Prevalência de pterígio no município de Botucatu - Estado de São Paulo, Brasil

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorShiratori, Claudia Akemi-
Autor(es): dc.creatorBarros, Josenylda Calixto de-
Autor(es): dc.creatorLourenço, Raquel de Matos-
Autor(es): dc.creatorPadovani, Carlos Roberto-
Autor(es): dc.creatorCordeiro, Ricardo-
Autor(es): dc.creatorSchellini, Silvana Artioli-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T16:58:10Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T16:58:10Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2010-08-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492010000400008-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/12662-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/12662-
Descrição: dc.descriptionOBJETIVO: Avaliar a prevalência de pterígio no município de Botucatu - São Paulo, Brasil, por meio de amostra populacional. MÉTODOS: No ano de 2004 foi feito estudo de prevalência de alterações oftalmológicas na cidade de Botucatu - SP, por amostragem domiciliar aleatória, tendo sido avaliados 85,1% (2.554 indivíduos) da amostra pretendida. Todos os participantes do estudo foram submetidos a exame oftalmológico completo, sendo os dados obtidos submetidos à análise estatística. RESULTADOS: A prevalência de pterígio na população estudada foi de 8,12% (7,0% < IC < 9,2%), sendo mais frequente em homens (10,4% homens X 6,5% mulheres - 8,5% < IC < 12,3% em homens e 5,1% < IC < 7,8% em mulheres). A média de idade dos portadores de pterígio foi de 49,6 ± 14,9 anos, havendo 32,18% indivíduos da amostra na faixa etária entre os 40 e 50 anos de idade. CONCLUSÃO: A prevalência do pterígio na cidade de Botucatu é de 8,12%, sendo a lesão mais prevalente em homens, entre 40 e 50 anos de idade.-
Descrição: dc.descriptionPURPOSE: To evaluate the prevalence of pterygium in a population-based sample at Botucatu City - São Paulo State, Brazil. METHODS: A population-based cross-sectional study with randomized clustered sampling of households was conducted in the urban area of the Botucatu City -São Paulo State, Brazil and 85.1% of the intended sample was evaluated. All participants were submitted to ophthalmologic examination and the data were statistically analyzed. RESULTS: The prevalence of pterygium lesion in Botucatu City was 8.12% (7.0% < CI < 9.2%), affecting mainly males (10.4% males X 6.5% females - 8.5% < CI < 12.3% for males and 5.1% < CI < 7.8% for females) with 49.6 ± 14.9 years old in average; 32.18% of the pterygium carriers aged between 40 and 50 years. CONCLUSIONS: The prevalence of pterygium at Botucatu is 8.12%, affecting most frequently 40-50 year-old males.-
Formato: dc.format343-345-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherConselho Brasileiro de Oftalmologia-
Relação: dc.relationArquivos Brasileiros de Oftalmologia-
Relação: dc.relation1.026-
Relação: dc.relation0,518-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectPterígio-
Palavras-chave: dc.subjectAmostragem-
Palavras-chave: dc.subjectIntervalos de confiança-
Palavras-chave: dc.subjectBrasil-
Palavras-chave: dc.subjectPterygium-
Palavras-chave: dc.subjectSampling studies-
Palavras-chave: dc.subjectConfidence intervals-
Palavras-chave: dc.subjectBrazil-
Título: dc.titlePrevalência de pterígio no município de Botucatu - Estado de São Paulo, Brasil-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.