O conceito de TDAF: concepções e práticas de profissionais da saúde e educação

Registro completo de metadados
MetadadosDescriçãoIdioma
Autor(es): dc.contributorUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Autor(es): dc.creatorCamilo, Lujani Aparecida-
Data de aceite: dc.date.accessioned2021-03-10T21:50:27Z-
Data de disponibilização: dc.date.available2021-03-10T21:50:27Z-
Data de envio: dc.date.issued2015-05-14-
Data de envio: dc.date.issued2015-05-14-
Data de envio: dc.date.issued2014-08-29-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://hdl.handle.net/11449/123180-
Fonte completa do material: dc.identifierhttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/cathedra/06-05-2015/000825188.pdf-
Fonte: dc.identifier.urihttp://educapes.capes.gov.br/handle/11449/123180-
Descrição: dc.descriptionPós-graduação em Saúde Coletiva - FMB-
Descrição: dc.descriptionA learning disability associated with hyperactive behavior has been one of the main complaints in outpatient clinics children's mental health. Among these complaints have that in Brazil related to Attention Deficit Disorder with or without Hyperactivity (ADHD). ADHD is associated with functional impairment in several areas (academic, professional, social), the causes of this disorder, although much researched and attributed to a combination of genetic, biological and environmental factors have not been fully elucidated, hampering the adoption of preventive strategies. Thus, in recent years, much has been heard of ADHD, and being the school environment which this most evident, this research seeks to understand how fundamentally conceived the concept of disease and disorder by health professionals and education. Objectives - The main objective of this research is to investigate the multidisciplinary team of the pediatric clinic of the Faculty of Medicine of Botucatu, and public school teachers in the same city that has sent children to the clinic, which their conceptions and practices about ADHD. Methodology - The research is qualitative, which technique is the collective subject discourse to analyze the data collected in this research because it gives voice to individuals and is suitable for treating qualitative data. Results - The concepts of both health and education groups, with respect to the predominant model in their speech, it was revealed that the hegemonic biomedical model is still present. With regard to health professionals, one realizes that these ties to hold the school, however, is not the true intersectionality between these institutions. In general, teachers, and health professionals, realize the exchange and discussion at a time after diagnosis in the public health system and education is flawed. Conclusion - There is need for a sectorial, which aims to find similarities between the concepts, principles and values ...-
Descrição: dc.descriptionA dificuldade de aprendizagem associada a um comportamento hiperativo tem sido umas das principais queixas relatadas nos ambulatórios de saúde mental infantil. Dentre essas queixas no Brasil temos aquela referente ao Transtorno de Déficit de Atenção, com ou sem a Hiperatividade (TDAH). O TDAH associa-se a um comprometimento funcional em diversas áreas (acadêmica, profissional, social). As causas desse transtorno, embora muito pesquisadas e atribuídas a uma combinação de fatores genéticos, biológicos e ambientais, ainda não foram completamente elucidadas, o que dificulta a adoção de estratégias preventivas. Assim, nos últimos anos, muito se tem ouvido falar em TDAH, e sendo o espaço escolar aquele no qual esse mais se evidencia, essa pesquisa busca entender fundamentalmente como é concebido o conceito de doença e transtorno pelos profissionais da saúde e da educação. Objetivos - O objetivo principal desta pesquisa é investigar a equipe multiprofissional do ambulatório de pediatria da Faculdade de Medicina de Botucatu, e professores de escolas públicas da mesma cidade que tem encaminhado crianças ao ambulatório, procurando entender quais as suas concepções e práticas a respeito do TDAH. Metodologia - A pesquisa é de natureza qualitativa. A técnica utilizada foi o Discurso do Sujeito Coletivo, para analisar os dados recolhidos, pois ele dá voz aos indivíduos e é apropriado para tratar os dados qualitativos. Resultados - Nas concepções de ambos os grupos (de saúde e educação), com relação ao modelo predominante, foi possível perceber que o modelo biomédico ainda está hegemonicamente presente. Com relação aos profissionais de saúde, percebe-se que estes realizam vínculos com a escola; no entanto, não ocorre a verdadeira intersetorialidade entre essas instituições. De modo geral, os professores , assim como os profissionais de saúde, percebem que a troca e discussão em um momento pós ...-
Formato: dc.format110 f.-
Idioma: dc.languagept_BR-
Publicador: dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)-
Direitos: dc.rightsopenAccess-
Palavras-chave: dc.subjectDisturbios da aprendizagem nas crianças-
Palavras-chave: dc.subjectMedicalização-
Palavras-chave: dc.subjectAprendizagem - Aspectos fisiologicos-
Palavras-chave: dc.subjectSaude mental infantil-
Palavras-chave: dc.subjectDisturbio da falta de atenção com hiperatividade-
Palavras-chave: dc.subjectPolitica de saúde-
Palavras-chave: dc.subjectAttention-deficit hyperactivity disorder-
Título: dc.titleO conceito de TDAF: concepções e práticas de profissionais da saúde e educação-
Tipo de arquivo: dc.typelivro digital-
Aparece nas coleções:Repositório Institucional - Unesp

Não existem arquivos associados a este item.