Efeito agudo do alongamento de diferentes grupos musculares no desempenho muscular de idosas

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCelestrin, Carolina Pasqual-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T22:19:56Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T22:19:56Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-12-10-
Data de envio: dc.date.issued2015-12-10-
Data de envio: dc.date.issued2015-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/131778-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2015-11-16/000853527.pdf-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/131778-
Descrição: dc.descriptionAmong the numerous possibilities of physical exercise, it has been recommended that stretching routines should be incorporated into training programs focused on the elderly population, and that these routines should be preferentially performed on the same strength or aerobic training session. However, studies have shown that muscle strength production can be acutely impaired if it is preceded by static stretching exercises (AE). Although there seems to be a relationship between the number of stretched muscles and strength response, no studies were found examining such relationship in the same study, simultaneously. Thus, the objective of this study is to analyze the acute effect of stretching of different muscle groups on strength performance in older women. Nineteen physically active older women participated in the study (67.8 ± 5.3 years, 68.9 ± 12.4 kg, 157.2 ± 6.4 cm)-usar ponto final em inglês e não vírgula. The participants visited the lab for six consecutive days, three of which were intended to familiarization. Over the next three days, all the participants performed the experimental conditions: control; quadriceps stretching alone and complete stretching, involving the major extensors muscle groups of knees and hips. Both the two stretching conditions were realized with three series of 30s (total volume of 90 seconds for each exercise). All experimental conditions was be performed with an interval of at least 24 hours and order of execution was be randomized. The force transducer was connected to a leg press apparatus, where the isometric force time curve and electromyographic activity of the vastus medial and vastus lateralis were recorded. Measurements were registered immediately after each experimental condition, during five seconds. Statistical analysis comprised descriptive procedures and the One way ANOVA test for repeated measures (p<0.05). No statistically significant differences between the control and the two...-
Descrição: dc.descriptionDentre as inúmeras possibilidades de exercícios físicos, tem sido recomendado que rotinas de alongamento sejam incorporadas a programas de treinamento para idosos, e que estes sejam preferencialmente realizados nos mesmos dias que exercícios com pesos e aeróbios. Entretanto, estudos têm demonstrado que a produção aguda de força muscular pode ser comprometida, caso seja imediatamente precedida de exercícios de alongamento estático (AE). Embora pareça haver uma relação entre o número de grupos musculares alongados e a resposta de força muscular, nenhum estudo foi encontrado analisando tal relação, simultaneamente num mesmo estudo. Desta forma, o objetivo do presente estudo foi analisar o efeito agudo do alongamento de diferentes grupos musculares no desempenho muscular de idosas. Participaram deste estudo 19 idosas, fisicamente ativas (67,8 ± 5,3 anos; 68,9 ± 12,4 kg; 157,2 ± 6,4 cm). As participantes visitaram o laboratório durante seis dias consecutivos, dos quais três foram destinados à familiarização. Nos três dias subsequentes todas as participantes realizaram as condições experimentais: controle; alongamento apenas do músculo quadríceps; alongamento completo, voltado para os principais grupos musculares envolvidos na extensão de joelhos e quadris. Ambas as condições alongamento foram realizadas com três séries de 30s (volume total de 90s para cada exercício). Todas as condições experimentais foram realizadas com intervalo de no mínimo 24 horas e a ordem de execução das mesmas foi aleatorizada. O transdutor de força foi conectado a um aparelho leg press, onde foram feitos os registros da curva força tempo isométrica e da atividade eletromiográfica dos músculos vasto medial e vasto lateral. As medidas foram registradas imediatamente após cada condição experimental, durante cinco segundos. Para análise estatística, foram empregados procedimentos descritivos e o teste ANOVA One way para medidas...-
Formato: dc.format32 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectEducação fisica-
Palavras-chave: dc.subjectExercícios físicos para idosos-
Palavras-chave: dc.subjectAlongamento (Fisiologia)-
Palavras-chave: dc.subjectExercícios de alongamento-
Palavras-chave: dc.subjectAptidão física-
Palavras-chave: dc.subjectEnvelhecimento-
Título: dc.titleEfeito agudo do alongamento de diferentes grupos musculares no desempenho muscular de idosas-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.