Desvalorização pelo atraso, dependência química e impulsividade

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorMatta, Adriana da-
Autor(es): dc.creatorGonçalves, Fábio Leyser-
Autor(es): dc.creatorBizarro, Lisiane-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T22:32:14Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T22:32:14Z-
Data de envio: dc.date.issued2016-03-02-
Data de envio: dc.date.issued2016-03-02-
Data de envio: dc.date.issued2014-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.12804/apl32.2.2014.03-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/135450-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/135450-
Descrição: dc.descriptionDescuento por demora (DD) se refiere a la elección, especialmente influída por el grado de inmediatez con la que una recompensa es liberada, habiendo disminución de su preferencia en función del retraso en su liberación. El DD se relaciona positivamente con la impulsividad y está presente en pacientes con diversos tipos de adicciones y otros trastornos relacionados con la impulsividad. Este artículo tiene como objetivo presentar el DD y su relación con la dependencia química a partir de una revisión de estudios que examinaron la correlación entre ellos y, presentar también, la aplicabilidad de los resultados como una medida de la impulsividad. Los estudios han demostrado que la demora está asociada, de manera significativa, con el uso de sustancias y señalaron que su evaluación puede ser una información importante en el proceso de toma de decisiones en el uso de sustancias. Se presentan, también, estrategias de intervención capaces de controlar y cambiar el DD.-
Descrição: dc.descriptionDesvalorização pelo atraso (DA) se refere à escolha especialmente influenciada pelo grau de imediaticidade com que um bem é liberado, havendo a diminuição de sua preferência em função do atraso em sua liberação. A DA se relaciona de forma positiva com a impulsividade e está presente em portadores de diversos tipos de dependências químicas e de outros transtornos que envolvem a impulsividade. Este artigo tem como objetivo apresentar a DA e sua relação com a dependência química a partir de revisão de estudos que verificaram a relação entre ambos e a aplicabilidade dos resultados como medida de impulsividade. Os estudos demonstraram que a desvalorização se associa de forma significativa com o consumo de substâncias e revelaram que sua avaliação pode ser uma importante informação no processo de tomada de decisão no uso de substâncias. Apresentam-se também estratégias de intervenção capazes de controlar e modificar a DA.-
Formato: dc.format217-231-
Idioma: dc.languagept_BR-
Relação: dc.relationAvances en Psicologia Latinoamericana-
Relação: dc.relation0,158-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectAtraso de gratificación-
Palavras-chave: dc.subjectAdiciones-
Palavras-chave: dc.subjectImpulsividad-
Palavras-chave: dc.subjectIntervención-
Palavras-chave: dc.subjectTratamiento-
Palavras-chave: dc.subjectAtraso da gratificação-
Palavras-chave: dc.subjectAdições-
Palavras-chave: dc.subjectImpulsividade-
Palavras-chave: dc.subjectIntervenção-
Palavras-chave: dc.subjectTratamento-
Título: dc.titleDesvalorização pelo atraso, dependência química e impulsividade-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.