostram que a maneira como o usuário percebe a informação pode ter um impacto importante no processo de recuperação da informação, contribuindo positivamente ou negativamente na experiência do usuário. Em alguns testes foi possível observar que o comportamento do usuário pode ser distinto, diante de um mesmo estímulo, se ele estiver procurando informações diferentes. Isso pode revelar a importância que tem o projeto de uma interface que visa atender a diversos tipos de usuários, com idades, culturas, contextos e acesso a partir de diferentes dispositivos. Atender a um número tão distinto de situações se torna uma tarefa crucial, porém muito importante para os desenvolvedores e arquitetos da informação. Espera-se que o emprego desta tecnologia possa contribuir para o aprimoramento e inovação de métodos relacionados à User eXperience, assim como identificar padrões relevantes da Arquitetura da Informação de ambientes informacionais digitais para computadores desktop e dispositivos móveis.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Título: dc.titleEye tracking em user experience: o que os seus olhos revelam-
Tipo de arquivo: dc.typeaula digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.