Qualidade de vida no transtorno obsessivo-compulsivo: uma revisão

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorTorresan, Ricardo Cezar-
Autor(es): dc.creatorSmaira, Sumaia Inaty-
Autor(es): dc.creatorRamos-Cerqueira, Ana Teresa de Abreu-
Autor(es): dc.creatorTorres, Albina Rodrigues-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T16:57:41Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T16:57:41Z-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2014-05-20-
Data de envio: dc.date.issued2008-01-01-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://dx.doi.org/10.1590/S0101-60832008000100003-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/12480-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/12480-
Descrição: dc.descriptionCONTEXTO: O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) foi considerado pela Organização Mundial da Saúde como a 10ª causa de anos vividos com incapacidade, mas pesquisas sobre qualidade de vida (QV) nesse transtorno ainda são relativamente raras. OBJETIVOS: O objetivo deste trabalho foi fazer uma revisão convencional da literatura a respeito de estudos sobre qualidade de vida no TOC, publicados em português e inglês. MÉTODOS: A busca de artigos foi feita pelos sistemas MEDLINE, PsicoInfo e LILACS, cobrindo o período de 1980 a 2007, utilizando-se como palavras-chave: qualidade de vida, transtorno obsessivo-compulsivo, prejuízo funcional e incapacidade. RESULTADOS: Estudos populacionais apresentam indicadores indiretos de comprometimento na QV em pessoas com TOC, como mais desemprego, menor renda e menor índice de união conjugal estável, além de taxas relativamente altas de ideação e tentativas de suicídio. Estudos clínicos encontraram mais comprometimento na QV no TOC em comparação com algumas doenças clínicas crônicas, outros transtornos de ansiedade, quadros depressivos e mesmo esquizofrenia, em alguns aspectos. CONCLUSÃO: O impacto negativo do TOC sobre a QV de seus portadores pode ser grande, afetando vários domínios da vida e repercutindo também nos familiares. A reabilitação psicossocial deve ser vista como parte integrante essencial do tratamento e é preciso aumentar a conscientização da população sobre o problema, assim como o acesso a tratamentos adequados, para minimizar tal impacto, por vezes devastador.-
Descrição: dc.descriptionBACKGROUND: Obsessive-compulsive disorder (OCD) has been considered by the World Health Organization as the 10th leading cause of years lived with disability, but studies on quality of life (QOL) in OCD are still scant. OBJECTIVES: A literature review of studies on quality of life in OCD. METHOD: A MEDLINE, Psychoinfo and LILACS literature review from 1980 to 2007 was conducted, using the following key-words: obsessive-compulsive disorder, quality of life, functional impairment and disability. RESULTS: Population-based studies have shown indirect indicators of QOL impairment in OCD sufferers, such as more unemployment, lower income, lower number of marriages, besides considerably high rates of suicidal thoughts and attempts. Clinical studies found more QOL impairment in OCD patients compared to individuals with some chronic physical conditions, other anxiety disorders, depressive disorders and even schizophrenia, in some aspects. CONCLUSION: The negative impact of OCD on QOL can be severe, affecting several life domains and affecting family members as well. Psychosocial rehabilitation should be an essential part of OCD treatment and it is necessary to increase both public awareness of this disorder and the availability of appropriate treatments to minimize such impact, which can be devastating.-
Formato: dc.format13-19-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade de São Paulo (USP), Faculdade de Medicina-
Relação: dc.relationRevista de Psiquiatria Clínica-
Relação: dc.relation0.732-
Relação: dc.relation0,271-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectTranstorno obsessivo-compulsivo-
Palavras-chave: dc.subjectqualidade de vida-
Palavras-chave: dc.subjectobsessões-
Palavras-chave: dc.subjectcompulsões-
Palavras-chave: dc.subjectprejuízo funcional-
Palavras-chave: dc.subjectincapacidade-
Palavras-chave: dc.subjectdisfunção psicossocial-
Palavras-chave: dc.subjectObsessive-compulsive disorder-
Palavras-chave: dc.subjectquality of life-
Palavras-chave: dc.subjectobsessions-
Palavras-chave: dc.subjectcompulsions-
Palavras-chave: dc.subjectfunctional impairment-
Palavras-chave: dc.subjectdisability-
Palavras-chave: dc.subjectpsychosocial dysfunction-
Título: dc.titleQualidade de vida no transtorno obsessivo-compulsivo: uma revisão-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.