Estudos estruturais com a importina-α do fungo Neurospora crassa e sequências de localização nuclear

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorBernardes, Natália Elisa-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:52:01Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:52:01Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-06-17-
Data de envio: dc.date.issued2015-06-17-
Data de envio: dc.date.issued2014-07-24-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/123801-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/123801-
Descrição: dc.descriptionFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Biologia Geral e Aplicada - IBB-
Descrição: dc.descriptionThe transport of macromolecules from the cytoplasm to the nucleus occurs by passage through the nuclear pore complex, present in the nuclear envelope. One of that nuclear transport pathway depends on carrier proteins called Importins. In this process, known as classical nuclear import pathway, the Importin-α protein (Impα) recognizes nuclear localization sequences (NLSs) in the protein to be transported to the formation of a complex with Importin-β (Impβ) allowing the transport of macromolecules. The aim of this work is the structural study of the protein Importin-α, from the filamentous fungus Neurospora crassa (ImpαNc) in order to recognize the regions that determine the specificity of the protein and to compare their behavior in its native state and in presence of a NLS peptide. The first experiments with ImpαNc allowed an initial characterization of the protein and its behavior in solution. Experiments of analytical size exclusion chromatography comparing two samples of Impα: (1) in the presence of the NLS peptide of the protein FEN1 ( FEN1 NLS) and, (2) without NLS peptide; indicated the formation of agglomerates in the sample 2 and the conformation predominantly monomodal, in the sample 1, suggesting a greater stability of the protein in the presence of NLS peptides. For further information about the ImpαNc, crystallization experiments were carried out with the peptide complexed to the classic NLS SV40 (SV40 NLS) protein as previous experiments have suggested the increased stability of the protein in the presence of NLSs. A first crystal obtained in the condition 0.2mM dibasic sodium phosphate dihydrate and 20% (w / v) polyethylene glycol 3350 were subjected to xray diffraction and showed satisfactory diffraction pattern for the elucidation of the structure of the complex at a resolution of 2.05 Å. A second crystal (ImpαNc-2) obtained under the condition of 0.2 mM bicine pH 8.5 and 20% PEG 6000, was subjected to x-ray ...-
Descrição: dc.descriptionUm dos mecanismos de transporte de macromoléculas do citoplasma para o núcleo celular ocorre através da passagem da macromolécula pelo complexo poro nuclear (CPN), presente no envoltório nuclear, e depende de proteínas transportadoras denominadas Importinas. Neste processo, conhecido como via clássica de importação nuclear, a proteína Importina-α (Impα) reconhece sequências de localização nuclear (NLSs) na proteína a ser transportada para a formação de um complexo junto a Importina-β (Impβ) permitindo o transporte da macromolécula. O objetivo do presente trabalho é o estudo estrutural da Impα proveniente do fungo filamentoso Neurospora crassa (ImpαNc), a fim de reconhecer as regiões que determinam especificidades da proteína, além de comparar seu comportamento nativo e na presença de um peptídeo NLS. Os primeiros experimentos com a ImpαNc permitiram uma caracterização inicial da proteína e seu comportamento em solução. Experimentos de cromatografia analítica de exclusão molecular, comparando duas amostras de ImpαNc: (1) na presença do peptídeo NLS da proteína FEN1 (FEN1 NLS) e (2) sem peptídeo NLS, indicaram a formação de aglomerados na amostra 2 e a conformação, predominantemente, monomodal na amostra 1, sugerindo uma maior estabilidade da proteína na presença de peptídeos NLS. Para aprofundar as informações sobre a ImpαNc, experimentos de cristalização foram conduzidos com a proteína complexada ao peptídeo de NLS clássica e monopartida do SV40 (SV40 NLS), conforme experimentos anteriores sugeriram a maior estabilidade da proteína na presença de NLSs. Um primeiro cristal (ImpαNc-1), obtido na condição 0,2mM fosfato de sódio dibásico dihidratado e 20% (w/v) de polietilenoglicol 3350, foi submetido á difração de raios X e apresentou padrão de difração satisfatório para elucidação da estrutura do complexo a uma resolução de 2,05 Å. Um segundo cristal (ImpαNc-2), obtido na ...-
Formato: dc.format121 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Relação: dc.relation87067-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectNeurospora crassa-
Palavras-chave: dc.subjectPeptídeos-
Palavras-chave: dc.subjectAnalise cromatografica-
Palavras-chave: dc.subjectProteinas - Pesquisa-
Palavras-chave: dc.subjectCristalografia-
Palavras-chave: dc.subjectPeptides-
Título: dc.titleEstudos estruturais com a importina-α do fungo Neurospora crassa e sequências de localização nuclear-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.