Sistema de cálculo computacional da unidade monitora para feixes de elétrons em radioterapia

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorFernandes, Marco Antonio Rodrigues-
Autor(es): dc.creatorOliveira Júnior, Batista-
Autor(es): dc.creatorSantos, M. Z.-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T22:49:00Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T22:49:00Z-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-07-
Data de envio: dc.date.issued2016-07-07-
Data de envio: dc.date.issued2010-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.inca.gov.br/rbc/n_56/v02/pdf/15_evento.pdf-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/140601-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/140601-
Descrição: dc.descriptionO trabalho apresenta um sistema computacional para cálculo de unidades monitoras (U.M.), desenvolvido especificamente para feixes de elétrons, visando a otimizar o tempo gasto nos cálculos e minimizar os erros decorrentes de parâmetros incorretamente utilizados na maioria dos Serviços de Radioterapia destinados ao atendimento de pacientes assistidos pelos sistemas públicos de saúde. Nestes serviços, a determinação dos parâmetros físicos do feixe ainda é realizada de forma primitiva com a manipulação de tabelas fornecidas pelos fabricantes das máquinas ou pelas empresas que realizam o comissionamento. Em planilhas do programa Excel da Microsoft, foram digitados os dados fornecidos no comissionamento, e atualizados nas dosimetrias, pertinentes ao acelerador linear do Serviço de Radioterapia da UNESP de Botucatu. As fórmulas matemáticas foram desenvolvidas conforme rotinas disponíveis no Excel, utilizando as funções SE e PROCH, além de outras funções básicas do sistema. Foram analisados 55 casos clínicos, comparando os valores dos fatores físicos: campo equivalente, fator campo, fator calibração e U.M. calculados manualmente com os determinados com o Excel. Os valores de U.M. manuais e os computacionais foram exatamente iguais em 46 casos. Naqueles onde aparecem diferenças, estas ocorreram devido a cálculos de extrapolação necessários para obtenção de fatores não disponíveis nas tabelas do serviço. As diferenças encontram-se dentro dos limites aceitáveis. A metodologia de cálculo desenvolvida apresenta rapidez de processamento, simplicidade de algoritmos, fácil assimilação dos conceitos empregados viabilizando o seu uso mesmo por aqueles profissionais da radioterapia sem conhecimentos profundos em física.-
Formato: dc.format285-285-
Idioma: dc.languagept_BR-
Relação: dc.relationRevista Brasileira de Cancerologia-
Direitos: dc.rightsclosedAccess-
Título: dc.titleSistema de cálculo computacional da unidade monitora para feixes de elétrons em radioterapia-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.